Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O Diplomatico

No description
by

Helena Mota

on 20 April 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O Diplomatico

Gênero: Conto
Discurso
É direto com uso de diálogos por meio de travessões:
Linguagem
Clara e simples, com preocupação em datar e localizar o espaço em que as ações ocorrem, narrativa curta, ágil, descritiva e versátil que ajuda a prender o leitor do inicio ao fim.
Marcas do autor na obra
Pertence à segunda fase da obra machadiana, o realismo. Possui constantes doses de ironia que oscila entre humor e pessimismo. O autor ressalta estudos do caráter humano, sendo uma história de inquirição psicológica, fazendo analise das fraquezas humanas. Se debruça na realidade social da epoca. Os finais dos contos raramente são previsiveis.
Caracteristicas da escola literaria presentes na obra
Segue a tendência filosófica do positivismo, ao observar e analisar a realidade e ao reproduzi-la fielmente. Não expressa subjetividade na linguagem, deixando o leitor julgar o personagem. Possui uma linguagem simples com o intuito de abranger um publico maior. Mostra a realidade da época, desmitifica a burguesia, contrapondo o romantismo que transformava os persogens principais em "heróis perfeitos"
Narrador
É em terceira pessoa, é subjetivo e onisciente, faz análise psicológica dos personagens.
A preocupação central é os personagens os fatos e reações ficam em segundo plano. São relatados à medida que despertam a consciência ou a memoria do narrador, não segue ordem cronológica mas sim obedece um ordenamento interior.

O Diplomatico
Machado de Assis - Várias Histórias
"— Maravilha, minha senhora.
— O pior é não estar cá o Calisto! suspirou o escrivão.
— Ele disse mesmo que vinha?
— Disse; ainda ontem foi ao cartório, de propósito, avisar-me de que viria tarde, mas que contasse com ele: tinha de ir a uma brincadeira na rua da Carioca...
— Licença para dous! bradou uma voz no corredor.
— Ora graças! está aí o homem! "
exemplo:
Exemplos:
"Estamos na noite de São João de 1854, e a casa é na rua das Mangueiras. Chama-se João o dono da casa [...]"
"Rangel declarou que não podia mais jogar, estava com dor de cabeça; mas Joaninha veio a ele e pediu-lhe que jogasse com ela. [...]"
"Parou defronte: salta o lacaio, abre a portinhola, tira o chapéu e perfila-se. Sai de dentro uma calva, uma cabeça, um homem, duas comendas, depois uma senhora ricamente vestida; entram no saguão, e sobem a escadaria, forrada de tapete e ornada embaixo com dois grandes vasos."
"D. Felismina sorriu amarelo. Era uma boa quarentona, sem prendas nem rendas, que vivia espiando um marido por baixo das pálpebras devotas. Em verdade, o gracejo era duro, mas natural. D. Felismina era o modelo acabado daquelas criaturas indulgentes e mansas, que parecem ter nascido para divertir os outros. Pegou e lançou os dados com um ar de complacência incrédula. "
Exemplo:
Exemplo:
" [...] o nosso namorado, em quem ninguém pressentira nunca a paixão encoberta, serviu de testemunha ao Queirós, quando este se casou com Joaninha, seis meses depois. Nem os acontecimentos, nem os anos lhe mudaram a índole. Quando rompeu a guerra do Paraguai, teve idéia muitas vezes de alistar-se como oficial de voluntários; não o fez nunca; mas é certo que ganhou algumas batalhas e acabou brigadeiro."
Exemplo:
Era solteiro, por obra das circunstâncias, não de vocação. Em rapaz teve alguns namoricos de esquina,
mas com o tempo apareceu-he a comichão das grandezas, e foi isto que lhe prolongou o celibato até os
quarenta e um anos, em que o vemos.
Rangel
: Homem ambicioso, mas de pouca ação. Passou a vida à espera de um bom casamento que lhe trouxesse status e fortuna, por esse motivo frequentava os lugares mais distintos da alta sociedade. Com tantas exigências em encontrar a mulher perfeita, acabou solteirão. Frequentava constantemente a casa do seu amigo João Viegas, pai de Joaninha, a qual conhecia desde pequena e por quem acaba se apaixonando. Rangel era conhecido como o diplomático, pelo seu jeito elegante e fino de se portar em todas as ocasiões.
Representação
: Um homem na faixa de quarenta anos que deseja status social, e que por almejar a mulher perfeita acaba por ser solteiro.

Personagens e suas representações
Joaninha:
Filha de joao viegas, moça de dezenove anos, bonita, acanhada e virgens de toda a conversação masculina. Chama atenção de rangel e se torna objeto de amor do personagem principal, que por falta de atitude acaba por perder ela para QueirÓs.
Representação
: Uma jovem bonita de familia abastada, inocente e timida.
Queiros
: Era um bonito rapaz nafaixa de vinte e sete anos, cabelo negro, olhos negros e singularmente esbelto , empregado na Santa Casa, faz amizades facilmente e acaba por conquistar o coração de Joaninha, desposando ela seis meses após se conhecerem
Representação
: um homem bonito e simpatico que faz amizades com facilidade.
João Viegas
: Pai de joaninha, dono da casa onde ocorre o jogo de prendas, onde acontece maior parte do conto, é escrivão de uma vara cível da Corte.
Representaçao
: Chefe de uma familia tradicional abastada.
Itertextualização
O próprio conto faz menção a outra obra literária, Otelo de Shakespeare.
"O pobre-diabo, feito de devaneio, indolência e afetação, era, em substância, tão desgraçado como Otelo, e teve um desfecho mais cruel. Otelo mata Desdêmona; o nosso namorado, em quem ninguém pressentira nunca a paixão encoberta, serviu de testemunha ao Queirós, quando este se casou com Joaninha, seis meses depois."

Otelo o Mouro de Veneza:
Conta a historia de Iago, que com inveja e ciúmes de Otelo, arma para que a relação de Otelo e Desdemona seja arruinada. Iago implanta na cabeça de Otelo a ideia de que sua amada Desdemona o estava traindo, e por causa de um lenço Otelo perde a cabeça mata Desdemona, mas depois de descobrir a armação ele acaba por enfiar um punhal em sua própria garganta.
Desmoronamento da economia baseada na cana-de-açúcar, acelerado pela extinção do tráfico de escravos. Com a decadência do sistema açucareiro, a economia volta-se para o Sul e Sudeste, onde imigrantes europeus eram empregados nas lavouras de café. As condições de trabalho nas lavouras cafeeiras eram péssimas , tendo início do processo de modernização da sociedade brasileira, com a dinamização da vida social e cultural, principalmente no Rio de Janeiro, sede do governo . Há um clima propício à absorção, pelas artes, das novas ideias vindas da Europa e lá já consolidadas, como o liberalismo, o socialismo e as teorias cientificistas.
Considerações sobre o Brasil no periodo
Barão de Mauá
1854
– Introduziu a primeira estrada ferroviária, que ia da Raiz da Serra à cidade de Petrópolis, no Rio de Janeiro.
1854
– Contribuiu com a fase inicial da União e Indústria, a primeira estrada ladrilhada do país, que compreendia o trecho de Petrópolis a Juiz de Fora.

Em 1854,
Dom Pedro II
, influenciado pelo ministro do Império Couto Ferraz, admirado com o trabalho do jovem cego José Álvares de Azevedo que educou com sucesso a filha do médico da família imperial, Dr. Sigaud,
criou o Imperial Instituto dos Meninos Cegos
.

A Guerra do Paraguai
foi o maior conflito armado internacional ocorrido na América do Sul no século 19. Rivalidades platinas e a formação de Estados nacionais deflagraram o confronto.A Guerra do Paraguai durou seis anos. Teve seu início em dezembro de 1864 e só chegou ao fim no ano de 1870, com a morte de Francisco Solano Lopes em Cerro Cora.
Fatos Históricos:
A Batalha do Riachuelo, um dos mais sangrentos episódios da Guerra do Paraguai.- óleo de Vítor Meireles

Guerra da Crimeia
Foi um conflito que se desdobrou de 1853 a 1856, na península da Crimeia (no mar Negro, ao sul da atual Ucrânia), no sul da Rússia e nos Bálcãs. Envolveu de um lado a Rússia e, de outro, uma coligação integrada pelo Reino Unido, França, Piemonte-Sardenha (na atual Itália) - formando a Aliança Anglo-Franco-Sarda - e o Império Turco-Otomano (atual Turquia). Esta coligação foi formada com o objetivo de conter a expansão russa.
Revolução de 1854 ou Vicalvarada

Foi um levante civil e militar que começou com o confronto entre tropas rebeldes do general Leopoldo O'Donnell e tropas do governo perto da cidade de Madrid Vicálvaro - era um governante militar seguido por uma revolta popular, que ocorreu entre os dias 28 de junho e 28 de julho de 1854, durante o reinado de Isabel II . Ele colocou um fim na década moderada ( 1844 - 1854 ) e deu lugar ao biênio progressiva ( 1854 - 1856 ).

Contexto Histórico
Caracteristicas e criticas da sociedade na época
Trata-se da história de Rangel, que se fecha em um mundo próprio, sem estabelecer vínculos entre seus sonhos gigantescos e ações minúsculas, quase nulas. Tanto que alcança a meia idade sem ter casado, pois sempre procurava uma mulher de posição. Isso retrata um grande problema social da época, onde as pessoas casavam por interesse, onde muitas vezes o casamento era arranjado e os noivos nem se conheciam, mostrando uma grande preocupação com o prestigio social.
"Cobiçava alguma noiva superior a ele e à roda em que vivia, e gastou o tempo em esperá-la. Chegou a frequentar os bailes de um advogado célebre e rico, para quem copiava papéis, e que o protegia muito. Tinha nos bailes a mesma posição subalterna do escritório; [...] Também era certo no saguão do paço imperial, em dia de cortejo, para ver entrar as grandes damas e as pessoas da corte, ministros, generais, diplomatas, desembargadores, e conhecia tudo e todos, pessoas e carruagens. "
Exemplo:
FONTES:
www.machadodeassis.net/hiperTx_romances/obras/variashistorias.htm
http://www.passeiweb.com/estudos/livros/varias_historias
http://interna.coceducacao.com.br/AnaliseObrasLiterarias/downloads/Variashistorias.pdf
http://www.apoioescolar24horas.com.br/fichas/files/Varias_Historias.pdf
http://www.vestibular1.com.br/resumos_livros/varias_historias.htm
http://www.recantodasletras.com.br/ensaios/1033505
http://www.robertoavila.com.br/arquivos/resumo_variashistorias.htm#odiplomatico
http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/bv000256.pdf
http://www.sohistoria.com.br/ef2/guerraparaguai/
http//www.robertoavila.com.br
http://www.infoescola.com/historia/barao-de-maua/
http://cmoreira2.jusbrasil.com.br/artigos/111821610/marcos-historicos-e-legais-da-educacao-especial-no-brasil
http://www.sohistoria.com.br/ef2/guerraparaguai/
http://www.sohistoria.com.br/ef2/crimeia/
http://vicalvaro.jimdo.com/historia/la-vicalvarada/
Livro várias histórias, onde se encontra o conto " O Diplomatico"
Full transcript