Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Projeto Aplicativo Grupo Afinidade D

No description
by

Luis Fernando Gurgel

on 2 February 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Projeto Aplicativo Grupo Afinidade D

Educação em Saúde:
A importância de se esclarecer o trabalho da VISA para a população e os proprietários de estabelecimento sujeitos a fiscalização


Projeto Aplicativo Grupo Afinidade D - Educação em Saúde

Ideia
Objetivo
Difundir o conceito de que a VISA tem a responsabilidade de promover a saúde e ser parceira da população e dos proprietários...
Por que?
Pequena visibilidade social das ações educativas da Vigilância Sanitária que historicamente são vistas apenas como punitivas (poder de polícia administrativa no campo da saúde).
Desenvolvimento do Projeto Aplicativo
Focar o tema para viabilizar o projeto e torná-lo exequível em todas as cidades.

Discussão do tema principal, as causas e consequências do problema.

Cidades: Belo Horizonte, Itabirito, Mariana, Pedro Leopoldo

Belo Horizonte 03/02/2014

Sugestão inicial para tema
Educação em Saúde para estabelecimentos que manipulam alimentos
Restaurantes e Bares

...melhorando, dessa forma, o perfil sanitário dos restaurantes e bares, com a sensibilização e responsabilização do setor regulado em cumprir a Legislação vigente, indicando a necessidade de investimentos em Boas Práticas para aprimorar a qualidade dos produtos fornecidos.
As maiores dificuldades encontradas pela VISA principalmente em restaurantes e bares são: a resistência em aplicar as Boas Práticas de Manipulação de Alimentos e a não padronização dos procedimentos, conforme preconiza a RDC 216/2004
Portanto como estratégia para abordagem com os proprietários, as ações educativas não devem ser exercidas apenas por meio das fiscalizações, mas também por intermédio de reuniões, seminários com associações, sindicatos, transmitindo-lhes as normas técnicas legais e as possibilidades de melhorias dos produtos e dos serviços.
Árvore Explicativa de Problemas
Desenvolvimento do Projeto Aplicativo
Tema do Projeto Aplicativo

Proprietários de restaurantes despreparados em atender a legislação sanitária de Boas Práticas de manipulação de alimentos


Reduzir abrangência para viabilizar o projeto:
Atuar nos restaurantes da área central da cidade

Desenvolvimento do Projeto Aplicativo
Atores sociais


Produtos


Oferecimento de um Café para os Empresários com o apoio das Associações Comerciais e Prefeitura Municipal.
Organização de um minicurso baseado em Metodologia Ativa com o tema proposto: Capacitação do proprietário em aplicar a legislação de boas práticas.
Desenvolvimento do Projeto Aplicativo
Produtos - Estratégias


A Copa do Mundo será utilizada como estratégia de incentivo à participação, pois é uma época em que o turismo aumenta na cidade-sede Belo Horizonte e nas cidades aos redores.
Previsto a entrega de certificado ao final da participação. Dessa maneira, o certificado poderá ser afixado em local visível para dar maior credibilidade ao estabelecimento.
Referências Bibliográficas
Brasil. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução RDC nº 216, de 15 de setembro de 2004. Regulamento Técnico de Boas Práticas para Serviços de Alimentação. Diário Oficial da União. 2004; set 16.
AKITSU, Rita de Cássia et al . Adequação das boas práticas de fabricação em serviços de alimentação. REV. Nutr., Campinas , v. 18, n. 3, June 2005 .
COSTA, E. A. Vigilância Sanitária, Saúde e Cidadania. Belo Horizonte, MG: Núcleo de Saúde Coletiva, FAMED/UFMG, 2000.

OBRIGADO!
Desenvolvimento do Projeto Aplicativo
Proprietários dos restaurantes centrais

Fiscais sanitários

Associação Comercial da cidade
Matriz de Identificação dos Indicadores
Full transcript