Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Cinema_linguagem audiovisual

No description
by

Vinicius Sergio

on 19 November 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Cinema_linguagem audiovisual

Praxinoscópio
Elementos de linguagem audiovisual
Enquadramentos, planos,
movimentos de câmera,
trilha e efeitos sonoros.
Elementos da Linguagem Audiovisual
O início da linguagem visual
O audiovisual dependeu da evolução de imagens estáticas, desde os primitivos, pela representação de linguagens figurativas.

é a predecessora dos projetores modernos.
Em 1644 o jesuíta alemão Atanasio Kircher, inventou e descreveu o feito em sua obra
“Ars magna lucis et umbrae”.
LANTERNA MÁGICA
As “Sombras Chinesas” também fazem parte da história da 7a. arte.
A projeção de sombras desta manifestação artística esta relacionada a expressão da imagem em movimento na cinematografia .
O CONCEITO DA
CINEMATOGRAFIA

Thomas Edison - 1888
Auguste e Louis Lumière - 1895
Linguagem Audiovisual
Termos para Produção Audiovisual
MORFOLOGIA
SINTAXE
ESTILÍSTICA
DRAMATURGIA
CAMPO
QUADRO
ÂNGULO DE VISÃO
PONTO DE VISTA
E
CÂMERA SUBJETIVA
EIXO
PROFUNDIDADE DE CAMPO
OFF
PLANOS
PLANO GERAL
(PG)
PLANO DE CONJUNTO
PLANO MÉDIO
(PM)
PLANO AMERICANO
(PA)
PRIMEIRÍSSIMO PLANO
(PPP)
PLANO DE DETALHE
(CLOSE-UP)
PLONGÉE ET CONTRA PLONGÉE
MOVIMENTOS DE CÂMERA
PANORÂMICA
(PAN)
POSIÇÃO
DE CÂMERA

CHICOTE
TRAVELLING
ZOOM
PLANO,
CENA E
SEQUÊNCIA
PLANO SEQUÊNCIA
MONTAGEM PARALELA
Princípio de montagem
pré determinada em roteiro. Encaminha a convergência de assuntos distintos, em alternadas sequências.
"Festim diabólico." 1948
RELAÇÕES ENTRE PLANOS
CAMPO
CONTRA CAMPO
PLANO
AUTÔNOMO
As mais importantes
são...
Elipse
Supressão de um intervalo temporal e/ou espacial, que fica subentendido.
Metonímia
Recurso em que o todo é representado pela parte, o grupo pelo indivíduo, a causa pelo efeito, etc.
Variação gradual ascendente (clímax) ou descendente (anticlímax) na intensidade dramática.
Gradação
Ação
Personagem
Conflito Peripécia
Alfred Hitchcock
1899-1980
"Sir. Albert, nobilitado pela Rainha Elizabete,
é de certa forma um resumo da história do cinema e da linguagem audiovisual moderna"

"Em 54 anos de carreira,
a marca de 53 filmes.
Passando do cinema mudo
para o som,
do preto e branco
para o colorido"

"O mestre do terror e do suspense".
"Meticuloso, Hitchcock
não lia os roteiros no set de
filmagem, pois decorava-os
cena por cena, além de ser vanguardistas na
linguagem e metodologia de
produção. Muitos truques
em captações, sintaxes e morfologias audiovisuais foram desenvolvidas por ele".

Georges Meliès - 1897
Marie-Georges-Jean-Méliès (1861—1938) Ilusionista francês de sucesso e um dos precursores do cinema. Usava inventivos efeitos fotográficos para criar mundos fantásticos.
"Pai dos efeitos especiais", fez mais de 500 filmes e construiu o primeiro estúdio cinematográfico da Europa. Também foi o primeiro cineasta a usar desenhos de produção e storyboards para projetar suas cenas.
Em respeito e méritos por sua história, o livro "A invenção de Hugo Cabret", de Brian Selznik e o filme com o mesmo título de Martin Scorsese são inspirados na vida de Méliès.
Full transcript