Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O fenômeno da globalização - em perspectiva local e multidimensional

No description
by

Simeia Rego de Oliveira

on 23 January 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O fenômeno da globalização - em perspectiva local e multidimensional

INTRODUÇÃO UM DESAFIO AO PENSAMENTO SOCIOLÓGICO SENTIDOS DA GLOBALIZAÇÃO: MOREIRA, Eliana Monteiro
OLIVEIRA, Roberto Véras
(Organizadores) em perspectiva local e multidimensional O FENÔMENO DA GLOBALIZAÇÃO ‘Quebra’ das fronteiras espaço/tempo;

Onipresença;

Produto disso: um efeito ‘unificador’ das histórias da sociedade (p. 9).

Fênomeno de amplitude ímpar (p.11) (SANTOS, 2005) GLOBALIZAÇÃO
Principais características 1) BASE – Fenômenos históricos
Integração societal/territorial
(unificação territorial):

expansionismo helênico;

Império Romano;

Império Otomano;

A moderna colonização da América e de regiões da África e da Ásia GLOBALIZAÇÃO:
sobre os processos históricos 2) BASE – Fenômenos históricos
Nacionalização – internacionalização ( Séc. XV):

Capitalismo comercial
Constituição do Estado-Nação GLOBALIZAÇÃO:
Os processos históricos (IANNI, 2007 apud MOREIRA e OLIVEIRA, 2009)
MERCANTILISMO –- COLONIALISMO –- IMPERIALISMO - GLOBALISMO Estado-Nação (Modelo mundial): 3) BASE – Fenômenos históricos
Interdependência ecônomica mundial – Consumo buscando novidades (MARX, sd apud MOREIRA e OLIVEIRA, 2009)

- Capitalismo industrial
- Primeira divisão internacional do trabalho GLOBALIZAÇÃO:
Os processos históricos INTEGRAÇÃO MUNDIAL - Social,
- Econômica,
- Política e
- Cultural DIMENSÕES DA GLOBALIZAÇÃO INTEGRAÇÃO MUNDIAL - Social,
- Econômica,
- Política e
- Cultural DIMENSÕES DA GLOBALIZAÇÃO (SANTOS, 2005 apud MOREIRA e OLIVEIRA, 2009) Processo de integração mundial numa “extraordinária amplitude e profundidade [de] interações transnacionais [que] levaram a que alguns autores as vissem como ruptura em relação às anteriores formas de interações transfronteiriças, um fenômeno novo designado por ‘globalização’” GLOBALIZAÇÃO
(Conceito) GLOBALIZAÇÃO 4 ondas de globalização, nos séculos:

XIII -

XVI -

XIX = fortaleceu os Estados-nacionais no ocidente

Final do XX GLOBALIZAÇÃO Doutora em Sociologia pela Université de Picardie Jules Verne Amiens.

Mestre em Sociologia pela Universite Catholique de Louvain

Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Atualmente é professora associada da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Eliana Monteiro Moreira Doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP)

Mestre em Sociologia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPb)

Graduado em Economia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPb)

Atualmente é Professor Associado da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), atuando no Departamento de Ciências Sociais e no Programa de Pós-Graduação em Sociologia (Mestrado e Doutorado).

Professor permanente, no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal de Campina Grande (Mestrado e Doutorado). Roberto Véras de Oliveira

1) XIII – o Império Mongol que criou as condições para a emergência do sistema de comércio mundial afro-euroasiático;

2)XVI - quando a expansão comercial e militar européia ligou o Oceano Índico ao Caribe por meio de uma densa rede de trocas e de dominação;

3) XIX - fortalecimento dos Estados-nacionais no ocidente;

4) Final do XX – fênomeno de amplitude ímpar e do outro lado assimetria entre o norte e o sul. “Processos e consequências sentidas em várias dimensões da vida”. GLOBALIZAÇÃO O poder central do Estado-nação ser deslocado para o todo social, a partir da lógica econômica, visando uma sociedade global GLOBALIZAÇÃO

Objetivo Quebra das fronteiras espaço/tempo

Onipresença

Produto disso: um efeito unificador das
histórias da sociedade

Fênomeno de amplitude ímpar GLOBALIZAÇÃO
Principais características Configurações inéditas (p. 9). Continuidade/desdobramento e

Suas manifestações identificadas como processos históricos … GLOBALIZAÇÃO a) Integração societal/territorial (unificação territorial):

o expansionismo helênico;

o Império Romano;

o Império Otomano;

A moderna colonização da América e de regiões da África e da Ásia GLOBALIZAÇÃO
fenômenos históricos em sua base GLOBALIZAÇÃO
fenômenos históricos em sua base b)Nacionalização-internacionalização (Séc. XV):


Capitalismo comercial

Constituição do Estado-Nação (Sociedade) (IANNI, 2007 apud MOREIRA e OLIVEIRA, 2009)
MERCANTILISMO - COLONIALISMO –- IMPERIALISMO - GLOBALISMO Estado-Nação (Modelo mundial) INTEGRAÇÃO MUNDIAL - Social
- Cultural
- Política DIMENSÕES DA GLOBALIZAÇÃO - Econômica (SANTOS, 2005 apud MOREIRA e OLIVEIRA, 2009) Processo de integração mundial numa “extraordinária amplitude e profundidade[de] interações transnacionais [que] levaram a que alguns autores as vissem como ruptura em relação às anteriores formas de interações transfronteiriças, um fenômeno novo designado por ‘globalização’” GLOBALIZAÇÃO
(Conceito) MUNDIALIZAÇÃO ≠- INTERNACIONALIZAÇÃO ≠- GLOBALIZAÇÃO Estados mais fortes não ameaçam

tanto os Estados mais fracos Logo… Mas, os Estados-nacionais estão enfraquecendo… GLOBALIZAÇÃO ameaça em comum Há um enfraquecimento dos Estados-nacionais
(pobres ou ricos) Econômica - base de integração global

Tecnológica - como condição e resultado decisivo desse processo

Política - Novas referências de poder mundial: (FMI, BIRD, OMC) = EUA x outros pólos de poder geopolítico = CE, Sudeste asiático e países emergentes

Cultural - consolidação/internacionalização da indústria do entretenimento

Sociail- agudização dos estados de precarização e privação Financeirização mundial em suas expressões… Financeirização mundial

Sociedade global

Quer dizer que não há regras mercantis, um mercado para além de si em que não se fixam contratos.

(OLIVEIRA, 2006) Financerização da economia - instituições financeiras como força toda-poderosa perante os Estados

Autonomização do econômico frente ao político - autonomização da economia; esvaziamento da política

Esvaziamento e tecnicização da política - neoliberalismo, a política como técnica; governança (ao invés de governabilidade)

Mercadorização da cultura - cultura como mercadoria

Autonomização do capital frente ao trabalho - crise do emprego

Redimensionamento da relação local-nacional - global – o poder central do Estado deslocado para o todo social Financeirização mundial - seus processos Redimensionamento da relação
local- nacional-global


Globalização resulta na combinação entre certo efeito universalizador e a reemergência de particularismos, dando evidência à diversidade local (Santos, 2005) Redimensionamento da relação local-nacional-global


4 (quatro) processos cuja globalização se estabelece


1- Localismo globalizado: fenômeno local globalizado

2- Globalismo localizado: formas de inclusão subalterna

3- Cosmopolitismo: globalização da resistência das vítimas
das trocas desiguais

4- Patrimônio comum da humanidade: lutas transnacionas
pela proteção e desmercadorização de recursos
Globalização política alternativa à hegemônica […] enquanto
sinalizações de formas de globalização de
baixo-para-cima em resposta as formas de globalização de cima –para-baixo.


(Santos, 2005) PROPOSTA Novos olhares sobre os pontos mais contundentes e sobre as possibilidades de resistência e contraposição à dominação no âmbito do local.


Do local ao global: uma perspectiva que pode trazer uma dimensão mais crítica e democrática a tarefa de pensar sobre o nosso tempo (p.33) CONSIDERAÇÕES Olhares sobre a globalização, a partir da Ciência da Comunicação e da Informação, em nosso tempo:

Somos condição e resultado decisivo nesse processo? (p.12)

Novas tecnologias contribuindo para o arrefecimento do poder de força dos trabalhadores (p.24).


As NT`s também como suporte, produtores e circuladores dos produtos da indústria cultural (Santos, 2005).


Os meios como fonte de entretenimento: comunicar e informar a partir da audiência, e, não buscar informação que eduque essa audiência. Minhas impressões Estado GLOBALIZAÇÃO
fenômenos históricos em sua base c)Interdependência ecônomica mundial – Consumo buscando novidades (MARX, sd apud MOREIRA e OLIVEIRA, 2009)

- Capitalismo industrial
- Primeira divisão internacional do trabalho IDEOLOGIA

- a acepção dominante de globalização é, pois, uma ideologia. Expressa posições e interesses de forças econômicas extremamente poderosas e vem comandando intensa luta ideológica para se tornar dominante mundo afora (GENTILI,2000)

- o caráter ideológico e político dos discurso traz intencionalidades específicas: a) a falácia do determinismo e b) a falácia do desaparecimento do sul (SANTOS, 2005 apud MOREIRA e OLIVEIRA,2009) MUNDIALIZAÇÃO-INTERNACIONALIZAÇÃO-GLOBALIZAÇÃO Globalização AUTONOMIZAÇÃO? 4 (quatro) ondas de globalização, nos séculos Financeirização do mundo =
Full transcript