Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Cultura da Convergência

No description
by

Victor Lyra

on 22 April 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Cultura da Convergência

"Ativistas, fãs e parodistas de todos os tipos estão utilizando o software de edição de iamgens Photoshop para manipular imagens e fazer um manifesto político. Tais imagens podem ser vistas como equivalente alternativo das charges politicas: a tentativa de sintetizar assuntos do momento em uma imagem poderosa." pág 301
"Na prática, o bloguismo é uma forma de convegência alternativa. Ao reunir informações e recorrer à expertise alternativa, ao debater evidências e examinar todas as informações disponíveis e, talvez mais intensamente. ao desafiar suposições, a comunidade blogueira está fazendo "spoiling" do governo americano." pág 295
"Provavelmente, ouviremos reclamações de que a vasta proliferação de informações especializadas serve apenas a interesses especiais, não à comunidade. De que isso fragmenta a sociedade, deixando de proporcionar temas comuns de interesse e atenção, que tornam a sociedade coesa." pág 319
Cultura da Convergência
Danubia Lima, Karine melo e Victor Lyra
Capítulo 1 -
Desvendando os Segredos de Survivor
Os 3 conceitos
- Convergência dos meios de comunicação
- Cultura participativa
- Inteligência Coletiva
Capítulo 2 -
Entrando no jogo de American Idol
Capítulo 4 -
Guerra nas Estrelas por Quentin Tarantino?
Capítulo 5 -
Por que Heather pode escrever
"Por convergência, refiro-me ao fluxo de conteúdos através de múltiplas plataformas de mídia, à cooperação entre múltiplos mercados midiáticos e ao comportamento migratório dos públicos dos meios de comunicação, que vão a quase qualquer lugar parte em busca de experiências de entretenimento que desejam."
pág 29

Capítulo 3 -
Em busca do Unicórnio de Origami
Henry Jenkins
Capítulo 6 -
Photoshop pela Democracia
"Não eramos mais criancinhas desorganizadas. Tinhamos uma multidão de apoiadores e, em duas semanas, um abaixo-assinado com 1.500 assinaturas. Eles finalmente tiveram de negociar conosco."

Heather pág 259
"O Extraordinário nesse processo, no entanto, é que ele ocorre fora da sala de aula e sem qualquer controle adulto interno. Crianças estão ensinando crianças o que elas precisam saber para se tornarem participantes plenas da cultura da convergência. Cada vez mais, educadores estão começando a valorizar o aprendizado que ocorre nesses espaços recreativos informais."
pág 249
"Todos os lados reivindicam participação na forma como educamos os jovens, já que moldar a infância é muitas vezes visto como um modo de moldar a direção futura de nossa cultura." pág 238
"Em cada caso, instituições arraigadas estão se espelhando nas comunidades de fãs alternativas e se reinventando para uma época de convergência das mídias e de inteligência coletiva." pág 287
"Se os livros de Harry Potter fossem uma introdução ao ocultismo, a Igreja deveria aproveitar para lê-los e discuti-los. [...] As crianças de hoje precisam saber a diferença entre literatura de fantasia e o ocultismo. E precisam ver os mais velhos agindo com integridade, não com escândalo."
pág 281
"Quando comecei, era preciso elaborar uma história, porque, sem uma boa história, não havia um filme de verdade. Depois, quando as sequencias começaram a decolar, era preciso elaborar um personagem, porque um bom personagem poderia sustentar múltiplas historias. Hoje, é preciso elaborar um universo, porque um universo pode sustentar múltiplos personagens e múltiplas historias, em múltiplas mídias."
pág 162
"As emoções são uma ótima opção para estabelecer contato com os consumidores. E o melhor é que a emoção é um recurso ilimitado. Está sempre ali, esperando ser associada a novas ideias, novas inspirações e novas experiências."
pág 108
"Em suma, são algo como as comunidades de conhecimento de Pierre Lévy, aplicadas à decisão de compra do consumidor."
pág 119
"Este novo discurso de marketing procura moldar os desejos dos consumidores para direcionar as decisões de compra." pág 96
"Nenhum de nós pode saber de tudo; cada um de nós sabe de alguma coisa; e podemos juntar as peças, se associarmos nossos recursos e unirmos nossas habilidades. A inteligência coletiva pode ser vista como uma fonte alternativa de poder midático." pág 30
"Novas formas de comunidade estão surgindo: essas novas comunidades são definidas por afiliações voluntárias, temporárias e táticas, reafrimadas através de investimentos emocionais e empreendimentos intelectuais comuns." pág 57
Se contrapõe à inteligência coletiva, pois consiste na idéia de que uma pessoa domina um certo conhecimento individualmente, e não em grupo.
"À medida que aprendemos a viver numa cultura de conhecimento podemos antecipar muitas dessas discussões centradas tanto em como sabemos e como avaliamos o que sabemos quanto na informação em si. Maneiras de saber podem ser tão distintas e pessoais quanto os tipos de conhecimento que acessamos, mas, à medida que o saber se torna público, que o saber se torna parte da vida de uma comunidade essas contradições na abordagem devem ser minuciosamentes examinadas e deligentimente trabalhadas."
pág 77
Capítulo 1
- Comunidades de conhecimento;
- Spoiling como inteligência coletiva;
- Informações contestadas;
- Inteligencia coletiva e o paradigma do expert;
Paradigma do Expert
Inteligência Coletiva
Comunidades de conhecimento
Capítulo 2
- A TV e sua influência para o uso de outras mídias;
- Economia afetiva;
- O espectador: "Me impressione'';
- Lovemarks;
- Comunidades de Marcas;
Capítulo 5
- As Guerras de Potter, Escolas X Warner Bross X Fãs;
- The Daily Prophet;
- Os espaços;
- O que Jesus faria com Harry Potter;
- Se reinvendar é necessário;
Capítulo 6
- Trump demite Bush
- A mudança vindo através da Cultura Popular
- Bloguismo
- Edição de Imagens, Charge Politica
- Fragmentação da sociedade
Capítulo 4
Processo:
- Produtores da mídia comercial;
- Controle da propriedade intelectual
Conceito:
- Fãs;
- Revitalização do processo tradicional;
- Culturas de massas
Capítulo 3
Processo:
- Dividir a história em vários canais;
- Consumidores tornam-se caçadores e coletores;
- Compararão com outras comunidades de fãs on-line;
- Entretenimento Rico;
Conceito:
- Criar Universo;
- Produtores fazem exigências para os consumidores;
- Depende da participação ativa das comunidades
de conhecimento

Criar Universos
As Guerras de Potter
Os espaços
As Guerras de Potter
O que Jesus faria com Harry Potter?
Se reinvendar é necessário
Economia afetiva
Lovemarks
Comunidades de Marcas
Conclusão
Jenkins finaliza seu livro ressaltando que a ideia da convergência midiática serve para compreender as mudanças nas formas de interação do público com os meios de comunicação. O autor observa que, por hora ainda, estamos experimentando esta nova forma de ver através da nossa relação com a cultura popular e o entretenimento comercial, atividade que conclusivamente ajudará na compreensão das dinâmicas sociais e movimentos culturais dos próximos anos. Jenkins propõe que, futuramente, as habilidades adquiridas nestes processos apresentarão implicações consideráveis no modo como trabalhamos, aprendemos, participamos da política, do formamento da nossa cultura e afins. O próximo passo a ser dado por todos aqueles engajados em atividades como as descritas em Cultura da Convergência é aplicar as habilidades desenvolvidas e aprendidas, a partir do contato com entretenimento comercial, na solução de questões com maior amplitude social, política e mercadológica.
Dinâmica
História 1
Chapeuzinho Vermelho - O lobo

Explorar mais a fundo, contar com detalhes o momento em que o lobo invade a casa da vovó, até o momento que ele termina de come-lá. Façam uso da criatividade para todos os momentos dessa cena, desde dos dialogos, sentimentos e detalhes dos fatos.
Trump demite Bush
Bloguismo
Edição de Imagens
Fragmentação da sociedade
História 2
Shrek - Fiona Presa na Torre

Desenvolver como foi para Fiona ficar presa na torre do Dragão, como ela comia, como eram seus dias, suas dificuldades, anceios, até mesmo sobre sua maldição e suas transformações.
Informações contestadas
Full transcript