Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Pinocchio

Trabalho de Psicologia do Desenvolvimento III
by

Samantha Ferraz

on 29 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Pinocchio

Pinocchio Errar é Humano Carlo Collodi Carlo Collodi, pseudônimo de Carlo Lorenzini. Voluntário na Guerra de independência italiana entre 1848 e 1860, antes havia sido comediante. Adotou o pseudônimo de "Carlo Collodi", por acreditar que o tornaria famoso. Em 1881 inicia a publicação do "Giornale per i bambini" (Jornal para as crianças) - primeiro periódico italiano voltado para o público infantil. Interferência Cultural Lorenzini iniciou sua carreira escrevendo num catálogo de uma livraria florentina. Tornou-se um jornalista de sucesso e em breve escrevia para jornais de toda a Itália. Fundou, então, um jornal próprio, que foi fechado pela censura,e reaberto onze anos depois por ocasião do plebiscito. Em 1881 inicia a publicação do "Giornale per i bambini" (Jornal para as crianças) - primeiro periódico italiano voltado para o público infantil. Publicou ainda outros contos, como "Storie allegre", de 1887 - mas nenhum deles alcançou o sucesso de sua obra-prima. Identificação do leitor com o personagem e suas historias. Desvalorização da criança. Jornadas de trabalho de 11 a 12 horas. Filme fiel a Collodi. A História Tudo começa com um pedaço de madeira falante, que foi dada ao artesão Gepetto por um amigo. A intenção de Gepetto era criar uma marionete perfeita, com muitos dotes artísticos, que viesse a torna-lo famoso e bem de vida. Gepetto esculpiu um boneco que antes mesmo de ficar pronto já se comportava mal. O começo não poderia ser mais desastroso, o boneco fugiu, e provocou desentendimentos na rua, colocando Gepetto preso injustamente por sua causa.
Pinocchio não conseguia fazer nada que um bom menino faria, começando pela incapacidade de ir á escola. Junto as primeiras manifestações de maus modos de Pinocchio surgiu o Grilo Falante, seu primeiro conselheiro, que teve sua primeira aparição quando o boneco se encontrava sozinho em casa após ter causado a prisão de Gepetto. O grilo o advertia intensamente das enrascadas em que estava se metendo. O dono do teatro era Come- Fogo um tirano que abusava desse pequeno mundo de bonecos, os quais eram escravos seus. Pinocchio em um ato de coragem salva um boneco de ser queimado, toca o coração de Come-Fogo e é recompensado com moedas de ouro.A pequena fortuna atrai a ganancia de uma dupla de trapaceiros, a raposa e o gato. Os dois convenceram Pinocchio a enterrar as moedas em lugar magico onde as moedas poderiam ser plantadas para que crescesse do dia para a noite uma árvore de moedas. Dessa maneira a dupla roubou seu dinheiro e o enforcaram, por sorte ele encontra a primeira versão da fada azul, que o salvou. Pinocchio age de maneira ingrata diante dessa benfeitoria da fada. Por se tratar de uma terra onde ser otário era crime, Pinocchio encarou quatro amargos meses de prisão.Após sair da prisão a sorte não estava ao seu lado, Pinocchio foi pego em uma armadilha para fuinhas ao tentar roubar uvas em propriedade alheia, o proprietário das terras o acorrentou e o fez servir de cachorro para proteger seu galinheiro.
Pinocchio pela segunda vez mostra o seu bom caráter e é solto. Retomando sua jornada, tenta ir em busca de seu pai que lhe estava procurando, e encontra a fada azul a qual promete emendar-se e tornar-se um menino direito.
Pinocchio estava se dando bem na escola, até que é levado por influencia dos amigos, a terra dos brinquedos, um lugar onde não existe escola e ninguém trabalha, no entanto seria transformado em burros para serem vendidos como animais de carga.
Foi comprado por um circo, mas quando fere uma pata é vendido para que lhe tirassem o couro. Quando seu novo dono o joga no mar, os peixes comem toda a carne, restando somente o boneco de madeira original que havia por baixo. Raivoso por ter perdido o couro de Pinocchio seu dono resolve vende-lo como lenha, o boneco se lança ao mar e é engolido por um tubarão gigante.Quis o destino que nessa mesma barriga encontrasse Gepetto, que estava ali sobrevivendo por dois anos no interior do corpo do tubarão. Pinocchio consegue tirar Gepetto do interior da barriga e trabalha dia e noite para dar o que comer ao pai e volta aos estudos.
Nessa retomada Pinocchio recebe a noticia de que a fada azul está doente, manda a ela um pouco de dinheiro e trabalha ainda mais para ajudar sua querida protetora.
Numa noite Pinocchio sonha com a fada azul lhe dizendo que o perdoa e que quem cuida dos pais merece cuidado e afeto sempre. Quando acorda, seu pai está são e Pinocchio havia se transformado em um menino de verdade. Pinocchio encontra nos bolsos mais dinheiro do que havia conseguido e olha para o boneco que agora fora encostado e diz: "Como eu era ridículo, quando era um boneco! E como estou contente de ter-me tornado um rapaizinho direito.'' Repitir o erro é humano - Frase que poderia ser usadas pelos psicanalistas “é próprio do humano insistir nos mesmos erros” - Sonho Parental “a paternidade é o sonho de fazer de alguém a marionete dos sonhos” Olá mundo cruel Pinocchio vende a cartilha que Gepetto havia comprado com muito sacrifício que este fizera por ele e paga a entrada no teatro de marionetes.
Collodi da diferentes oportunidades para seu herói: não apenas de tentações que lhes revelam a fraqueza, mas também desafios em que possa demonstrar suas boas qualidades.Come-fogo é o pai ogro, a mais primitiva representação de pai.A conquista da condição de menino de carne e osso é um longo e tortuoso caminho. ..."é perigoso ficar a mercê de um dono, hoje ele te cuida, amanhã te devora'' O início para pai e filho é marcado por uma série de reinvindicações narcisistas.
A cada escorregada do trilho do bem, o boneco encontra figuras que lhe oferecem ensinamentos morais. Educação, um trabalho em equipe A função paterna não é um privilégio do pai ..." o caminho do artesão pai mostra a diferença entre cinzelar um corpo e o trabalho de construir uma alma '' O mundo é um educador sistemático A construção da paternidade é um processo que cabe também à mãe.A grande missão dessa mulher é demonstrar sua capacidade de perdão. Redenção pelo trabalho Pais dos Brinquedos (Ultima grande travessura).
Crescimento de Pinocchio.
Renascimento (Fim da infância de pinocchio) Bibliografia Aline Cristina Calegari
Bruna Nunes Miranda
Isabella Peixoto Mundim
Samantha Avanço Ferraz Características Inclassificável Conto de fadas Romance moderno Antifábula O herói sempre é perdoado e tem sucessivas oportunidades de acertar. Insiste em não absorver a lição.
O ensinamento comparece antes a punição Fábula Sua trama se direciona para um ensinamento moral Magia
Humor nos diálogos O Nariz e a Mentira Existem dois tipos de mentira: As de pernas curtas e as de nariz comprido "A mentira é uma verdade que esqueceu de acontecer'' - Mário Quintana Mentir como um ato de proteção Ao mentir, ocultamos alguma falha ou ostentamos algum falso valor impressionar o interlocutor Mentir como um ato de amor Separação entre o pensamento do adulto e a subjetividade da criança Cosa concludere la storia di Pinocchio Pinocchio é sempre avisado e aconcelhado
Ele insiste e erra sistemáticamente
Sempre faz pouco caso da sabedoria que é lhe oferecida
Aprende com a experiência Formação moral Cada um processará custosamente dentro de si os princípios da cultura em que cresce. Realizando uma síntese própia atravéz de uma história acidentada e singular Sabedoria e experiência [Pais e filhos] Fábula, uma forma de ensinar É fundamental que, a criança que tem um sentimento de continuidade entre ela e sua mãe, tenha a experiência de contar uma mentira e não ser descoberta Ato de independência Força das tentações O nariz comprido revela o poderio de sua vontade mostrando indiretamente quão marcante nessa história é a A ereção do pênis revela um desejo sexual que ele dificilmente poderá ocultar Pinocchio não resiste a nenhuma exitação O desejo que na criança é latente, mas não ausente, reaparece como esse nariz erétil Masturbação Força Vital de pinocchio As realizações, assim como as tentações, são movidas por um desejo que se impõe Não se deixou cercar em suas vontades pela convenção educativa Negociação entre desejo e proibição A Filha de Nossa Senhora O triunfo da confissão
Uma mentira não pode ser desfeita, mesmo que mante-la custe caro
Pinocchio e a afilhada de Nossa Senhora estavam precisando mentir, isso lhes era vital e estava acima de qualquer coisa
A vitória do adulto implica a morte imaginária da criança
Valorização do lugar materno
Diferenciação pela mentira ou pela transgressão Nem sempre confrontar os pinóquios com suas mentiras produz um bom resultado Corso, D. L.,& Corso, M. (2006). Fadas no Divã: Psicanálise nas Histórias Infantis. Porto Alegre: Artmed. Voce usufrui dos livros Você vende os livros para comprar algo de seu interesse Uma dinâmica de nariz comprido! Você está disposto a continuar perdoando e ensinando a pessoa No próximo erro resolve desisir de tentar ajuda-lo Ou Mesmo assim decide fazer sacrifícios para que ela se torne uma pessoa melhor Resolve agir como uma pessoa displicente Deve-se descutir com o pequeno sobre o que ele está afirmando, percebendo o problema. TRATA-SE DE BUSCAR A VERDADE QUE SE OCULTA NA MENTIRA
Full transcript