Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Psicologia Jurídica- TP dependente

Causa, característica, definição, diagnóstico
by

Raíza Carnaúba

on 4 May 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Psicologia Jurídica- TP dependente

- Medo de ser rejeitado ou abandonado. - Dificuldade de compartilhar sua opinião - Acha que deve ser cuidado, até mesmo em pequenas ações, e considera o contrário disso Abandono. TP Dependente 0,5% a 2,5% na população Mundial 1,5 a 2,0 Em Mulheres de 30 a 40 anos TP DEPENDENTE Medo Carência Submissão Incapacidade Percepção As pessoas com o TP Dpendente, tem medo de basicamente tudo: Tomar decisões, de ser abandonados e etc... Acredita que o mundo e a sociedade são Cruéis e que não vão aceita-lo como ele é. Possuem uma carência afetiva exacerbada Acreditam que a mesma atenção que recebiam dos pais, devem receber das pessoas consideradas capazes aos olhos do dependente. Não mostra opinião prória, não toma decisões próprias por medo de ser rejeitado submete-se as vontades dos outros, chega até a fazer coisas que não lhes agrada apenas para agradar a outra pessoa. Se veem como pessoas incapazes de resolver algum tipo de problema emocional, conflitos pessoais e etc..
Não conseguem começar a alguma tarefa por determinação prória, necessitam que outra pessoa o encoraje sempre. São pessoas de Auto-Estima baixa por vários fatores , mas principalmente pela imagem de inferioridade, refletida na sua própria imagem. Não possuem Percepção Critico-Analítica Não percebem que seus ideais de vida não correspondem com uma realidade saudável, não percebem que podem prejudicar alguém por exigir muita atenção da pessoa ou até mesmo se prejudicar pelo resto de sua vida por vários fatores como a submissão e o medo principalmente. Auto-imagem Indivíduos com TPD acreditam que eles estão em um mundo frio e perigoso e são incapazes de lidar por conta própria, se definem como ineptos e abdicam da responsabilidade própria; giram sobre o seu destino para os outros, se recusam a serem ambiciosos e acreditarem que falta habilidades, virtudes e atrativos.

Internalizam as crenças e valores de outros significativos, se imaginam com um ou uma parte de algo mais poderoso, eles não têm iniciativa para sentir a ansiedade ligados à sua própria incapacidade e impotência. No entanto, para estar confortável consigo mesmos e com seu desamparo desordenado, os indivíduos com TPD devem negar os sentimentos que experimentam e as estratégias enganadoras que empregam, para isso eles limitam a sua consciência de si mesmos e dos outros. são ingênuos e acríticos pelo fato de terem sua persepção limitada, possuem tolerância limitada para os sentimentos negativos, percepções ou interação resulta na inépcia interpessoal e logística que já acredita ser verdade sobre si mesmo. A sua estrutura defensiva reforça e realmente resulta na verificação da auto-imagem que já possuem. Características Olhar sobre os outros : Estudos apontam : "O tp dependente é mais frequente em Mulheres que vivem em sociedades tradionalistas" Indonésia 75% 12.7% 10% 6% Possuem tp dependente.
Devido a questões sociais Homens Mulheres com o tp
por fatores Traumáticos Jovens com tp por questões Sociais 45% Não possuem tp dependente 35% Dependentes por questões sociais 13% Adolescentes dependentes ( má educação) 7% Jovens dependentes afetivos em relacionamentos Causas do tp Dependente Apego ao comportamento Parental Não há estudos de genética ou de características biológicas para os pacientes de TPD Apego ao comportamento Matrimonial Nesse tipo de causa para o desenvolvimento do TP, as mulheres são as principais vítimas, por muitas vezes viverem em sociedades tradicionalistas ou até mesmo por Apegar-se a segurança que o matrimonio representa. Fatores que Contribuem Mimos exagerados na educação dos filhos Parar de viver a própria vida para ocupar-se apenas com responsabilidades domésticas. Frustação por falta de afeto em relacionamentos Trabalhar pensando apenas na família, sem destinar nada ao seu próprio uso. Ausência de Afeto Parental Ausência de Amizade na infância Ter Sofrido Bullying Ter passado por cituações extremas Ter sido Vítima de abuso ou qualquer outro crime Diagnóstico - Tem dificuldade em tomar decisões todos os dias sem uma quantidade excessiva de conselhos e reasseguramento de outras pessoas.

- Outras necessidades para assumir a responsabilidade pelas principais áreas de sua vida.

- Tem dificuldade em expressar discordância de outros por causa do medo da perda de apoio ou aprovação. Nota: não incluir temores realistas de retribuição.

- Dificuldade em iniciar projetos ou fazer coisas em seu próprio projeto (devido à falta de autoconfiança em seu julgamento ou capacidades, não por falta de motivação ou energia).

- Vai a extremos para obter carinho e apoio dos outros, a ponto de voluntariar-se para fazer coisas que são desagradáveis.

- Sente desconforto ou desamparo quando sozinho por causa de temores exagerados de ser incapaz de cuidar de si mesmo.

- Busca urgentemente um novo relacionamento como fonte de cuidado e apoio, quando termina uma relação estreita.

- É irrealisticamente preocupado com temores de ser abandonado para cuidar de si mesmo. Definição 1
Características 2
Causas 3
Sinais 4
Diagnóstico 5
Tratamento 6 Transtorno de Personalidade Dependente É um transtorno de personalidade passiva onde o paciente apresenta uma excessiva dependência de outros para tomar decisões, baixa auto-estima, medo patológico de ser abandonado(a), submissão passiva às vontades do outro e dificuldade em expressar as próprias vontades e necessidades O indivíduo aparenta : - Dificuldade de tomar decisões sozinho (a) - Veem outras pessoas como sendo muito mais capazes de arcar com as responsabilidades da vida.

- Consideram outras pessoas são poderosas, competentes e capazes de proporcionar uma sensação de segurança e apoio aos indivíduos com TPD, ao contrário de si mesmos.

- Evitam situações que os obriguem a aceitar a responsabilidade para si; olham para os outros a assumir a liderança e apoio contínuo.

- Esses indivíduos estão fixados no passado. Eles mantêm as impressões da juventude; conservam idéias simples e pontos de vista infantis das pessoas para quem eles permanecem totalmente submissos.

- Indivíduos com grau de TPD forte, em particular, agem de uma forma idealizada, pois eles acreditam que vai dar tudo certo, desde que a figura forte em cima de quem dependem esteja acessível. Estado Unidos (Maior população Mulçumana) (Cristianismo,Judaísmo,Ateísmo...) 30- 35 anos 30-35 anos Mulheres O indíviduo abtua-se com uma cituação de conformo emocional vivida em casa e consegue se desligar Obrigada! Anderson Oliveira,
Diego,
Marianna oliveira,
Érica Almeida,
Raíza Carnaúba,
Tibério,
Ioneide Reiz Auto-Estima Medicamentoso Tratamento Psicoterapia - Estimulação de seu comportamento
e suas principais virtudes. - Busca estimular a pessoa a expressar melhor sua opinião, desejos e necessidades de modo assertivo e estimular o comportamento de pedir ajuda para evitar que ela sofra violência e abusos. - Não existe medicação para combater esse Transtorno de Personalidade - Na maioria dos casos o paciente desinvolve outras complicações como ansiedade, depressão e etc.. sendo assim, o paciente é medicado provinientemente a sua necessidade.
Full transcript