Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Memoria

No description
by

Solange Cardoso

on 5 May 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Memoria

Memória
Armazenamento ou Retenção:
É o processo mediante o qual mantemos na memória a informação que foi adquirida. A simples repetição da informação não é a forma mais eficaz de reter ou armazenar a informação. A melhor forma de o fazer consiste em analisar o significado da nova informação relacionando-a com a informação já existente na memória. A retenção ou armazenamento implica manter durante determinado tempo na memória a informação codificada e adquirida. Somente a informação muito bem repetida e a informação registada de forma bem elaborada pode ser transferida para os armazéns da memória. São também importantes o caráter relevante da informação e o facto de ser nova e em pouca quantidade de cada vez.
Reactualização ou Recuperação
Tipos de esquecimento
Definição:
A memória é o processo dinâmico que consiste na codificação, armazenamento e recuperação de conteúdos mnésicos ou de informação. Adquirimos e armazenamos informação para a utilizarmos nas mais diversas situações da vida.

(....)
Memoria a curto prazo
Esquecimento
Os dados mnésicos perdem-se pelo tempo, e este desaparecimento vai permitir adquirir conteúdos novos.
Quatro momentos essenciais da memória.
Aquisição ou Codificação:
Memoria Sensorial
A memória sensorial é um tipo de memória que tem origem nos órgãos sensitivos. Por isso podemos falar de memoria sensorial auditiva, visual e olfactiva.

As informações obtidas pelos sentidos são armazenadas por um curtíssimo espaço de tempo (0,1 a 2 segundos). Se a informação armazenada não for processada perde-se, mas se for bem processada e alvo de atençao passa para outro "dispositivo" - memoria a curto prazo.
Recuperação da informação (adquirida e armazenada) de acordo com o modo como a codificámos e armazenámos. Ao reactualizar, reconstruímos os dados mnésicos, pelo que se trata de um "playback".
A reactualização implica a recuperação dos conteúdos mnésicos de acordo com o modo como foram adquiridos e armazenados. Consiste, portanto, em fazer regressar à consciência o que fora memorizado.
Muita informação (ano de nascimento, nomes de familiares e amigos etc.) são muito facilmente recuperáveis. Contudo, muitas vezes, a reactualização é difícil, basta pensar quando temos de recordar grandes quantidades de informação, ou a que tivemos pouco atentos. Sendo um processo de descodificação, a recuperação depende em parte do modo como codificámos a informação recebida e de possuirmos as pistas adequadas para a representar.

É a primeira fase do processo de informação de novas memórias, umas vezes automaticamente e outras mediante repetição ou elaboração na memória.

Toda a aquisição de informação implica a codificação dos dados informáticos, isto é, a sua transformação de modo a poder ser armazenada na memória. Se por vezes essa codificação não implica qualquer esforço – parece automática - outras vezes temos de dar à informação uma forma que permite memorizá-la e recordá-la.
Exemplo: Assim se na escola conheço um colega chamado Mário, posso associá-lo ao nome de alguém muito conhecido, Mário Soares, o que garante maior facilidade em relembrar o nome do colega.

Como por exemplo a última passagem de ano que celebramos. Ao relembrarmos essa última passagem de ano, lembraste das pessoas com quem a celebraste, o que comeste, etc.
Por vezes alguém fala-nos de um filme que muito lhe agrada e, apesar de não ser verdade, negamos que alguma vez o tenhamos visto. Não vamos lá pelo título, nem pelos protagonistas, nem por várias sequências até que a descrição de uma cena tudo ilumina. Era essa a pista para encontrar o local da memória onde a recordação do filme estava armazenada.


Esquecimento
Os dados sensoriais adquiridos serão codificados. No exemplo a palavra "rainha" pode ser codificada de diferentes maneiras que funcionarão como indicios para posterior recuperação.
A memoria a curto prazo é um tipo de memoria que armazena a informação recebia pela memoria sensorial. As informações são retidas durante cerca de 30-60 segundos. De acordo com as investigações levadas a cabo sobre a memoria, podemos conservar nesta cerca de 7 elementos. Esta capacidade pode ser aumentada se os itens forem associados em grupos. Assim, é dificil reter a curto prazo o numero de telemovel :
0012122306083
. Contudo é possivel retê-lo se for lido por agrupamentos.

(...)
O tempo de retenção aumentará se repetirmos mentalmente a informação. Este tipo de memoria é também designada por memoria de trabalho, operacional ou ativa. Os dados da memoria a curto prazo, se forem processados, passam para a memoria de longo prazo. Para que a informação fique armazenada nesta memoria é preciso que seja repetida e codificada.
Memoria a longo prazo
A memoria a longo prazo é um tipo de memória alimentada pelos elementos da memória a curto prazo que são codificadas em simbolos. A informação enviada da memória a curto prazo é transportada à medida que vai sendo integrada. Memória a longo prazo retém a informação durante meses ou durante toda a vida. São
exemplos desse tipo de memória as nossas lembranças da infáncia ou de
conhecimentos que adquirimos na escola.

Sintése dos 3 tipos de memória
(...)
(...)
Esquecimento, bom ou mau?!
Normalmente, associa-se o esquecimento a uma falha mental, mas sem o esquecimento, ser-nos-ia impossível continuar a memorizar informação. Portanto, neste caso, o esquecimento serve como que um filtro daquilo que ainda nos é importante. A este processo designa-se por função seletiva e adaptativa. A própria memória também tem um carater adaptativo pois ela não memoriza tudo a que estamos expostos no dia-a-dia (a informação é transformada). Habitualmente falamos de esquecimento ligado apenas à memória de longo prazo pois, a memória a curto prazo apaga-se para dar lugar a novas informações ou então passa à memória de longo prazo.
O esquecimento tem duas funçoes:
Selectiva:
a memoria afasta a informação que não é util nem necessaria;
Adaptativa:
a informação é transformada, sendo por isso que esta não reproduz os dados tal como foram armazenados.


Mas o esquecimento pode ser também mau quando é um esquecimento regressivo ou seja quando surgem dificuldades em reter nova informação e em recordar conhecimento, nomes ou factos aprendidos recentemente.
Este tipo de esquecimento pode ser devido à degenerescência dos tecidos cerebrais e ataca sobretudo pessoas de certa idade. Existe três tipos de esquecimento: por interferência de aprendizagem (como que uma reciclagem de informação), regressivo, e motivado utilizado quando se quer esquecer algo negativo na nossa vida.

Esquecimento por Inteferência
O esquecimento pode ser explicado também através dos processos de interferência: as novas memórias interferem com a recuperação das memórias mais antigas. A informação que não conseguimos recordar sofre modificações, geralmente por efeito de transferências de aprendizagens e experiências posteriores.

Esquecimento Repressivo
Ocorre quando surgem dificuldades em reter novas informações e em recordar conhecimentos, factos, nomes aprendidos recentemente (não se consegue decorar nem lembrar); deve-se à degenerescência dos tecidos cerebrais.
Esquecemos o que, inconscientemente nos convém - os conteúdos traumatizantes, as recordações angustiantes, dor... são esquecidos para evitar a angústia e a ansiedade, assegurando assim, o equilíbrio psicológico – recalcamento.

Constitui um mecanismo de defesa através do qual pensamentos, sentimentos e recordações dolorosas são afastados da consciência com o objectivo de reduzir a tensão. Os conteúdos “esquecidos”, não podem ser recuperados através de um acto de vontade.
Esquecimento Motivado
Solange Cardoso 12*D
Ana Peixoto 12*D
Animais invertebrados pertencentes ao Filo Artropoda. Atualmente são conhecidas cerca de 30 mil espécies
Constituem um género de ungulados artiodáctilos
Não andam ou correm como maioria dos outros animais de quatro pernas.
Nome genérico dos primatas antropóides.
Mamífero ruminante bovídeo da sub-família Caprinae
Animais vertebrados que pertencem ao grupo dos répteis
1- Não andam ou correm como maioria dos outros animais de quatro pernas.
2- Nome genérico dos primatas antropóides.
3- Nome genérico dos primatas antropóides.
4- Mamífero ruminante bovídeo da sub-família Caprinae
5- Mamífero ruminante bovídeo da sub-família Caprinae
6- São animais invertebrados pertencentes ao Filo Artropoda. Atualmente são conhecidas cerca de 30 mil espécies
Memoria Sensorial
A memória sensorial é um tipo de memória que tem origem nos órgãos dos sentidos . Por isso, podemos falar de memória sensorial auditiva, visual, olfactiva, etc. As informações obtidas pelos sentidos são retidas por um curto espaço de tempo - entre 0,2 e 2 segundos. Se a informação não for processada perde-se, se for processada passa para a memória a curto prazo.


Tipos de memória
Selecciona, a alternativa que melhor explica:
1- Operação da memória que prepara as informações sensoriais.
2- Modificações nas redes neuronais, permitindo que se recorde.
3- Processo de recordação e evocação das informações.
A- 1. codificação. 2.armazenamento. 3.recuperação
B- 1. armazenamento. 2 .codificação. 3.recuperação
C- 1. recuperação. 2.armazenamento. 3.codificação
D- 1. armazenamento. 2.recuperação. 3.codificação
1- Recebe as informaçõesıjá codificadas pelos mecanismos de reconhecimento de padrões da Memoria Sensorial-Motora.
2- Corresponde ao armazenamento de informações de todo tipo que chegam até os nossos sentidos.
3- Possui capacidade ilimitada de armazenamento.
A- 1. Sensorial. 2. Logno Prazo. 3. Curto Prazo.
B- 1. Longo Prazo. 2. Sensorial. 3. Curto Prazo.
C- 1. Sensorial. 2. Curto Prazo 3. Longo Prazo.
D- 1. Curto Prazo. 2. Sensorial. 3. Longo Prazo.
1- Não conseguimos recordar sofrendo modificações.
2- Esquecemos o que, inconscientemente, nos convém
3- Dificuldades em reter novos conhecimentos ou momentos.

A- 1. Motivado. 2- Interferência. 3- Regressivo
B- 1. Interferência. 2. Regressivo. 3. Motivado. ´
C- 1. Interferência. 2. Motivado. 3. Regressivo
D- 1. Regressivo. 2.Interferência. 3. Motivado

(...)
(...)
Full transcript