Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

MANIPULAÇÃO DA FERTILIDADE

No description
by

Madalena Gomes

on 11 November 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of MANIPULAÇÃO DA FERTILIDADE

MANIPULAÇÃO
DA
FERTILIDADE

Reprodução Assistida
Bioética
É o estudo trandisciplinar das questões onde não existe consenso moral, como os métodos de reprodução assistida. Sendo também a análise da responsabilidade dos cientistas nas suas pesquisas
Introdução
Contraceção
Métodos Contraceptivos Reversíveis
ICSI
A ICSI consiste na injecção de um único espermatozóide no interior de um ovócito, originando assim o ovo.
Quais os objetivos?
• Planeamento Familiar (escolha de quando e quantos filhos desejam);
• Combate à propagação de doenças sexualmente transmissíveis;
• Controlo da natalidade.

Trabalho realizado por:

Madalena Gomes Nº18 12ºB
Maria Sofia Almeida Nº 12ºA
Sara Palma Nº24 12ºB
Disciplina:
Biologia

Professor:

António Gomes Gonçalves
Fertilidade
1920
2013
1960
1870
1564
Dispositivo Intra-uterino (DIU)
Impede a união dos gâmetas ou a nidação se já tiver ocorrido fecundação;

Pode ser desconfortável;
Risco de infecções genitais;
Não aconselhado a mulheres jovens.
Impede a ovulação ou a fecundação;
Pode regularizar os ciclos menstruais;
Reduz em 50% o risco de cancro do ovário e do endométrio

Agravamentos de doenças preexistentes;
Alteração de peso
Depressão
Náuseas e vómitos
Destroem os espermatozóides;

Protecção por pouco tempo.
Preservativo
Diafragma
Impede a entrada de espermatozóides no útero.

Requer orientação médica juntamente com uso de espermicidas.
Pouco recomendado a jovens.
Inseminação intrauterina
ou inseminação artificial
Preservativo Masculino de Linho
Anatomista italiano
Falópio
Preservativos Masculino e Feminino de Poliuretano
Preservativo Masculino de Borracha Vulcanizada
1564
1844
1992
Evita o encontro dos gâmetas e, portanto, a fecundação;
Pode romper-se ou deixar passar alguns espermatozóides se não for colocado corretamente.

Protege das Doenças Sexualmente Transmissiveis
DST
Dr. Mesinga
60 a
90%
Eficaz
85%
Eficaz
DST
Não Protege das Doenças
Sexualmente Transmissiveis
Espermicida
95%
Eficaz
Não Protege das Doenças
Sexualmente Transmissiveis
DIU
1885
80%
Eficaz
Não Protege das Doenças Sexualmente Transmissiveis
DST
Não Proteje das Doenças Sexualmente Transmissiveis
DST
Pílula
Combinada
Pílula
Monofásica
Pílula
Trifásica
Mini-pílula
Consiste no conjunto dos métodos que visam evitar a fecundação de um óvulo por um espermatozóide, ou, quando há fecundação, evitar que ocorra a nidação do ovo.
Ciclos menstruais regulares são sinal de ovulação normal;
Após os 42 anos a maioria das mulheres é infértil, mesmo que continue a menstruar regularmente;
A fertilidade feminina é determinada essencialmente por factores genéticos e pela quantidade de óvulos com que cada mulher nasce.
Fertilidade
Fertilização in
Vitro
Na União Europeia apenas existe o consenso de que não devem ser levadas a cabo, em nenhuma circunstância, experiências em embriões após o aparecimento da linha germinativa.

Para a Society For The Protection Of Unborn Children (SPUC), a objeção básica em relação à FIV e ICSI é que ocorre manufatura de seres humanos
Taxa de sucesso
Nas mulheres:
Nos homens:
A idade não será tão relevante, embora
a probabilidade de sucesso ser maior
em homens mais jovens.
Oligozoospermia grave
Ausência de fecundação em tentativas de FIV convencional
Congelação de esperma em doentes com cancro em remissão
Distúrbios da ejaculação
Obstrução dos canais deferentes ou ausência congénita ou
resultante de vasectomia

Para que situações serve a ICSI?
Contraceção hormonal injetável
Não interfere na relação sexual e não obriga a tomada diária
Pode reduzir o fluxo menstrual
Métodos Reversíveis
• A maioria dos métodos contracetivos é reversível;
• Permitem à mulher engravidar quando ela ou o seu parceiro deixam de os usar

Métodos Definitivos
• Têm um efeito permanente;
• Implicam a realização de intervenções cirúrgicas.
Pode provocar irregularidades no ciclo menstrual
Pode causar dores de cabeça, perda de cabelo, aumento de peso
O retorno aos níveis de fertilidade é mais lento
Laqueação de Trompas mulher)
Vasectomia (homem)
O que é?
Consiste na colocação de uma amostra de sémen preparada previamente no laboratório, de acordo com a morfologia dos espermatozóides que o compõem.
Qual o objetivo?
Pretende-se diminuir a distância que separa o óvulo e o espermatozóide, e consequentemente facilitar a fecundação.
Quando é recomendada a sua utilização?
• Casos em que os espermatozoides não conseguem atingir as trompas (devido a infertilidade ou caso ocorram problemas de saúde que possam afetar a produção de espermatozóides)
• Casos em que os óvulos têm dificuldade em ser fecundados.

Na Inseminação Artificial a amostra de sémen pode ser:
Próprio do homem do casal
. Indicado:

• Quando existe esterilidade de origem desconhecida;
• Quando a mulher tem problemas de ovulação;
• Em casos de alteração a nível do colo do útero;
• Quando o homem apresenta defeitos no sémen a nível de concentração ou mobilidade;

De um doador.
Indicado:

• Quando a qualidade de sémen do homem é má ou há ausência de espermatozoides;
• Quando o homem é portador de uma doença genética que não pode ser detetada nos embriões.
Nota:
Os dadores são selecionados de acordo com critérios muito rigorosos baseados em diversos exames relativos ao estado de saúde e à qualidade dos espermatozoides que podem ser criopreservados, permitindo a organização de bancos de esperma nos hospitais e clínicas.
Procedimentos Necessários
Implante
Tem uma eficácia prolongada, sendo por isso mais cómodo;
Rápido retorno à fertilidade após a remoção.
As menstruações dolorosas podem melhorar

Pode ocorrer acne, náuseas, alteração de humor, alteração do ciclo menstrual, aumento do peso
No local de inserção poderá ocorrer irritação, dor e comichão

Esta fase consiste em estimular o ovário para que produza mais óvulos de forma natural (a sua duração oscila entre 10-12 dias), de modo a aumentar as possibilidades de sucesso desta técnica.
Estimulação ovárica e indução da ovulação

• Realização de 3 a 4 de ecografias para comprovar que o crescimento e a evolução dos folículos se encontram dentro da normalidade.

• Programação da inseminação artificial para cerca de 26 horas após a administração de uma injeção hCG que induz a maturação ovárica e a ovulação.

Preparação do sémen
Esta fase consiste em selecionar e concentrar os espermatozóides de melhor mobilidade.

Inseminação
O procedimento realiza-se nas consultas de procriação medicamente assistida. Após a colocação de um espéculo, com incómodos não superiores aos de uma citologia, passa-se a cânula através do colo uterino, que permite introduzir a amostra no interior do útero.
Técnica de criopreservação

• Adicão de um crioprotetor;
• Emersão e guarda dos espermatozóides em criotubos a 196ºC em azoto líquido com a quantidade necessária para um inseminação.
EFICÁCIA
A taxa de gravidez é de 14 a 20%.
99%
Eficaz
Contraceção hormonal oral (pílula)
Combinada: 0,1-1
gravidezes por ano em cada 100 mulheres
Progestativa:
1-15
gravidezes
por ano em
cada 100
mulheres

99%
Eficaz
DST
Não Proteje das Doenças
Sexualmente Transmissiveis
Infertilidade
De acordo com a Associação Portuguesa de Infertilidade (API), estima-se que, em Portugal, 15 a 20% (cerca de 750 mil) dos casais em idade reprodutiva sofram de infertilidade. (Estatística feita em 2013)
O que é?
Consiste na incapacidade de um casal de conceber depois de, pelo menos, um ano de relacionamento sexual regular sem qualquer proteção, ainda que o diagnóstico possa ser encontrado mais cedo, no caso de disfunção evidente.


DST
Não Proteje das Doenças
Sexualmente Transmissiveis
Fatores que contribuem para a Infertilidade
Anomalias relacionadas com o aparelho reprodutor;
Algumas doenças (cardiovasculares, oncológicas, autoimunes e infeções sexualmente transmissíveis, entre outras);
Adiamento da idade de conceção;
Hábitos sedentários;
Consumo excessivo de gorduras, tabaco, álcool e drogas;
Exposição aos químicos libertados na atmosfera e utilizados nos produtos alimentares.
Principais causas biológicas da Infertilidade
Na mulher:

• Disfunção ovulatória provocada por alterações hormonais, endometriose e ovário poliquístico
• Obstrução das trompas de falópio, geralmente devido a infeção genital
• Patologia uterina
• Tumores malignos
• Malformações anatómicas
No homem:

• Anomalias nos espermatozóides
• Criptorquidia
• Lesões do escroto
• Alterações genéticas
• Tumores malignos
• Malformações anatómicas
Notícia
Thomas, o primeiro homem grávido
“Thomas não removeu os órgãos reprodutivos. Com a esposa, Nancy, Thomas ficou "grávido" em 2007 de Susan. Depois, vieram mais dois filhos, Austin e Jensen. Nancy, que já tinha dois filhos crescidos de outro relacionamento, não podia mais ter filhos após ser submetida a histerectomia.
Os três filhos do casal nasceram
de óvulos de Thomas e de
espermatozoides do mesmo doador,
que não é conhecido
.”
"Além da reprodução assistida ter sido uma operação pioneira em Portugal, o golfinho roaz, que nasceu no parque oceanográfico algarvio a 22 de Outubro, é também
o primeiro a nível mundial gerado através de sémen congelado
, proveniente de um outro roaz – ‘Sparky’ –, oriundo dos Estados Unidos. A mãe é a fêmea ‘Cher’, do Zoomarine, que não teve de ser sedada ou retirada da água para poder ser inseminada, “um procedimento voluntário conseguido pela primeira vez no Mundo”, disse ao CM o biólogo Élio Vicente.
A intervenção, semelhante à realizada nos humanos, (...) demorou cerca de 30 minutos. Em troca,
o Zoomarine cedeu sémen do golfinho ‘Sam’
, considerado um “diamante genético”, já que é
o mais velho desta espécie no Mundo
, com 48 anos. (...).
Notícia
Golfinho proveta nasce no Algarve
O que é?
Procedimentos semelhantes à FIV, com algumas diferenças.
GIFT e ZIFT
Logo após a fusão dos gâmetas (fecundação)?
BIOÉTICA
Ou somente após a formação completa do embrião?
A partir do 14º dia, após a implantação?
Teoria do pré-embrião
Teoria da cariogamia
Vantagens
Há uma chance de 15% de uma gravidez gemelar
Tem menos hipóteses de desordens hereditárias ou genéticas serem passadas ​​do pai para a criança
O esperma utilizado para inseminação artificial é obtido a partir do parceiro masculino ou a partir de um banco de esperma
Casais com problemas de concepção conseguem ter filho
Teoria da natalidade
A partir de quando é um
ser humano considerado
como tal?
A Síndrome da Hiperestimulação do Ovário (SHO)
Desvantagens
Vantagens
Desvantagens
Vantagens
Desvantagens
Mulheres que fizeram laqueação das tropas podem recorrer a esta técnica para terem filhos
Mulheres que já entraram na menopausa, através de tratamentos adequados também poderão recorrer à FIV para engravidar;
Mulheres inférteis podem ter filhos através desta técnica
Homens que fizeram vasectomia podem proceder à recolha dos seus espermatozóides, recorrendo a esta técnica, afim de engravidar a mulher
Posição da igreja em relação
à manipulação da fertilidade:

• Igreja Cristã Católica Romana
• Igreja Cristã Protestante
• Islão
• Hindus
Implicações sociais
Casais que possuam doenças hereditárias genéticas podem recorrer a esta técnica, sendo escolhidos e implantados os embriões que não apresentem a mesma doença, isto se a possibilidade de transmissão não for de 100%
Risco de nascimentos múltiplos, uma vez que são transferidos para o útero materno múltiplos embriões.
Possibilidade de desenvolvimento do síndrome de hiperestimulação ovariana, resultante da estimulação contínua dos ovários
Risco de ocorrência de erro humano
Risco de o bebé possuir malformações congénitas
Técnica de elevado custo
Permite que muitos homens com problemas no número e qualidade dos espermatozóides possam ser pais genéticos dos seus filhos
Permite uma maior eficiência dentro dos próprios tratamentos de Reprodução Medicamente Assistida
Preço elevado (cerca de 4 mil euros)
Existem poucas clínicas que disponham este tratamento, implicando, por vezes, deslocações de grandes distâncias para se fazer o
mesmo
Permite o tratamento de milhões de casos que até então eram dados como perdidos e para os quais a única solução passava pelo recurso a esperma de um dador;
É um tratamento
seguro e eficaz,
quando
realizado por Embriologistas experientes
Abstinência Periódica
Consiste somente na ausência do ato sexual durante o período fértil da mulher, não havendo assim qualquer tipo de contacto entre a região genital de ambos os parceiros.
Coito
Interrompido
Interrupção do ato sexual no momento da ejaculação.
Bibliografia
Aplicações e Programas Utilizados
Dropbox
Facebook
Gmail
Microsoft Office Word
Microsoft Office Picture Manager
Microsoft Office Powerpoint
Photoshop CS5
Prezi
Skype
Picasion
Online image converter to JPEG
EFICÁCIA
73% ou 96%
Não Protege das Doenças
Sexualmente Transmissiveis
DST
Não Protege das Doenças
Sexualmente Transmissiveis
DST
EFICÁCIA
75% ou 95%
Consultado a 22/09/2014. Disponível em: http://www.portaldasaude.pt/portal/conteudos/informacoes+uteis/gravidez+e+sexualidade/metodoscontraceptivos.htm

Consultado a 28/09/2014. Disponível em: http://www.ivi-fertilidade.com/pt/pacientes/tratamentos-procria%C3%A7%C3%A3o-medicamente-assistida/insemina%C3%A7%C3%A3o-artificial/

Consultado a 28/09/2014. Disponível em: http://crescer.sapo.pt/gravidez/infertilidade/8-coisas-que-talvez-nao-saiba-sobre-a-fertilidade-feminina

Consultado a 28/09/2014. Disponível em: http://12e-manipulacaodafertilidade.blogspot.pt/2010/02/causas-de-infertilidade.html

Consultado a 28/09/2014. Disponível em: http://saude.sapo.pt/saude-em-familia/casal-e-gravidez/artigos-gerais/infertilidade.html

Consultado a 28/09/2014. Disponível em: http://12e-manipulacaodafertilidade.blogspot.pt/2009/11/implicacoes-da-manipulacao-da.html

Consultado a 28/09/2014. Disponível em: http://oglobo.globo.com/blogs/pagenotfound/posts/2012/03/08/primeiro-homem-gravido-curte-familia-mas-sofre-isolamento-435184.asp

Consultado 28/09/2014. Disponível em:http://natureza-da-vida.blogspot.pt/p/vantagensdesvantagens.html

Consultado a 24/09/2014. Disponível em: http://www.pucrs.br/bioetica/cont/mariangela/bioeticaereproducao.pdf

Consultado a 29/09/2014. Disponível em: http://www.pordata.pt

Consultado a 22/09/2014. Disponível em: http://www.medipedia.pt/home/home.php?module=artigoEnc&id=791

Consultado a 22709/2014. Disponível em: http://sexualidadeemlinha.blogspot.pt/2007/01/o-que-vasectomia-e-laqueao-das-trompas.html
Em Portugal, a primeira criança resultante de um tratamento de FIV nasceu em 1986, após um tratamento conduzido no Hospital de Santa Maria, em Lisboa. Actualmente realizam-se centenas de milhares de ciclos de FIV em todo o mundo, sendo este um procedimento seguro, bem estabelecido e com uma excelente percentagem de sucesso.
Taxa de sucesso FIV
CONCLUSÃO
Notícia
"Lei britânica sobre embriões aprovada na generalidade"
Não foi um voto apertado: ontem, no Parlamento britânico, 340 deputados contra 78 aprovaram, na generalidade, o novo projecto de lei sobre fertilização humana e embriologia. (...)

O projecto de lei tem gerado muita controvérsia na Grã-Bretanha, principalmente devido à posição da Igreja Católica (...). Não é de admirar que assim tenha acontecido, uma vez que os principais pontos do texto em debate são realmente pioneiros.
Trata-se de legalizar a criação de embriões híbridos de animal e humano para fins de investigação médica

(de doenças incuráveis como o Parkinson ou o Alzheimer);
de autorizar os pais com um filho gravemente doente a recorrer à fertilização in vitro (FIV) para escolher, graças ao diagnóstico pré-implantatório, um irmão ou irmã geneticamente compatível que possa doar tecidos para o tratar
; e
de eliminar a necessidade de um pai para recorrer à FIV
, sendo esta figura substituída pela de “figura parental”. Em particular, esta última disposição permitirá que os casais de lésbicas recorram à FIV.

A propósito dos embriões híbridos, Ian Gibson, deputado trabalhista citado pela BBC, minimizou os perigos éticos apontados pelos opositores à lei salientando que, já no passado, sob a tutela da autoridade competente (a HFEA), a investigação embriológica foi sempre feita “de forma muito regulada” no país. E lançou: “Há pessoas nesta casa, uma ou duas que eu conheço, que têm partes de porco ligadas ao coração. É isso que as mantém vivas. Portanto, deixemo-nos de hipocrisias”.
ANA GERSCHENFELD 13/05/2008 - 17:48, Público
A fertilização in vitro é um processo complexo de reprodução assistida em que a fusão gamética ocorre em laboratório. Sendo daí que provém a expressão comum "bebé proveta".
Conjunto de técnicas
laboratoriais que visa obter uma gestação substituindo ou facilitando uma etapa deficiente no
processo reprodutivo
O CONGELAMENTO EMBRIONÁRIO
A DOAÇÃO DE GÂMETAS
A SELEÇÃO DE SEXO
A SELEÇÃO DE EMBRIÕES - O DIAGNÓSTICO PRÉ-IMPLANTACIONAL
DOAÇÃO TEMPORÁRIA DE ÚTERO
REPRODUÇÃO PÓSTUMA
CLONAGEM REPRODUTIVA
PROBLEMAS BIOÉTICOS
Anomalias genéticas nos cromossomas ou mesmo nos genes podem dificultar a conceção
Doenças como diabetes, insuficiência cardíaca e renal, bem como problemas de tiróide têm vindo a ser relacionados com uma diminuição na fertilidade
Fumar diminui o número e mobilidade dos espermatozóides
Full transcript