Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Aula 2.02 Reações químicas

No description
by

Luis Peffi

on 15 August 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Aula 2.02 Reações químicas

Basicamente estaremos utilizando dois tipos de fórmulas químicas;

As formulas
mínimas

As formulas
moleculares
A fórmula mínima (empírica) de um composto nos dá a menor razão de números inteiros entre os átomos de diferentes elementos neste composto.

Ex.: No clorato de potássio há três elementos e a proporção entre eles é de 1K:1Cl:3O, logo a fórmula mínima do clorato de potássio
A fórmula molecular nos indica o número real de átomos de cada elemento que compõe o composto em questão.
A fórmula molecular pode ou não ser igual à fórmula mínima
Quando vamos representar um composto muitas vezes vamos além das fórmulas molecular e mínima. Escrevemos a fórmula de modo a sugerir a estrutura da molécula.

Esse é o caso dos hidratos.
Hidratos
são formados por um sólido, geralmente um sal iônico, que contém moléculas de água dentro de seu retículo cristalino.
Um hidrato de iodeto de magnésio tem fórmula MgI2.XH2O. Para determinar o valor de X, um estudante aquece o hidrato até remover toda a água. Uma amostra de 1,628g do hidrato é aquecida até ser atingida uma massa constante de 1,072g. Qual o valor de X?t
Resp.: MgI2.8H2O
Assim como os símbolos e as fórmulas químicas representam os átomos e as moléculas, as equações químicas representam as reações químicas.

Considere a equação de combustão do carbono:
Uma equação balanceada deve mostrar, entre outras coisas, que os átomos são conservados na reação. Uma equação balanceada é fiel aos princípios da lei de conservação das massas.

Vejamos outra equação:
Existem dois passos básicos que devem ser atentados para se fazer o balanceamento de uma equação química:

1. As equações químicas são balanceadas ajustando os coeficientes que aparecem a frente das formulas (coeficientes estequiométricos) e nunca alterando a fórmula do composto;

2. Ao balancear uma equação química é aconselhável começar pelos elementos que aparecem em apenas em uma das fómulas em cada lado da equação.
3.12_ Pag 112, Brown - Escreva equações químicas balanceadas para cada uma das seguintes reações:
3.16_ Pag 113, Brown – O dióxido de carbono é removido da atmosfera pelas plantas. Esse processo combina CO2 com H2O para formar açúcar, C6H12O6 e O2 gasoso. Escreva uma equação química balanceada para essa reação.
Uma das principais utilizações das equações balanceadas é permitir fazer a relação entre as massas de produtos e reagentes em uma reação. É possível utilizar uma equação balanceada para prever quanto de um reagente será necessário para reagir com outro que se tem uma quantidade definida, ou prever quanto será formado de produto.

A relação entre a quantidade de reagente e de produto é denominada estequiometria e os coeficientes que aparecem à frente dos compostos em uma reação equilibrada são chamados de coeficientes estequiométricos.
13. Um composto muito utilizado pela indústria é o fósforo (P4),
que pode ser obtido principalmente por meio da rocha fosfática,
composta principalmente de fosfato tricálcico [Ca3(PO4)2], segundo
a reação:
Ca3(PO4)2 (s) + SiO2(s) + C(s) --------> CaSiO3(s) + CO(g) + P4 (s)
Determine:
a) o número de moles de fósforo formados por mol de Ca3(PO4)2;
b) a massa de fósforo formada por mol de Ca3(PO4)2;
c) a massa de fósforo formada por grama de Ca3(PO4)2 usado;
d) a massa de fósforo, em toneladas, formada por tonelada de Ca3(PO4)2;
e) o número de moles de SiO2 e C necessários por mol de
Ca3(PO4)2
B:
Capítulo 3: tópicos 3.2 ao 3.5:
exercícios ímpares: 3.9 ao 3.31 e do 3.41 ao 3.65

lista complementar:
12 ao 14.
Lição de Casa
'
Sequência para o Balanceamento de uma Reação Química
1º - Identifique todos os elementos pertencentes a cada lado da reação;

2º - Marque estes elementos por ordem de quantidade, deixando Oxigênio e Hidrogênio em separado;

3º - Multiplique as moléculas para igualar a quantidade de elementos em ambos os lados da Reação a partir do elemento com maior quantidade, que apareça em apenas uma molécula de cada lado da Reação;
obs: lembre-se de que as quantidades dos outros elementos pode mudar quando multiplicamos uma simples molécula.
4º - Por fim, acerte as quantidade do Oxigênio e Hidrogênio e confira a quantidade de todos os elementos
Full transcript