Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Projetos Institucionais - Atelier

Anteprojeto de interior, com o conceito de atelier, para as salas de aula Atelier de Projetos I e Laboratório de Luz e Cor e para a Coordenação do Curso Superior em Design de Interiores do Instituto Federal da Paraíba - campus João Pessoa.
by

Jessica Nascimento

on 27 October 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Projetos Institucionais - Atelier

Referências Bibliográficas
http://tarkett.com.br/cores2/2
http://conceito.de/atelier
http://pt.wikipedia.org/wiki/Est%C3%BAdio
Equipe: Débora Muniz
Jéssica Nascimento
Larissa Ellen

Projetos institucionais
inTrodução
Este trabalho feito para a disciplina de Projetos Institucionais do curso de Design de Interiores tem o intuito de propor anteprojetos de interior para 3 salas do bloco do curso de Design de Interiores do Instituto Federal da Paraíba - campus João Pessoa. As salas selecionadas para a execução deste trabalho foram: Atelier de Projetos I, Laboratório de Luz e Cor e Coordenação/Secretaria do curso.

O objetivo do trabalho foi: em grupo escolher um conceito e aplica-lo nos ambientes trabalhados. Possibilitando soluções estéticas práticas, tendo que observar as possibilidades de execução, facilidade de limpeza e durabilidade.
Atelier de projetos I
A sala de atelier de projetos I se encontra no térreo do bloco de Design de Interiores, possui 66,58 m².
O ambiente funciona como: sala de aula, onde as aulas são ministradas pelos professores e são abertas discussões sobre os assuntos pertinentes e como atelier para o desenvolvimento dos projetos da disciplina. A sala é utilizada por 2 professores e 20 alunos.
laboratório de luz e cor
O laboratório de luz e cor se encontra no primeiro andar do bloco de Design de Interiores. A sala possui 58,54 m². É utilizada para a ministração das aulas das discliplinas de cor e iluminação. Possui capacidade para 1 professor e 20 alunos e atende às necessidades de aulas teóricas e aulas práticas com o uso de computador e mesas para desempenho de atividades manuais.
coordenação/secretaria
O ambiente onde atualmente funciona a coordenação e secretaria do curso de Design de Interiores é dividido por uma parede de drywall e possui 46,05 m². Se localiza no piso térreo do bloco de Design de Interiores. Realiza funções administrativas e tem como principais usuários uma coordenadora e um secretário, além de alunos e professores que sempre utilizam o espaço.
projetos correlatos
apresentação do conceito
identidade do designer -> acolhimento -> modernidade -> raizes -> história -> arte+técnica -> artista
atelier
antigo <-> novo
Um estúdio ou ateliê é o lugar de trabalho de pessoas com vontade de criar e onde se pode experimentar, manipular e produzir um ou mais tipos de arte.
A etimologia da palavra "estúdio" deriva da palavra do Latim studere que pode ser traduzido como a "ânsia de conseguir algo", também existe como uma adaptação do termo em inglês "studio".
O termo francês para estúdio, atelier, além de designar um estúdio artístico, é utilizado para caracterizar o estúdio de um designer de moda ou mesmo artesão — nesta última forma, é frequente a presença de cavaletes, mesas de desenho, suportes para escultura, etc, nos ateliês.
elementos do conceito aplicados no projeto
função
cores e texturas
mobiliário
decoração
atelier de projetos i
setorização
ESTUDO DO layout
fluxos
acessibilidade
2Day Languages School : Valência - Espanha
Escritório Masquespacio
Atelier do designer de interiores Antonio Ballatore
O conceito escolhido não foi escolhido ao acaso, não foi escolhido um conceito por mera casualidade, por mera demanda de uma disciplina. A escolha do conceito se deu diante da necessidade que os ambientes estudados sofrem em relação a identidade, mas não apenas qualquer identidade. A identidade de quem o utiliza. A identidade do Designer. Afinal. O que é um designer? Um artista? Um projetista? Um pouco louco? Um pouco de tudo? Um pouco do que estuda e de cada ambiente em que trabalha? É reflexo de suas viagens, de suas bagagens?

Foi com todos esses quês? que o conceito conseguiu ser definido. A proposta aqui não é apenas reproduzir um ambiente com conceito de atelier, mas sim adaptar um conceito tão amplo ao meio do artista que o utiliza. Afinal de artista e de louco cada um tem um pouco. O intuito do nosso projeto então é:
Projetar três ambientes diferentes em funções mas que possuem o mesmo público alvo, aplicando nestes ambientes a essência do que é um atelier do artista (local de expressão de sentimentos e ideias, de aparência mais clássica...) mas interligando essa essência com o novo, com o designer, com o século XXI. A relação de antigo + novo é uma caracteristica forte, notável e proposital nos nossos ambientes. O novo não existiria se algo anterior não o precedesse e isso é o que rege nosso projeto.
Geralmente é notável a presença do material de trabalho do artista ao longo do espaço, não é dificil dizer ao chegar em um atelier qualquer, que tipo de artista trabalha ali, pois terá diante dos olhos todas as etapas para a realização do seu trabalho.
Por exemplo, em um atelier de um pintor se encontrará por todo o local, tintas, telas, godês, pinceis... Mas também terá o resultado do trabalho, no caso os quadros finalizados. Outra caracteristica forte nos ateliês é a presença das inspirações do artista por todo o espaço.
Sendo assim, uma caraceristica forte dos ateliês em questão de função é a forma de organização e distribuição dos materiais, que geralmente ficam sempre a mão e a alcance dos olhos.
As cores mais encontradas nos ateliês são os tons claros, geralmente as paredes são pintadas de branco, ou outro tom neutro.
Em relação às texturas, as mais encontradas foram a madeira, o cimento queimado e os tijolos aparentes.
O mobiliário no geral é bastante prático, geralmente constituido de cadeiras confortáveis, mesas altas e armários abertos para o fácil acesso aos materiais que necessitem ser utilizados. Em geral são em madeira ou outro material de fácil manutenção.
Cavaletes são acessórios bastante utilizados como parte do mobiliário, geralmente formando os pés das mesas.
A decoração nesse tipo de ambiente geralmente se dá pelos próprios trabalhos executados. Porém alguns elementos se encontram bastante presentes nos ateliês, como por exemplo o uso de Iluminação industrial e peças de viajens ou que identifiquem a personalidade do artista na decoração.
Escolha da paleta de cores:
azul turqueza
cinza
amarelo
vermelho
coordenação/secretaria/biblioteca setorial
laboratório de luz e cor
conclusão
Através da realização desse trabalho chegamos a conclusão da importância de transmitir a essência do curso de Design de Interiores do IFPB no espaço de sala de aula.
Saindo do comum, buscamos unir as características mais fortes relacionadas ao conceito Atelier, com os aspectos técnicos projetuais. Dessa forma, foi criada uma proposta de ambiente funcional, dinâmico, criativo e com estilo único.
setorização
ESTUDO DO layout
fluxos
acessibilidade
proposta 2
atelier
SETORIZAÇÃO
ESTUDO DO LAYOUT
FLUXOS
ACESSIBILIDADE
O ambiente tinha seu espaço físico dividido em secretaria e coordenação, porém, após análise de seu programa de necessidades, se viu importante como decisão projetual a instalação apropriada de uma biblioteca setorial. Ambiente este que servirá como local de consulta de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC's) e como área de estudo para os alunos.
Sendo assim, a nova setorização do local:
REFORMA
INSPIRAÇÃO PARA OS ARMÁRIOS:
PALETA DO ARTISTA
SALA DE ARMAZENAMENTO
SECRETARIA
COORDENAÇÃO
BIBLIOTECA SETORIAL
proposta 1
REFORMA
PROPOSTA
REFORMA
O revestimento escolhido para aplicação no piso dos 3 ambientes foi o vinílico Cabreúva da Linha Ambienta da marca Tarkett.
piso
inspiração
Laboratório de luminárias
cuba chico ferreira
birô
armário
(notebooks e pertences do professor)
PRIMEIRA PROPOSTA
PROPOSTA ESCOLHIDA
PRIMEIRA PROPOSTA
SEGUNDA PROPOSTA
PROPOSTA ESCOLHIDA
PRIMEIRA PROPOSTA
PROPOSTA ESCOLHIDA
PRIMEIRA PROPOSTA
SEGUNDA PROPOSTA
PROPOSTA ESCOLHIDA
INSPIRAÇÃO - MESA FUNCIONAL
Full transcript