Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Grupo 16 - Calcogênios

No description
by

Yure Andrade

on 20 June 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Grupo 16 - Calcogênios

Elementos
Oxigênio (O);
Enxofre (S);
Selênio (Se);
Telúrio (Te);
Polônio (Po);
Livermório (Lv) - sintético.
História
Foi descoberto em 1817 por Jöns Jacob Berzelius que ao visitar uma fábrica de ácido sulfúrico observou um líquido avermelhado que ao ser aquecido desprendia um odor fétido, que até então era característico e exclusivo do telúrio. O resultado da investigação desse material levou ao descobrimento do selênio;
Selênio (Se)
Número atômico 34;
Massa atômica 78;
Ponto de fusão 494K;
Ponto de ebulição 958K;
Em CNTP encontra-se no estado sólido;
Não-metal, insolúvel em água e álcool, porém solúvel em éter;
Objetivo
Apresentar os elementos do grupo 16, bem como suas características, aplicações e as principais formas de obtenção.
Enxofre (S)
Número atômico 16;
Massa atômica 32;
Ponto de fusão 388,36K;
Ponto de ebulição 717,75K;
Na CNPT encontra-se no estado sólido;
Não-metal, insípido e inodoro;
Grupo 16 - Calcogênios
Introdução
Calcogênio é todo e qualquer elemento químico do grupo 16 da tabela periódica;
NOx -2;
Configuração eletrônica finaliza em ns2np4
Aplicações
Utilizado em processos industriais como:
produção de H2SO4;
pólvora;
vulcanização de borracha;
branqueador de papel;
conservante de bebida alcoólica;
Utilizado também como laxante, esfoliante;
Aplicações
Inúmeras aplicações eletrônicas;
Células solares e retificadores;
Fotografia (incrementar e intensificar as faixas de tonalidades);
Adicionado aos aços inoxidáveis;
Utilizado como catalisador em reações de desidrogenação;
A produção comercial se realiza pela queima dos iodos com cinzas de soda ou adição de ácido sulfúrico;
Rodolfo Hilgenstieler
Yure Andrade

UTFPR - Campus Ponta Grossa
Engenharia Química

15 de julho de 2014
Ponta Grossa - PR

Oxigênio (O)
Número atômico 8;
Massa atômica 16;
Ponto de fusão 50,35K;
Ponto de ebulição 90,18K;
Gás insípido, inodoro, incolor;
Combruente e não combustível;
Pouco solúvel em água;
Essencial para a manutenção da vida;
Responsável por 1/5 da constituição do ar;
Elemento mais abundante dentro do globo terreste.
Aplicações
Utilizado como oxidante;
Combruente nos motores de propulsão;
Soldadura e fabricação de aco e metanol;
O isótopo Oxigênio 15 é utilizado na medicina nuclear, na tomografia por emissão de pósitrons.
História
Foi descoberto pelo farmacêutico Carl Scheele em 1771;
Não obteve reconhecimento imediato;
Muitos atribuem a Joseph Priestley seu descobrimento, que ocorreu independentemente em 1774.
História
Conhecido desde a antiguidade; sec IX a.C., Homero já recomendava evitar a pestilência do enxofre;
Século XII os chineses inventaram a pólvora, mistura explosiva de KNO3, carbono e enxofre;
Alquimistas da Idade Médica conheciam a possibilidade de combinar enxofre com mercúrio;
Obtenção
A produção industrial de oxigênio é feita por meio de um processo de destilação que retira o ar da atmosfera, filtra, comprime e resfria. Por meio destes processos são extraídos os teores de água, gases indesejados e impurezas.
Obtenção
É o 16º elemento mais abundante;
É extraído pelo processo Frasch que é responsável por 23% da produção, e consiste em injetar vapor de água superaquecido para fundir o enxofre, que posteriormente é bombardeado para o exterior;
Telúrio (Te)
Número atômico 52;
Massa atômica 128;
Ponto de fusão 722,66K;
Ponto de ebulição 1261K;
Em CNTP encontra-se sólido;
É um metalóide frágil e facilmente pulverizável;
História
Foi descoberto em 1782 ou 1783, num minério chamado calaverita, por Franz Joseph von Reichenstein e isolado em 1798 por Martin Heinrich Klaproth.
Aplicações
Utilizado principalmente em ligas metálicas como semicondutor;
Liga com chumbo para aumentar resistência mecânica;
Pigmento azul para vidro;
Liga de ferro fundido para controle a frio;
Potencial aplicação em painéis solares;
Polônio (Po)
Número atômico 84;
Massa atômica 209;
Ponto de fusão 527K;
Ponto de ebulição 1235K;
Metal;
Em CNTP encontra-se sólido;
É radioativo, dissolve-se fácil em ácidos diluídos;
Quimicamente semelhante ao bismuto e ao telúrio, sendo o mais eletropositivo da sua família;
História
Foi descoberto por Pierre e Marie Curie, em 1898 e seu nome faz homenagem à Polônia;
Anteriormente era chamado de radio F;
Primeiro elemento descoberto pelo casal Curie;
Foi utilizado como veneno em 2006 na forma de polônio-210 para matar o antigo espião do KGB, Alexander Litvinenko;

Aplicações
Utilizado como fonte de partículas alfa;
Fonte de nêutrons;
Baterias termonucleares de satélites;
Utilizado para remover poeira acumulada em filme fotográfico;
O polônio é usado no tabaco com arsênico e naftalina, que é uma das principais causas de cânces para quem fuma;
Livermório
Elemento químico sintético;
Número atômico 116;
Massa atômica [296] - provável;
Era conhecido como Unun-héxio (Uuh) antes de maio de 2012;
Elemento transurânico, radioativo, superpesado, provavelmente metálico e sólido;
História
Descoberta foi relatada em 1999 por cientistas estadunidenses e por russos em 2001;
Demonstrou-se a síntese do Livermório com sucesso em 2006 através do bombardeamento de átomos de califórnio-249 com íons de cálcio-48 que produziu ununóctio (elemento 118), que então decaiu para livermório;
Aplicação
Devido à sua instabilidade, reduzido tempo de meia-vida e dificuldade de coleta, inexiste aplicação industrial ou comercial para este elemento;
Full transcript