Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O MOVIMENTO DE RECONCEITUAÇÃO: IMPLICAÇÕES PARA O SERVIÇO SO

No description
by

glenia rouse

on 25 June 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O MOVIMENTO DE RECONCEITUAÇÃO: IMPLICAÇÕES PARA O SERVIÇO SO

O MOVIMENTO DE RECONCEITUAÇÃO: IMPLICAÇÕES PARA O SERVIÇO SOCIAL NA CONTEMPORANEIDADE

Prof.Glênia Rouse da Costa
Assu/RN

FACULDADE CATOLICA NOSSA SENHORA DAS VITORIAS -FCNV

Surge no I Seminário Latino Americano de Serviço Social.

Pano de fundo: transformações econômicas, sociais, culturais, e políticas, como: o avanço da industrialização e urbanização; a aceleração do desenvolvimento científico .
MOVIMENTO DE RECONCEITUAÇÃO:VAMOS COMPREENDER ESSE MOVIMENTO
Processo Histórico da profisão que sofre mudanças a partir dos anos de 1960,principalmente, na América- Latina.
Vários aspectos são indagados nesse período.
No Brasil cenário nacional do governo de Juscelino Kubitschek (1956-19561). A característica principal deste governo foi o desenvolvimento econômico do Brasil.
Manifestação das Classes Socias.

Serviço Social:Caso, Grupo e Comunidade.
Os problemas sociais não eram vinculados ao aspecto econômico, sendo compreendidos de forma isolada, e a sociedade era percebida numa perspectiva harmônica e não de contradições de classes.
O Serviço Social nos anos 1960 começou a assumir a postura desenvolvimentista no seio da profissão.
De acordo com Silva e Silva (2004):O Movimento de Reconceituação constitui-se [...] como um esforço para desenvolvimento de propostas de ação profissional condizentes com as especificidades do contexto latino-americano, ao mesmo tempo em que se configura como um processo amplo de questionamento e reflexão crítica da profissão.
É nesse cenário que ocorre a contestação do Serviço Social tradicional não só no Brasil, mais em toda a América Latina.
Discussão e revisão crítica teórica e metodologicamente no intuito de construir uma ação profissional.
Silva e Silva (2004), o Movimento de Reconceituação foi marcado por cinco teses configurativas
Reconceituação foi marcada pela heterogeneidade:os reformista-democratas e radical-democratas.
Rompimento com o Positivismo e Neotomismo.
A reatualização do conservadorismo:criticando o Positivismo e aproximando-se do pensamento fenomenológico como uma base inédita para reelaboração teórica e prática do Serviço Social.
A intenção de ruptura:vertente desenvolveu um questionamento sistemático aos aspectos teóricos, metodológicos e ideológicos do Serviço Social tradicional, recorrendo gradativamente à teoria marxista para analisar a sociedade e direcionar a prática profissional.
A perspectiva modernizadora: tentativa de adequar à prática profissional como um mecanismo de intervenção operacionalizado nos moldes da ideologia desenvolvimentista.
QUAIS OS REBATIMENTOS DO MOVIMENTO DE RECONCEITUAÇÃO NA ATUALIDADE PARA NOSSA PROFISSÃO?

ESSE MOVIMENTO JÁ FOI FINALIZADO?


QUAL HERENÇA O MOVIMENTO DE RECONCEITUAÇÃO DEIXOU PARA O SERVIÇO SOCIAL?

COMO SE DÁ A ATUAÇÃO DO ASSISTENTE SOCIAL NA CONTEMPORAIDADE?
III Congresso Brasileiro de Assistentes Social ocorrido em 1979, em São Paulo, conhecido como o “Congresso da Virada”.

Aprovação do Código de Ética Profissional de 1986 .
O modo como a profissão se apresenta hoje é reflexo do período de questionamento teórico-metodológico da categoria profissional com relação às bases conservadoras profissionais iniciada na década de 1960.

A maior herança que o Movimento de Reconceituação nos deixou é a necessidade que o Serviço Social tem de está sempre se renovando em todos os aspectos: teórico, político, ético e interventivo.

Contribui para construção de uma perspectiva crítico-dialética na compreensão da realidade, “bem como na leitura do próprio Serviço Social e das respostas profissionais que lhes são exigidas
.

Constituição do novo Projeto Ético-Político do Serviço Social
Criação da revista “Serviço Social & Sociedade” em 1979.
Ruptura com os processos do conservadorismo, inclusive com relação ao assistencialismo.

Pensar o Serviço Social a partir da particularidade brasileira
.

Crescimento da profissão nos últimos vinte anos, de mercado de trabalho, de oportunidades, de outras atribuições é fruto de um reconhecimento da importância que a profissão tem nessa sociedade
Uma revolução no sentido da definição do novo marco teórico para o Serviço Social fundamentado na crítica da sociedade burguesa .
As modificações na formação profissional expressas no currículo de 1982.
Projeto Ético-Político do Serviço Social não defende somente os interesses da categoria profissional.

Profissão começou a ser pensada e operacionalizada de acordo com as necessidades da classe trabalhadora.
Políticas sociais, entendidas enquanto um direito, e o desenvolvimento de assessorias diretas aos movimentos populares.
Netto (1991) aborda que o Movimento de Reconceituação foi marcado pela heterogeneidade profissional, em que se destacam nesse processo três direções tomadas pela profissão
As competências ético-política, teórico-metodológica e
técnico-operativa.
Full transcript