Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

ARTE BARROCA

No description
by

marcos passarelli

on 29 August 2017

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of ARTE BARROCA

ARTE BARROCA
Barroco: pérola com formação defeituosa
Contexto Histórico
Absolutismo- o Rei é Senhor Absoluto e representante de Deus na Terra
Início da Contra-Reforma
A economia era modificada pela Revolução Comercial fortalecendo a burguesia
"O Estado sou eu"- Luiz XIX (1661- 1715)
Lucas Cranach (1545) "assim que a moeda soar, a alma vai ao céu".
Martinho Lutero
95 teses
São Paulo- Gálatas cap 3, v. 11
"[...] o justo viverá pela fé
Denuncia a Igreja como sendo pagã e começa a ser então perseguido como herege.
A Contra-reforma é iniciada, com base no Concílio de Trento
Nesse contexto iniciou-se a Revolução Comercial, com os objetivos de fortalecer a Igreja e de enriquecer o Estado
Felipe II (em 1563) dividiu os Países Baixos em dois:
As dez províncias do Sul (atual Bélgica), que eram católicas e mantiveram-se sob o domínio da Espanha
E as províncias do Norte, denominadas Províncias Unidas dos Países Baixos, (atual Holanda, protestantes e independentes
Qual era o papel da Arte, diante de um governo Absolutista, aliado ao clero e à nobreza?
Nas Igrejas uniram-se arquitetura, pintura e escultura para ostentar seu poder e daraos seus fiéis "prévia" da vida espiritual porvir.
A burquesia, para exaltar-se perante a sociedade
O Rei para mostrar uma monarquia forte e poderosa, além de difundir sua imagem.
Nos Países protestantes mantinha-se sóbria, enquanto a pintura passava por grandes mudanças...
ARQUITETURA
Igreja e Palácio- Deus e Rei
Para conseguir diferentes efeitos visuais, eram usadas curvas, contra-curvas, elementos retorcidos e em espirais, colunas torsas, teto elevado, além do uso da pintura e da escultura.
Bernini- Vaticano
Foi responsável pela composição mais bem sucedida da história: a "Piazza de San Pietro", no Vaticano
Piazza Obliqua- colunatas que se abrem como num grande abraço maternal e simbolizam a grande Igreja Mãe
O Obelisco central representa o elo entre a Antiguidade Clássica e a Cristandade
BARROMINI arquitetura elástica
Usava as ondulações e as formas distorcidas para dar ao edifício uma estrutura em constante movimento
fachada da Igreja de San Carlino
Giácomo Della Porta
- a Cia de Gesú
Primeira igreja construída com elementos totalmente barrocos, foi a Igreja de Gesú, em Roma, sede da Companhia de Jesus
Entorno e grandes jardins
Com o Barroco, passa-se a valorizar o entorno
A fachada do Palácio de Versalhes
Orgulho da independência
Nos países protestantes a sobriedade foi a palavra chave.
Jacob Van Campen,
arquiteto de Maurício de Nassau
O castelo- antiga prefeitura de amsterdã- 1648
ESCULTURA
Quem são os principais escultores barrocos?
Quais são as peculiaridades de suas obras?
BERNINI- Itália
Utiliza-se de materiais como o bronze, o estuque, a madeira e o mármore.
Explora a dramaticidade da cena, compondo-a tal qual a um ambiente teatral unindo suas esculturas com outros elementos, tais como o espaço e a luz, dando movimento e dinamsmo
O êxtase de Santa Tereza
Santa Tereza exclama ao ver a obra: "(...) a dor foi tão grande que gritei; ao mesmo tempo senti uma doçura tão infinita que desejei que a dor jamais acabasse
The Baldacchino, 1624
FRANÇA
François Girardon
Tumba de Richelieu
Pierre Puget
Milon de Crotona
ESPANHA
Na Espanha, a escultura Barroca troca totalmente seus eixos, mudando tanto de material como de finalidade
Gregório Hernandez
Piedade
Alonso Cano
Imaculada
Pintura
A pintura utilizava-se do m do drama e do domínio da luz
Michelângelo Merici- Caravaggio
Seus personagens apresentavam características reais, belas ou feias, agradáveis ou desagradáveis...
A morte da virgem
Evangelho de São João (Biblia Sagrada) cap. 20, v. 27:
"Depois disse a Tomé: introduz aqui o teu dedo, e vê as minhas mãos. Põe a tua mãolado. Não sejais incrédulo, mas homem de fé"
Tomé, o incrédulo
O artista buscava a verdade, nada era idealizado
Foi um dos grandes artistas, como Giotto e Dürer antes dele, que quis ver os eventos sagrados ante seus próprios olhos como se estivessem acontecendo na casa de seu vizinho
Annibale Carracci
Afresco no teto da Galeria dp Palazzo Farnese: usou a perspectiva arquitetônica, pintando os elementos da arquitetura e usando esculturas simuladas
Faz uso da idealidade, porém de forma sutil, sua principal preocupação era o sentimento existente na obra, a qual era criada para contemplação
Pietá
Carracci e Caravaggio, cada um valendo-se da luz, da sombra e da damaticidade a sua maneira, apresentam estilos diferentes
Caravaggio
Baco
Baco
Carracci também inicia a tradição da paisagem artística
Fuga para o Egito
Seguidores de Carracci
Guido Reni
Sua obra era carregada de religiosidade e plena de elementos barrocos
A cabeça de Cristo- detalhe- 1640
A ninfa Galatéia- Rubens
Guercino
Segundo Ludovico Carracci em carta em 1617, Guercino era "Um grande desenhista e um colorista agradabilissimo; é um prodígio da natureza, um milagre"
Suas obrastam a maestria com que dominava a dramaticidade da luz e sombra, bem como seu apelo emocional.
Cristo e a mulher surpreendida em adultério
Barroco Flamengo- Flandres
Peter Paul Rubens
Dava vida às figuras , cor, curvas, diagonais e composições em espiral, instigando o envolvimento emocional do expectador
Uma característica marcante de suas obrasera o fato de o corpo apresentar uma vibração e uma energia vital impressionantes. Nos retratos, o uso da luz traz vivacidade à pele como se pousasse delicadamente sobre ela.
A descida- 1612
Em suas obras, pos eram volumosos e em tons rosáceos, além de possuírem movimentos dinâmicos. Seus nús eram de uma sutil sensualidade.
Deixou um grande seguidor: Antony Van Dyck
O rapto das filhas de Leucipo
Van Dyck
Full transcript