Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Percepção, Memória e imaginação

No description
by

on 12 December 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Percepção, Memória e imaginação

Percepção, Memória e imaginação
Sensação e percepção
O conhecimento sensível também é chamado de conhecimento empírico ou experiencia sensível, e suas formas principias são a sensação e a percepção.
Sensação
A sensação é o que nos dá as qualidades exteriores e interiores, isto é, as qualidades dos objetos e os efeitos internos dessas qualidades sobre nós.
A imagem
A imagem possui dois sentidos: o criador e o reprodutor. No primeiro caso, ela faz aparecer o que não existe. No segundo, ela é incapaz de reproduzir o existente.
Os empiristas falam das imagens como reflexos mentais das percepções. Os intelectualistas também consideravam a imaginação uma forma de pecerpção.

Para um empirista a causa do conhecimento sensível é a coisa externa, de modo que a sensação e a percepção são efeitos passativos de uma atividade dos corpos exteriores cobre o nosso.
Empirismo
Para os intectualistas, a sensação e a pecerpção dependem do sujeito do conhecimento, e a coisa exterior.
Intelectualismo
Percepção
É o conhecimento sensorial de formas.
É uma vivência corporal.
É sempre uma experiência dotada de significação.
A memória
A memória é uma evocação do passado. É a capacidade humana de reter e guardar o tempo que se foi.
Proust
Para Proust, como para alguns filósofos, a memória é a garantia de nossa própria identidade.
Proust
Empiristas e intelectualistas, apesar de suas diferenças, concordavam num aspecto, julgavam que a sensação era uma relação de causa e efeito entre pontos das coisas e pontos do nosso corpo.
A memória em nossa sociedade
Em nossa sociedade, a memória é valorizada e desvalorizada.É valorizada com a multiplicação dos meios de registro e gravação dos fatos, acontecimentos e pessoas.
Tendo seus exemplos como computadores, filmes, vídeos, livros etc...
E das instituições que os preservam (bibliotecas, museus, arquivos e etc...)
É desvalorizada pela publicidade e a propaganda, nos fazendo preferir o novo, o moderno, a ultima moda.

O que é a memória
A memória é uma atualização do passado e também registro do presente que permanece como lembrança. Alguns estudiosos julgaram que a memória seria um fato biológico. Para esses estudiosos, a memória se reduz à gravação automática.
Questionamento
Em primeiro lugar, se a memória fosse mero registro cerebral de fatos e coisas passadas, não se poderia explicar o fenômeno da lembrança.
Em segundo lugar, também não se poderia explicar o esquecimento.
A fenomenologia e a imaginação
A fenomenologia fala na consciência cognitiva como uma forma de consciência que parte da diferença da imaginação com respeito à percepção e à memória.
Full transcript