Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

#HUNT - História do Pensamento Econômico - Cap 1-8, 10

No description
by

Simone de Ávila

on 14 January 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of #HUNT - História do Pensamento Econômico - Cap 1-8, 10

História do Pensamento Econômico
E.K. Hunt - Capítulos 1 à 8 e 10

Capitalismo
#capitalismo #mercantilismo #produçãodemercadorias #mercadores

"do ponto de vista dos mercadores, eram as trocas e não a produção, que geravam seus lucros" (pg 21)

#valorelucro #bensmanufaturados #expansãodocomércio
Filosofia do individualismo
#individualismo #LeidosPobres #patentesdemonopólio #transiçãoeconômica
Adam Smith #escocês #filósofo #economista #paidaeconomiamoderna
Adam Smith ilustrou bem seu pensamento ao afirmar "não é da benevolência do padeiro, do açougueiro ou do cervejeiro que eu espero que saia o meu jantar, mas sim do empenho deles em promover seu "auto-interesse".

Os estágios do Desenvolvimento Econômico
#caça
#pastoreio
#agricultura
#comércio

Teoria do Valor
#base nos custos da produção
#preço de mercado
#preço natural
Teoria do bem estar econômico
O bem estar humano dependia da quantidade do ‘produto do trabalho’ anual e do ‘número dos que deveriam consumi-lo’.

O bem-estar poderia ser aumentado à medida que a composição do produto a ser consumido correspondesse mais às necessidades e aos desejos dos que comprassem e usassem o produto.
MÃO INVISIVEL
“Descrevendo o fluxo de capital para a industria interna num ‘sistema de liberdade natural’, Smith formulou a proposição mais famosa de sua tese, segundo a qual em um mercado livre os atos egoístas dos indivíduos são dirigidos, como que por ‘uma mão invisivel’, para a maximização do bem-estar econômico.” (pg56)
Conflito de classes e harmonia social
#capitalismo laissez-faire ou, conforme Smith o chamava, ‘o sistema óbvio e simples de liberdade natural’
Teoria valor-utilidade
THOMAS ROBERT MALTHUS
DAVID RICARDO
#Conflitos #TeoriadoValorTrabalho #distribuiçãoderenda #impossibilidadedasuperprodução #maquinaria=desempregoinvoluntário
Subjetivismo racionalista: a economia de Bentham, Say e Senior
#Teoria da Utilidade
“Say afirmava que o preço ou o valor de troca de qualquer mercadoria dependia inteiramente de seu valor de uso ou utilidade.” (pg128)

#cinco elementos do comportamento humano e da autopercepção dentro do capitalismo

#as 4 proposições de Senior
A Economia Politica do Pobre
#WilliamThompson #ThomasHodgskin #ResistênciaIndustrialização #Utilitarismo #DefesadoSocialismoIgualitáriodeMercado #Criticas #OrigemdoLucro #TeoriadoValor
Utilitarismo Puro x Utilitarismo Eclético
#Bastiat #Mill #UtilidadeeTroca #HarmoniaSocial #PapeldoGoverno #TeoriadoValordeMill #propriedadeprivada #preçosinternacionais #Socialismo #Reformadocapitalismo
O Triunfo do Utilitarismo
A Teoria da Utilidade Marginal e da Troca, de Jevons
#WilliamStanleyJevons
A Teoria da Utilidade Marginal, dos Preços e da Distribuição da Renda
#Menger
#ArgumentossobreMetodologia
A Teoria do Equilibrio Econômico Geral
#Walras
#EstabilidadeeEquilibrioGeral
#DefesaIdeológicadoCapitalismo

A Perspectiva Intelectual do do individuo como maximizador racional e calculista, que compra com determinada margem e vende com outra margem, em busca de constante maximização, é, porém, uma boa descrição de um grupo pertencente à economia capitalista: os donos de uma grande carteira de investimentos, que não trabalham.” (pg270)
UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA
CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E SÓCIOECONÔMICAS MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO – PROFISSIONAL
Linha de Pesquisa: GESTÃO E INOVAÇÃO EM ORGANIZAÇÕES
Disciplina: Pensamento Administrativo: história e fundamentos
Professor: Mário César Barreto Moraes


Elaborado por Simone de Ávila
#as três funções do governo
“A ‘mão invisível’ solucionava automaticamente os conflitos superficiais ou aparentes da melhor maneira, para a felicidade humana." (pg58)
Revolução Industrial
#energiaavapor #asclassessociais

#Revolução Industrial #conflitosdeclasses #revoluçãoFrancesa
“Não pode haver duvida de que o capitalismo industrial foi construído
com base no sofrimento vil da classe operaria.” (pg64)

“Malthus era defensor declarado dos ricos, e sua teoria da população
serviu de arcabouço para defendê-los.” (pg67)

“Ricardo começou seus Principios afirmando que, embora todas as mercadorias que tinham valor tivessem de ter utilidade – caso contrario não poderiam ser colocadas no mercado – a utilidade não estabelecia o valor.” (pg93)
‘A natureza colocou a humanidade sob o domínio de dois mestres soberanos, a dor e o prazer. Só eles podem mostrar o que devemos fazer, bem como determinar o que faremos... Eles nos governam em tudo o que fazemos, em tudo o que dizemos e em tudo o que pensamos... O principio da utilidade reconhece essa sujeição e a aceita como fundamento (de sua teoria social).’
“As relações sociais entre as pessoas, nessa nova forma de capitalismo, começaram a assumir duas formas bastante distintas. Na empresa gigantesca, as relações sociais assumiram uma forma hierárquica e burocrática.” (pg237)
“O objetivo dos capitalistas permanecia, obviamente, inalterado: a maximização do lucro e a acumulação de mais capital.” (pg237)
“Em relação ao resto da economia capitalista, porém, a corporação não estava em posição diferente da que estivera o capitalista menor e individual das décadas anteriores.” (pg237)
Full transcript