Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

VACINAS RECOMBINANTES

No description
by

brenda ozima

on 10 December 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of VACINAS RECOMBINANTES

VACINAS RECOMBINANTES
UMA VISÃO GERAL SOBRE O ASSUNTO
Vacinas recombinantes de subunidade
-A vacina recombinante de subunidade.
-A recombinação.
-Efeito comparativo.
-Relevância atual.

Imunidade;
Antes das vacinas;
Prevenção;
Imunidade coletiva.
Hepatite B e HPV
VACINAS RECOMBINANTES
Engenharia genética
É a modificação de seres vivos pela manipulação direta do DNA, através da inserção ou deleção de fragmentos específicos.
História da engenharia genética
Classificações das vacinas
1. Vacinas de antígeno atenuado
-Ex: sarampo, caxumba e catapora.
2. Vacinas de antígeno morto/inativo
- Ex:poliomelite tipo SALK e raiva;
3. Vacinas de toxinas (toxóides)
- Ex: Tétano e difteria;
4. Vacinas de subunidade
- Ex: contra o meningococo (meningite) e Hepatite B;
5. Vacinas de DNA
- Ex: testes para gripes e herpes.
Introdução sobre vacinas em geral
Edward Jenner;
Primeiro experimento: Em 14 de maio de 1796;
Em 1804,chegou a vacina no Brasil;
Obstáculos – culturas e religiões;
OMC: 1980 erradicada no mundo
VACINAS
Desenvolvimento de vacinas

• Investimento em pesquisa e tecnologia;
• Alto risco: maioria dos protótipos falha na fase pré-clinica;
• Ensaio clínico:
1. Fase de segurança
(efeitos colaterais, farmacológicos e excreção);
2. Fase de dosagem e atuação
(imunogenicidade);
3. Fase de eficácia e controle.
• Mínimo de pessoas: 50, 400 e 1000;
• Tempo: 15 a 30 anos;
• Pode custar até 300 milhões de dólares.
Tipos e curiosidades
Proteicas
DNA
- a tecnologia do DNA a partir dos anos 70 trouxe as primeiras iniciativas na direção do desenvolvimento de vacinas recombinantes;
- a vacina recombinate contra hepatite B foi a primeira vacina recombinante aprovada para uso humano no mundo. Licenciada nos Estados Unidos em 1987.
Hepatite B
Características básicas da doença
2) Características do vírus HBV
3) 1ª vacina contra o HBV
4) Vacina Recombinante (Atual)
5) Forma de produção da vacina recombinante

HPV
1) Tipo de vírus causador da infecção
2) Características da doença, forma de contágio e sintomatologia
3) Vacina – Produção

Vacinas de DNA

As principais vacinas que estão em desenvolvimento são:
• Meningites B-C (conjugadas) combinação dos antígenos de meningites B com C;
• Vacina de Pneumococo com antígenos clonados e polissacarídeos conjugados;
• Uso de microesfereas e lipossomos como adjuvantes;
• Novos adjuvantes obtidos de paredes bacterianas;
• Sm14 recombinante - proteína candidata vacinal contra esquistossomose;
• Imunizante RTS,S.
Desenvolvimento de novas vacinas

• A proteína utilizada é a Sm14, obtida do Schistosoma mansoni.
• Pode ser produzida em E. coli ou em leveduras.
• Eficaz também para a fasciolose.
• Base para o desenvolvimento de imunizantes para outras doenças humanas causadas por helmintos.
Vacina contra esquistossomose

“A fabricante britânica GlaxoSmithKline (GSK) está buscando a aprovação para a vacina contra a malária, depois de testes mostrarem que ela diminuiu o número de casos de crianças africanas infectadas. Especialistas dizem que estão otimistas sobre a possibilidade de ter a primeira vacina do mundo contra a doença em 2015.” (08/10/2013)
Vacina contra malária
Brenda Ozima
Clara Raposo
Daniela Amaral
Davi Dias
Débora Ribeiro
Gabriel Gonzáles

Biologia molecular - Profª Carmen
Universidade Federal do estado do Rio de Janeiro - UNIRIO
Escola de Medicina e Cirurgia

1930 1944 1953 1961 1972 1978
Bibliografia
Zhao, Q. et al (2013). Virus-like particle-based human vaccines: quality assessmeent based on structural and functional properties. Trends in Biotechnology, Novembro de 2013, Vol. 31, Nº 11.
http://portalsaude.saude.gov.br/portalsaude/noticia/13360/162/ministerio-da-saude-amplia-faixa-etaria-da-vacina-contra-hpv.html
http://drauziovarella.com.br/mulher-2/hpv-papilomavirus-humano-4/
http://www.fiocruz.br/ioc/media/101027_Biosseguranca%20de%20OGM_V1.pdf
http://www.vacinas.org.br/novo/vacinas_contra_v_rus/hepatite_b.htm


Bibliografia
http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/premio2008/silvia_bazan.pdf
http://oglobo.globo.com/saude/vacina-contra-malaria-pode-estar-disponivel-em-2015-10292520
http://www.fiocruz.br/ioc/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=1492&sid=32
http://www.butantan.gov.br/home/vacinas.php
http://www.ccms.saude.gov.br/revolta/pdf/M7.pdf
https://www.ufmg.br/online/arquivos/015096.shtml
http://www.ccms.saude.gov.br/revolta/pdf/M8.pdf
http://www.niaid.nih.gov/topics/vaccines/understanding/Pages/vaccineBenefits.aspx
http://www.niaid.nih.gov/topics/vaccines/understanding/pages/typesvaccines.aspx
http://www.fiocruz.br/ioc/media/101027_Biosseguranca%20de%20OGM_V1.pdf
Obrigada pela atenção !
Grupo 10
Full transcript