Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Expressão Corporal Aula 2

No description
by

Clara Teixeira

on 3 September 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Expressão Corporal Aula 2

Finally
Para entender o básico
Linguagem corporal, os gestos e postura.
A leitura das atitudes e pensamos expressos no comportamento das pessoas foi o primeiro sistema de comunicação usado pelo ser humano, muito antes do desenvolvimento da linguagem oral.
É mais fácil ler as crianças
Os braços
Esconder-se atrás de uma barreira é uma reação normal de proteção que aprendemos desde cedo.
As mãos
As mãos são a ferramenta mais importante da evolução humana. O cérebro tem mais conexões com as mãos do que com o resto do corpo.
Detectando a mentira
Os três macaquinhos sábios
De acordo com o pesquisador Albert Mehrabian, somente 7% da comunicação humana é feita através da mensagem verbal.
Como qualquer outra espécie, somos ainda dominador por regras biológicas que controlam nossas ações, reações, linguagem corporal e gestoes.
O segredo da leitura da linguagem corporal está na capacidade de captar o estado emocional de uma pessoa escutando o que ela diz e observando seus gestos e atitudes.
Franqueza
A pessoa que é sincera e diz a verdadem em geral expõe a totalidade ou parte da palma da mão.
As palmas das mãos escondidas transmitem o sentimento intuitivo de que a pessoa não está falando a verdade.
Defensiva
A tendência da pessoa que está na defensiva é cruzar os braços sobre o peito.
Mão espalmada para cima
É um sinal de submissão e entrega.
Mostra que a pessoa está desarmada.
Sugere que o outro fale.
Mão espalmada para baixo
Com a palma da mão virada para baixo, você projeta imediatamente sua autoridade. A outra pessoa sentirá que recebeu uma ordem.
Experiência com um orador

mãos espalmadas para cima (84% de comentários positivos)
mãos espalmadas para baixo (52% de comentários positivos)
dedo indicador apontando (28% de comentários positivos)
Agressividade
O gesto da mão fechada com o dedo apontato é o de um punho segurando um porrete, com o qual o orador impõe submissão aos seus ouvintes de maneira agressiva.
Apertos de mão
Em um cumprimento, a dominação é transmitada virando-se a mão de tal modo que a palma fique para baixo.
Com a mão por cima, você comunica que deseja assumir o controle do encontro.
O oposto do aperto de mão dominador é oferecer amão com a palma virada para cima.
Pode ser interessante quando você quiser transferir o controle da situação ou quando você pede desculpas.
Como criar equilíbrio?
Assegure-se de que a palma da sua mão e a da outra pessoa estejam ambas na posição vertical e aplique a mesma pressão que você recebe.
O aperto de mão entre Barack Obama e o afegão Hamid Karzai, ao prometer tirar os soldados americanos da guerra no Afeganistão.
A barreira formada pelos dois braços cruzados sobre o peito é uma tentativa inconsciente de bloquear tudo o que percebemos como ameaças ou circunstâncias indesejáveis.
Experiência palestra
O grupo que assitiu às palestras com os braços cruzados reteve 38% menos de informação e externou uma opinão mais crítica do palestrante.
Na prática, evite cruzar os braços em qualquer circunstância, a menos que você queira demonstrar que não concorda com o que o outro está falando.
Para quebrar a postura dos braços cruzados, dê ao interlocutor um objeto para segurar ou alguma coisa para fazer. Ou então espalme as mãos para cima e deixa o interlocutor falar sobre o que ele discorda.
A mulher pode adotar uma posição mais sutil, cruzando apenas um dos braços. Essa barreira pode comunicar que ela está se sentindo deslocada ou insegura naquela situação.
A posição "ziper enguiçado" funciona da mesma maneira para os homens.
Pessoas públicas não gostam de demonstrar insegurança, mas deixam entrever sua ansiedade nas várias maneiras de cruzar os braços.
O poder do toque
Experiência da cabine telefônica
Apenas 23% dos testados admitiam ter encontrado a ficha, mas quando tocados no cotovelo por 3 segundos esse número subio para 58%.
O cotovelo é um lugar aceitável de se tocar por estar distante das partes íntimas do corpo, e porque por 3 segundos não é incoveniente.
Da próxima vez que for apertar a mão de uma pessoa a quem estiver sendo apresentado, estenda o braço esquerdo e dê um leve toque em seu cotovelo durante o cumprimento.
Isso faz com que a pessoa se sinta importante.
Quando vemos, falamos ou ouvimos mentiras, tendemos a tapar a boca, os olhos e os ouvidos com as mãos.
Marcos Valério, Delúbio Soares, Silvio Pereira.
Tapar a boca
O cérebro instrui instrui o subconsciente a reprimir as palavras enganosas que estão sendo ditas.
Algumas pessoas tentam disfarçar esse gesto simulando tosse.
Tocar o nariz
Pesquisas comprovam que a mentira intencional causa um aumento da pressão arterial. O nariz humano se espande, fenômeno conhecido como "efeito Pinóquio".
Esfregar os olhos
Esta é a ação com que o céfrebro tenta bloquear as coisaas enganosas, duvidosas ou desagradáveis que a pessoa vê ou evitar olhar para o rosto da pessoa para quem está mentindo.
Pegar na orelha
Esse gesto é uma tentativa de não ouvir. A pessoa coloca a mão em volta ou sobre a orelha, ou cutuca o lóbulo para tentar bloquear as palavras que está ouvindo.
Coçar o pescoço
Este é um sinal de dúvida ou incerteza. Gesto característico da pessoa que diz "eu não sei se estou de acordo".
Afrouxar o colarinho
A mentira causa uma leve coceira nos tecidos do rosto e do pescoço. Por isso é comum alguns indivíduos afrouxarem o colarinho quando suspeitam ter sido pegos em uma mentira.
Gestos de avaliação
O bom orador é aquele que sabe quando seus ouvintes estão interessados no seu discurso.
Quando o ouvinte usa a mão para apoiar a cabeça é sinal de que o tédio se estabeleceu.
A postura de avaliação característica é a mão fechada encostada no queixo ou na face.
Full transcript