Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Determinação de Preço e Quantidade de Equilibrio

No description
by

Fábio Rodrigues

on 27 November 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Determinação de Preço e Quantidade de Equilibrio

Apresentamos frequentemente o Equilíbrio de Mercado através de um gráfico que combina a Curva da Oferta com a Curva da Procura;
É possivel a combinação dos dois gráficos, porque foram desenhados com as mesmas unidades em cada eixo.

Verifica-se com o preço e quantidade a que as forças da Oferta e da Procura se igualam;
No Preço de Equilíbrio (PE), a quantidade que os consumidores desejam comprar é exactamente igual à quantidade que os vendedores querem vender;
A razão porque lhe chamamos "equilibrio" é porque, quando as forças da Oferta e da Procura estão equiparadas, não há razão para o preço aumentar ou diminuir, desde que o resto se mantenha constante.
I. Equilíbrio de Mercado
Introdução
I. Equilíbrio de Mercado
II. Equilíbrio com Aplicações das Curvas da Oferta e da Procura
III. Efeito de uma deslocação na oferta ou na procura
Índice
Determinação de Preço e Quantidade de Equilíbrio
I. Equibilíbrio de Mercado
Diz-se também que o preço de equilíbrio é o
preço de compensação do mercado, ou seja:
Todas as ordens de compra e de venda foram satsfeitas;
As carteiras de encomendas encontram-se "limpas";
Os consumidores e fornecedores estão satisfeitos.
II. Equilíbrio com Aplicações das Curvas da Oferta e da Procura
P* = 3 €
Q* = 12 M
Ponto A
- A este preço alto, de 5€ por caixa, os produtores querem vender mais do que os consumidores pretendem comprar. O resultado é um excedente da quantidade oferecida sobre a quantidade procurada.
Ponto D
- Com um preço baixo, de 2€ por caixa, verifica-se escassez no mercado. Nestas situações a concorrencia entre os consumidores pela aquisiçao de bens em quantidade insuficente causará a subida do seu preço.
Ponto C
- Neste ponto, verifica-se o Equilíbrio de Mercado, onde as Curvas da Oferta e da procura se intersectam.
O preço é de 3€ por caixa e a quantidade é de 12 unidades, sendo as quantidades procurada e oferecida iguais;
Não há escassez nem excedentes.
Não existe tendência para o preço subir ou descer;
No ponto C, as forças da Oferta e da Procura estão equilíbradas, tendo sido estabelecido o preço a um nível sustentável.
O preço e quantidade de
equilibrio ocorrem no nivel
em que o montante que se esta disposto a fornecer é igual ao montante que se esta disposto a consumir;
Num mercado conconrrencial, este
equilibrio encontra-se na intersecção
das curvas da oferta e da procura;
Ao preço de equilibrio não existe
nem escassez nem excedentes.
III. Efeito de uma deslocação na oferta ou na procura
• A análise do esquema da oferta e da procura pode ajudar-nos muito para além do conhecimento do preço e da quantidade de equilíbrio. Pode ser igualmente utilizada para prever o impacto das mudanças nas condições económicas sobre os preços e as quantidades.
• Quando se estiver a examinar o impacto de uma deslocação da oferta ou da procura, deve tentar manter todos os outros aspectos constantes.
• Quando se alteram, os elementos subjacentes à procura ou à oferta provocam deslocações na procura, ou na oferta, e variações no preço e na quantidade de equilíbrio do mercado.

Para usar correctamente a análise da oferta e da procura, temos:
1 -
Distinguir uma variação na procura, ou na oferta (o que produz uma deslocação da curva), de uma variação na quantidade procura, ou oferecida (o que representa um movimento ao longo da curva).
2 -
Manter o resto constante, o que exige a distinção entre o impacto da variação do preço de um bem e o impacto de modificações por outras causas.
3 -
Saber identificar sempre um equilíbrio entre a oferta e a procura, que se verifica quando as forças que actuam sobre o preço e a quantidade se compensam.
Determinantes da Procura
• Rendimentos dos consumidores;
• Influências demográficas;
• Preços dos bens relacionados (bens substitutos e bens complementares);
• Gostos;
• Influências específicas.

Determinantes da Oferta
• Custos de produção;
• Impostos e subsidios;
• Influências específicas (ex: mudança tecnológica).
• Superfícies específicas
Determinantes da Oferta e da Procura
Estes Determinantes fazem deslocar as curvas, obtendo-se um novo ponto de equilíbrio (P*,Q*).
Efeitos de uma deslocação da Curva da Procura
Se a Procura aumenta:
Se a Procura diminui:
A curva da procura desloca-se para a direita, fazendo com que o preço e a quantidade aumentem.
A curva da procura desloca-se para a esquerda, fazendo com que o preço e a quantidade diminuam
Efeitos de uma deslocação da Curva da Oferta
Se a Oferta aumenta:
A curva da oferta desloca-se para a direita, fazendo com que o preço diminua e a quantidade aumente.
Se a Oferta diminui:
A curva da oferta desloca-se para a esquerda, fazendo com que o preço aumente e a quantidade diminua.
FIM
Obrigado pela atenção!
Neste apresentação vamos explicar o significado do conceito Equilibro de Mercado e quando este ocorre, bem como as aplicações do Equilíbrio em relação à Curva da Procura e da oferta.
Vamos também explicar os efeitos causados pela deslocação na Procura ou na Oferta.






Economia
Docente: Elsa Ferreira
Data: 27/11/2014

Trabalho realizado por:
Fábio Rodrigues
Ricardo Carpinteiro
João Delgado
Full transcript