Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Untitled Prezi

No description
by

Stevan Lopes

on 18 June 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Untitled Prezi


As mitocôndrias são as principais organelas celulares. Presentes nas células eucariontes, elas são responsáveis pela produção de energia no interior da célula. São bastante numerosas, principalmente em células onde a demanda por energia for muito grande (por exemplo, células nervosas e do coração, que tem atividade ininterrupta).
São formadas por duas membranas fosfolipídicas, uma externa semelhante á membrana plasmática, e outra interna, com várias ondulações. Dentro dela existem proteínas, ribossomos e DNA, que farão a respiração celular.

As enzimas catalisam a importante função dessas organelas, no que diz respeito à respiração celular, fornecendo energia metabólica liberada na forma de ATP (Adenosina Trifosfato), despendida em todas as atividades desenvolvidas por uma célula. Portanto, durante o processo de respiração aeróbia ocorrem reações determinantes nas mitocôndrias: o Ciclo de Krebs na matriz mitocôndrial e a Cadeia Respiratória nas cristas mitocondriais.
O ciclo de Krebs, também chamado de ciclo do ácido cítrico, ou ciclo do ácido tricarboxílico, é uma das fases da respiração celular descoberta pelo bioquímico Hans Adolf Krebs, no ano de 1938. Essa fase da respiração ocorre na matriz mitocondrial e é considerada uma rota anfibólica, catabólica e anabólica.
Mitocôndria
Arthur N° 03
Stevan N° 30
Matheus N° 37

O que são ?
Quais são as suas funções?
http://3.bp.blogspot.com/_-tTz10zlYAQ/R726Qn4N5WI/AAAAAAAAAFI/q04hD8lIS0k/s320/Mitocondria2.JPG
http://www.infoescola.com/biologia/mitocondrias-organelas-celulares/
http://www.10emtudo.com.br/_img/upload/aula/_1839_6.gif
http://2.bp.blogspot.com/-1BpWpnPrygw/Tu4A0Dq39wI/AAAAAAAABoc/wbp3CxOjpmc/s1600/obterenergia_20.png
Onde as mitocondrias são encontradas ?
celulas animais
Celulas vegetais
http://www.freewords.com.br/wp-content/gallery/celulas-eucarioticas-fique-sabendo-mais-um-pouco/celulas-eucarioticas-fique-sabendo-mais-um-pouco-celula-vegetal10.jpg
http://www.coladaweb.com/files/celula-vegetal.jpg
O que é ciclo de Krebs ?
No ciclo de Krebs, o ácido pirúvico (C3H4O3) proveniente da glicólise sofre uma descarboxilação oxidativa pela ação da enzima piruvato desidrogenase, existente no interior das mitocôndrias dos seres eucariontes, e reage com a coenzima A (CoA). O resultado dessa reação é a produção de acetilcoenzima A (acetilCoA) e de uma molécula de gás carbônico (CO2). Em seguida, o acetilCoA reage com o oxaloacetato, ou ácido oxalacético, liberando a molécula de coenzima A, que não permanece no ciclo, formando ácido cítrico.

Depois de formar o ácido cítrico, haverá uma sequência de oito reações onde ocorrerá a liberação de duas moléculas de gás carbônico, elétrons e íons H+. Ao final das reações, o ácido oxalacético é restaurado e devolvido à matriz mitocondrial, onde estará pronto para se unir a outra molécula de acetilCoA e recomeçar o ciclo.

Os elétrons e íons H+ que foram liberados nas reações são apreendidos por moléculas de NAD, que se convertem em moléculas de NADH, e também pelo FAD (dinucleotídeo de flavina-adenina), outro aceptor de elétrons.

No ciclo de Krebs, a energia liberada em uma das etapas forma, a partir do GDP (difosfato de guanosina) e de um grupo fosfato inorgânico (Pi), uma molécula de GTP (trifosfato de guanosina) que difere do ATP apenas por conter a guanina como base nitrogenada ao invés da adenina. O GTP é o responsável por fornecer a energia necessária a alguns processos celulares, como a síntese de proteínas.
o que são membranas fosfolipídicas ?
Os fosfolipídios compreendem uma classe especial de lipídios. Os fosfolipídios são os principais componentes das membranas celulares. A membrana plasmática e todas as outras membranas celulares são formadas por uma bicamada lipídica, com proteínas imersas.
A molécula de fosfolipídio é resultante da ligação de um glicerídio a um grupo fosfato. A presença do grupo fosfato faz com que o fosfolipídio tenha a aparência de um palito de fósforo. A cabeça formada pelo fosfato é eletricamente carregada e a haste, formada pelo glicerídio é apolar
Isso proporciona uma característica muito interessante à molécula. Uma de suas extremidades tem afinidade com a água (fosfato) e a outra é hidrofóbica (glicerídio).
http://www.mundovestibular.com.br/content_images/1/Biologia/ciclo_mitocondrias.png
O que é a Matriz ?
Matriz: a matriz contêm uma mistura altamente concentrada de centenas de enzimas, incluindo aquelas necessárias à oxidação do piruvato e ácidos graxos e para o ciclo de Krebs. A matriz contêm também várias cópias do DNA mitocondrial, ribossomos mitocondriais essenciais, RNAt, e várias enzimas requeridas para expressão dos genes mitocondriais.
Membrana Externa o que são ?
devido ao fato de conter uma grande proteína formadora de canais (chamada de porina), a membrana externa é permeável a todas as moléculas de 5.000 daltons ou menos. Outras proteínas existentes nesta membrana incluem as enzimas envolvidas na síntese de lipídeos mitocondriais e enzimas que convertem substratos lipídicos em formas que possam ser subseqüentemente metabolizados na matriz.
Bibliografias
www.hurnp.uel.br

http://www.brasilescola.com/biologia/ciclo-krebs.htm

http://www.suapesquisa.com/pesquisa/mitocondrias.htm

http://www.infoescola.com/biologia/mitocondrias-organelas-celulares/

youtube.com/watch?v=RrS2uROUjK4

youtube.com/watch?v=k2oGAru9bSY

http://www.sobiologia.com.br/conteudos/bioquimica/bioquimica7.php
O que é a cadeia respiratoria ?

Como vimos, foram liberados quatro hidrogênios durante a glicólise, que foram capturados por duas moléculas de NADH2. Na reação de cada ácido pirúvico com a coenzima A formam-se mais duas moléculas de NADH2. No ciclo de Krebs, dos oito hidrogênios liberados, seis se combinam com três moléculas de NAD, formando três moléculas de NADH2, e dois se combinam com um outro aceptor, o FAD, formando uma molécula de FADH2.

Através de sofisticados métodos de rastreamento de substâncias, os bioquímicos demonstraram que os hidrogênios liberados na degradação das moléculas orgânicas e capturados pelos aceptores acabam por se combinar com átomos de oxigênio provenientes do O2 atmosférico. Dessa combinação resultam moléculas de água.

Antes de reagirem como o O2, porém, os hidrogênios, percorrem uma longa e complexa trajetória, na qual se combinam sucessivamente com diversas substâncias aceptoras intermediárias. Ao final dessa trajetória, os hidrogênios se encontram seus parceiros definitivos, os átomos de oxigênio do O2. Esse conjunto de substâncias transportadoras de hidrogênio constitui a cadeia respiratória.
http://www.acervosaude.com.br/images/004.png
Full transcript