Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

PBE - Musicoterapia

No description
by

Gabriela Tavares

on 6 January 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of PBE - Musicoterapia

Novembro 2013
Janeiro 2014
Outubro 2013
Dezembro 2013
A musicoterapia no alívio da dor crónica
Enquadramento teórico
Formulação da pergunta PICO e Pesquisa
Reformulação da pergunta PICO
A musicoterapia é uma terapia que se tem mostrado eficiente e constitui um instrumento valioso para os pacientes com dor aguda ou crónica (Eler; Jaques, 2006)
Pesquisa
Seleção dos artigos
Análise dos artigos
Conclusão
Desvantagem:
na maioria dos casos não alívia a dor por completo.
Vantagens:
útil para quem não tolera os efeitos secundários da medicação
contribiu para a redução do nº de medicamentos
é barata
fácil aplicabilidade
é eficaz um vários tipos de dor crónica

Deste modo, é uma ferramenta que pode ser facilmente utilizada pelos enfermeiros

Conclui-se, portanto, que
há evidência de que a musicoterapia demonstra eficácia no alívio da dor crónica.
"uma experiência sensorial e emocional desagradável associada a um dano real ou potencial dos tecidos, ou descrita em termos de tais lesões"
CRÓNICA
(International Association for the Study Pain, 2008 Cit. por Agostinho e Silva, 2013).
DOR
dor persistente ou recorrente, de duração igual ou superior a 3 meses e/ou que persiste para além da cura da lesão que lhe deu origem
(DGS, 2008)
Controlo e Tratamento da Dor Crónica
Segundo o Plano Nacional Contra a Dor (2001)
técnicas farmacológicas, conservadoras ou invasivas
técnicas neurocirúrgicas
técnicas não farmacológicas
Existe evidência que são recomendados como tratamentos complementares para aqueles que experienciam a dor crónica (Castillo-Bueno et al, 2011).
Musicoterapia
Terapia Cognitivo Complementar (TCC)
Imaginação Guiada
Estimulação sensorial
Terapia Magnética
Educação
De acordo com a revisão sistemática de Castillo-Bueno et al (2011), publicada pelo Instituto Joanna Briggs...
...foram consideradas promissoras várias intervenções.
Pesquisa
Descritores
chronic pain
pain
music therapy
music
cognitive behavior therapy
cognitive behavioral therapy
cognitive behaviour therapy
Operadores boleanos e instrumentos adicionais
AND
OR
Algoritmo de pesquisa
(“Chronic Pain” OR Pain) AND (“music therapy” OR music OR “therapy, music”) AND (“cognitive behavior therapy” OR “cognitive behavioral therapy” OR “cognitive behaviour therapy” OR “therapy, cognitive behavior”)

"()"
" "
Pesquisa
Motores de busca:
EBSCO Host Web e Google Scholar

Bases de Dados:
Tripdatabase, Oaister, Elsevier, Lilacs, Scopus, Web of Science, Scielo, Doaj, Biomed Central, Springer Link, JFN e Recaap
Terapia Cognitivo Comportamental
Musicoterapia
Reformulação da pergunta PICO
Descritores
chronic pain
pain
music therapy
therapy music
music
Operadores boleanos e instrumentos adicionais
AND
OR
Algoritmo de pesquisa
(“chronic pain” OR “pain” ) AND (“music therapy” OR “therapy music” OR “music”)
"()"
" "
Motores de busca:
EBSCO Host Web e Google Scholar

Bases de Dados:
Tripdatabase, Oaister, Elsevier, Lilacs, Scopus, Web of Science, Scielo, Doaj, Biomed Central, Springer Link, JFN e Recaap
Pesquisa
753
Selecionados os 5 artigos considerados mais relevantes
26
(Leitura na íntegra)
2583
886
19
Nenhum dos artigos comparava as terapias entre si
(Leitura na íntegra)
(Leitura dos títulos e resumos)

Limite temporal:
Janeiro 2008 a Outubro 2013

Tipo de documentos:
artigos e revisões

Área profissional:
Nursing

Temas:
chronic pain/dor crónica; music therapy/musicoterapia; pain management.

(“chronic pain”) AND (“music therapy” OR “therapy music” OR “music”)
Com restrições:

Limite temporal:
Janeiro 2008 a Outubro 2013

Tipo de documentos:
artigos e revisões

Área profissional:
Nursing

Temas:
chronic pain/dor crónica; music therapy/musicoterapia; pain management.
(Leitura dos títulos e resumos)
Os 5 artigos mais relevantes
Estudo 1
ALONSO-CARDAÑO, A; HERNAEZ-MARTÍNEZ, M; MARTÍ-AUGE, P. -
Tratamiento multidisciplinar para el dolor lumbar crónico: Programa de musicoterapia.
Revista de la Sociedad Española del Dolor, 2008, vol.15, no.4, p.228-233.
Estudo 2
FRANCO, Mariana; RODRIGUES, Andrea Bezerra -
Music therapy in relief of pain in oncology patients
. São Paulo: Einstein, 2009, Vol. 7 nº 2, p.147-151
Estudo 3
HUANG, Shih-tzu; GOOD, Marion; ZAUSZNIEWSKI, Jaclene A. -
The effectiveness of music in relieving pain in cancer patients: A randomized controlled trial.
International Journal of Nursing Studies, 2010, Vol.47, p. 1354–1362
Estudo 4
PARK, Juyoung; HUGHES, Anne K. -
Nonpharmacological Approaches to the management of Chronic Pain in Community-Dwelling Older Adults: a Review of Empirical Evidence
. Journal of the American Geriatrics Society, 2012, Vol. 60, p.555-568, 2012.
Estudo 5
ONIEVA-ZAFRA, María CASTRO-SANCHEZ, Adelaida; MATARRAN-PENARROCHA, Guillermo; MORENO-LORENZO, Carmen -
Effect of Music as a Nursing Intervention for People Diagnosed with Fibromyalgia
. Pain Management Nursing, 2013, Vol. 14 nº 2, p. 39 – 46
Nível de Evidência
Os
estudos 1,2,3 e 5

Nível II




O
estudo 5

Nível I


uma revisão sistemática baseada em ensaios clínicos controlados randomizados.
a evidência é obtida a partir de pelo menos um ensaio clínico controlado randomizado.
Nível de Qualidade
Hierarquia dos Níveis de Evidência de acordo com o tipo de estudo (JBI cit in Karino e Felli, 2012)

Instrumento de avaliação da qualidade metodológica para
artigos experimentais ou quase experimentais
Estudo 3
-
Alto
(7)
Estudo 5
-
Moderado
(5)
Instrumento de avaliação da qualidade metodológica para
estudos descritivos
Estudo 1 -
Moderado

(6)
Estudo 2 -
Moderado

(6)
Questões norteadoras para a avaliação da qualidade da
revisão sistemática
Estudo 4 -
Inclui
THE JOANNA BRIGGS INSTITUTE - Joanna Briggs Institute Reviewers’ Manual: 2011 edition. The Joanna Briggs Institute: Adelaide, 2011.
Estudo 1
Estudo randomizado
Quais as estratégias mais utilizadas no tratamento da dor lombar crónica e como se modificam ao aplicar seis sessões de musicoterapia?

Resultados:
todas as estratégias passaram a ser mais utilizadas após as sessões da musicoterapia e que a intensidade da dor diminuiu.
Estudo 2
Estudo randomizado
Qual a influência da musicoterapia na perceção da dor e no alívio da mesma em doentes oncológicos?
3 sessões de musicoterapia (no quarto dos doentes internados e com músicas diferentes)
Resultados:
Estudo 3
Qual a eficácia da música no alívio da dor em pacientes oncológicos?
Estudo 4
Revisão de Literatura
1937 a Fevereiro de 2011
28 artigos analisados sobre
medidas não farmacológicas no tratamento da dor crónica
(18 de intervenções físicas e 10 de
intervenções psicossociais
)
Estudo 5
Quais os efeitos da música na dor e depressão em pessoas com fibromialgia há pelo menos 3 anos?
Pontuação média da
Escala Visual Analógica para a Dor
:
no
início
de todas as sessões era de
6,6 pontos
no
final
das sessões foi de
4,6 pontos
Conclusão:
a musicoterapia é benéfica no tratamento multidisciplinar dos doentes com dor lombar crónica, independentemente da diferença de idades e da intensidade da dor.
Redução da tensão arterial e frequência cardíaca
Redução da frequência respiratória
90% dos casos
100%
Redução significativa dos níveis de dor:
antes
de cada sessão - Moderada a Intensa
após
cada sessão - Ligeira a Moderada
Grupo Controlo (64)
descansar no leito


8% sentiram alívio da dor

Grupo Experimental (62)
ouvir música à sua escolha durante 30'


42% sentiram alívio de 50% da dor
Tipo de música:
71% preferiu música tailandesa e 29% americana, pelo que, os autores concluíram que a
escolha da música pode ser importante para uma intervenção mais eficaz
terapia cognitivo-comportamental
musicoterapia
imaginação guiada associada ao relaxamento muscular progressivo
algumas intervenções educacionais.
70% das intervenções demonstraram eficácia no alívio da dor
Bastante apropriadas para quem
não tolera os efeitos secundários
da medicação, contribuem para a
redução da medicação
, são de
baixo custo
e
fácil aplicabilidade.

Ferramenta útil
para o alívio da dor crónica.
Os autores analisaram um ensaio clinico randomizado de McCaffrey e Freeman (2003) sobre o
efeito da música na dor crónica provocada por osteoartrite em idosos
Grupo Experimental
Ouvir música durante 20'
diariamente durante 2 semanas
Grupo Controlo
Ficava sentado o mesmo período de tempo
Dias 1, 7 e 14
avaliada a perceção e intensidade da dor
2 sub-escalas: o descritor Escala de Dor e a Escala Visual Analógica (VAS)
antes e após a intervenção
RESULTADOS:
o grupo da musicoterapia apresentou, nos três dias, diminuições significativas em ambas as escalas de avaliação quando comparado com o grupo de controlo.
Grupo Experimental (28)
ouvir CD música 60'
diariamente
durante 4 semanas
Preencheram todos os dias a Escala Visual Analógica para a Dor ao deitar
O Inventário de Depressão de Beck e o Questionário de dor de McGill.
Resultados:
O grupo experimental relata uma diminuição significativa da dor ao longo das 4 semanas, enquanto o grupo de controlo não reportou diferenças.
Conclusão:
os resultados fornecem evidências de que ouvir música, uma vez por dia, durante 30' minutos, ajuda no alívio e controlo da dor.
Bibliografia
AGOSTINHO, Inês Margarida Oliveira; SILVA, Samanta Iris Henriques - Dor Crónica Não Maligna no Idoso. Sinais Vitais. Coimbra. ISSN 0872-8844. nº. 107 (Set. 2013), p. 48-54

ALONSO-CARDAÑO, A; HERNAEZ-MARTÍNEZ, M; MARTÍ-AUGE, P. - Tratamiento multidisciplinar para el dolor lumbar crónico: Programa de musicoterapia. Revista de la Sociedad Española del Dolor, 2008, vol.15, nº.4, p.228-233.

CASTILLO-BUENO M.D. [et al] - Effectiveness of nursing intervention for adult patients experiencing chronic pain: a systematic review. JBI Library of Systematic Reviews, 2010. vol. 8 nº28, p.1112–1168.

ELER, Gabrielle; JAQUES, André – O Enfermeiro e as Terapias Complementares para o Alivio da Dor. Arquivo Ciências Saúde Unipar, Umuarama, 2006, vol. 10, nº 3, p.185-190.

FRANCO, Mariana; RODRIGUES, Andrea Bezerra - Music therapy in relief of pain in oncology patients. São Paulo: Einstein, 2009, Vol. 7 nº 2, p.147-151

HUANG, Shih-tzu; GOOD, Marion; ZAUSZNIEWSKI, Jaclene A. - The effectiveness of music in relieving pain in cancer patients: A randomized controlled trial. International Journal of Nursing Studies, 2010, Vol.47, p. 1354–1362

MCCAFFREY R, FREEMAN E. - Effect of music on chronic osteoarthritis pain in older people. Journal of Advanced Nursing, 2003, Vol. 44, p. 517–524.

ONIEVA-ZAFRA, María CASTRO-SANCHEZ, Adelaida; MATARRAN-PENARROCHA, Guillermo; MORENO-LORENZO, Carmen - Effect of Music as a Nursing Intervention for People Diagnosed with Fibromyalgia. Pain Management Nursing, 2013, Vol. 14 nº 2, p. 39 – 46

PARK, Juyoung; HUGHES, Anne K. - Nonpharmacological Approaches to the management of Chronic Pain in Community-Dwelling Older Adults: a Review of Empirical Evidence. Journal of the American Geriatrics Society, 2012, Vol. 60, p.555-568, 2012.

PORTUGAL. Ministério da Saúde. Direcção-Geral da Saúde. Programa Nacional de Controlo da Dor. Lisboa: Direcção-Geral de Saúde, 2008.

SANTOS, C; PIMENTA, C; NOBRE, M. A Estratégia PICO para a Construção da Pergunta de Pesquisa e Busca de Evidências. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 2007. Vol. nº15, nº 3, p.508-511.
Excluímos adolescentes e crianças
A MUSICOTERAPIA NO ALÍVIO DA DOR CRÓNICA

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DO PORTO
PRÁTICA BASEADA NA EVIDÊNCIA
ANO LETIVO 2013/2014

Professora orientadora:
Maria do Céu Barbieri

Autoras:
Ana Amorim
Ana Oliveira
Ana Pires
Gabriela Tavares
Mª Carmo Pontes

Porto, 2014
Full transcript