Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Abordagem Contingencial da Administração

No description
by

Fabio Arten

on 7 June 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Abordagem Contingencial da Administração

...mas o que determina a forma organizacional de uma empresa
Deu um passo além da teoria dos sistemas ao analisar
a relação entre a organização (sistema aberto) e seu ambiente, e
os padrões de relações e configurações de variáveis adequadas a cada situaçao ambiental específica.
Procura compreender e explicar como as organizações
funcionam em diferentes condições ou contextos ambientais e verificar as configurações estruturais mais eficazes.
Surgimento de empresas multinacionais, grandes oligopólios e organizações cada vez mais complexas (tamanho, tecnologia tarefas, estratégia e estrutura).
Abordagem Contingencial da Administração
Agenda:
Contexto Histórico
Surgiu em meados de 1950 e início dos anos 1960,
sob a influência da teoria dos sistemas.
Contexto histórico
Organizações e Ambiente;
Configurações organizacionais e eficácia;
Críticas à abordagem contingencial.

Referência Bibliográfica
Bons Estudos!
Contexto Histórico
Burns e Stalker propuseram dois tipos ideais de organização administrativa: o orgânico e o mecânico, que seriam os extremos em um contínuo, no qual se encaixaria a maioria das organizações.
Organizações e Sistemas
Críticas à abordagem contingencial
Os sistemas organizacionais são considerados apenas reativos;
Visão determinista do ambiente sobre as organizações.
Guerra Fria.
Foco dos estudos na eficácia organizacional, observando os parâmetros e fontes para alcançá-la.
tipo orgânico
tipo mecânico
Uma forma muito próxima do tipo ideal de burocracia proposto por Weber
Uma forma próxima do oposto lógico idealizado de burocracia.
hierarquia reforçada pela autoridade centralizada
autoridade descentralizada e fundamentada em uma estrutura de controle em rede
papéis e tarefas organizacionais definidos pelos escalões superiores
papéis complexos e redefinidos continuamente por meio da discussão entre as partes
conhecimento disperso nos níveis organizacionais
contexto de comunicação e interação vertical
autonomia dos empregados para uma comunicação vertical e horizontal
supervisão hierárquica fortemente estabelecida
As formas organizacionais estão estreitamente vinculadas ao ambiente no qual as organizações estão inseridas.
Por exemplo:
Empresas mecanicistas têm seu sistema organizacional adequado a ambientes de mercado e tecnologia estáveis.
Indústria de cimento
Indústria de cigarros
Enquanto as empresas orgânicas têm seus sistemas apropriados a situações de mercado dinâmicas com forte concorrência e variação tecnológica.
Indústrias de Tecnologia de Informação
Indústria do Entretenimento
Indústria da educação
"Deve haver um fit ou adequação da estrutura da organização ao seu meio ambiente de negócios. Faz-se um diagnóstico do meio ambiente e ajusta-se a estrutura organizacional a ele".
Estudo de Henry Mintzberg (final da década de 1970) que identificou a existência de cinco configurações organizacionais básicas.
Configurações organizacionais e eficácia
Cúpula
estratégica
Assessoria
de
apoio
Tecnoes-
trutura
Núcleo operacional
Linha
intermediária
Estruturas organizacionais
Padrões de trabalho e disposições hierárquicas que servem para controlar ou distinguir as partes que compõem uma organização.
Diz respeito à divisão e à especialização do trabalho
- isto é, sua diferenciação -
e a como é coordenada e controlada
- ou seja, sua integração -
Estruturas organizacionais
Mecanismos básicos de coordenação para coordenar tarefas, e também para seu controle e comunicação:
Ajustamento mútuo;
Supervisão direta;
Padronização dos processos;
Padronização das saídas;
Padronização das habilidades.
comunicação informal e o controle é do operacional
comunicação formal e o controle cabe a uma só pessoa
comunicação formal e o controle é por manuais e normas
comunicação formal e o controle é de quem executa
comunicação formal e o controle é indireto.
Estruturas organizacionais
As três funções básicas da estrutura organizacional:
Executar produtos
organizacionais e
atingir metas
Minimizar ou regulamentar a influência das variações individuais
Servir de contexto onde o poder é exercido, as decisões são tomadas e as atividades são executadas
Estruturas organizacionais
As, também, três características da estrutura organizacional:
Componentes ou extensão da diferenciação
Grau em que são explicitadas ou padronizadas as expectativas em relação às atividades
Localização da autoridade para tomar decisões na organização
Complexidade
Formalização
Centralização
... se unificarmos as noções de mecanismos de coordenação e das partes que compõem
uma organização, podemos caracterizá-las de diferentes formas, tendo estruturas que refletem suas propriedades.
assim...
Estrutura Simples
Mintzberg (1995),
estabelece cinco
configurações
organizacionais
básicas:
Organizações pequenas e jovens, sistema técnico pouco sofisticado; coordenada por supervisão direta, cúpula estratégica é o componente-chave; estrutura centralizada e tipicamente orgânica.
Burocracia Mecanizada
Organizações grandes e maduras, sistemas técnicos regulados e não automatizados; coordenada por meio da padronização de processos; a tecnoestrutura é o componente-chave; formalização do comportamento, especialização do trabalho e certa centralização.
Burocracia Profissional
Ambientes complexos, com sistemas técnicos não regulados e não sofisticados; coordenada pela padronização de habilidades; e tem o núcleo operacional como componente-chave; existência de treinamento, especialização do trabalho e descentralização.
Forma Divisionalizada
Organizações com mercados diversificados, antigas e de grande porte; é coordenada mediante padronização de resultados; tendo a linha intermediária como componente-chave; agrupamento por mercado e existência de sistemas de controle de desempenho.
Adhocracia
Pode ser administrativa ou operacional, presente em ambiente complexos e dinâmicos, geralmente jovens com sistemas técnicos sofisticados; é coordenada pelo ajustamento mútuo; tendo como componentes-chave a assessoria de apoio (na adhocracia administrativa) e o núcleo operacional (na adhocracia operacional); descentralização, especialização do trabalho, estrutura orgânica e instrumentos de interligação.
Full transcript