Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Fonte de alimentação

No description
by

Altemar Galvão

on 1 October 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Fonte de alimentação

Na figura vemos a ligação dos dois conectores da fonte de alimentação AT na placa mãe. É preciso alinhar corretamente os dois conectores de 6 pinos sobre o conector de 12 pinos da placa mãe. Se for feita alguma inversão ou encaixe errado, a placa mãe queimará.
Para conectar corretamente, observe que cada um dos dois conectores possui dois fios pretos. Os quatro fios pretos devem ficar juntos na parte central do conector.
O conector principal foi aumentado de 20 para 24 pinos para fornecer novas linhas de +5 volts. A corrente adicional fornecida por essas linhas pode ser necessária para o funcionamento de placas de vídeo tipo
PCI Express
de alto desempenho. Nesse caso a ligação mostrada na figura poderá não atender ao consumo de corrente, e será preciso usar uma verdadeira fonte ATX 2.2, com conector de 24 pinos
Praticamente todas as placas mãe modernas exigem fontes de alimentação ATX12V. Essas fontes possuem, além do conector principal, dois outros conectores (auxiliar e de 12 volts). São raras as placas mãe que usam o conector auxiliar, mas bem comuns as que usam o conector de 12 volts. A figura mostra os conectores de 12 volts na placa mãe e na fonte de alimentação.
Conexões da fonte AT
Em PCs mais antigos encontrávamos fontes de alimentação padrão AT. A transição entre AT e ATX ocorreu entre 1997 e 1999. Computadores dessa época, baseados em processadores AMD K6, K6-2, Pentium II, Celeron, Pentium III outros, podiam usar fontes AT ou ATX, dependendo da placa mãe. Algumas placas possuíam ambos os tipos de conectores. Já os micros anteriores usavam exclusivamente fontes AT.
Fonte ATX novidades
As fontes ATX trouxeram um recurso que permite o desligamento do computador por software.
-
Soft Power Control
: usado para ligar ou desligar a fonte por software. É graças a esse recurso que o sistema operacional consegue desligar o computador sem que o usuário tenha que apertar um botão para isso;
-
Wake-on-LAN
: permite ligar ou desligar a fonte por placa de rede.
Conector ATX de 24 pinos
A nova geração de fontes ATX (versão 2.2) tem algumas diferenças. O conector principal, que tinha 20 pinos, passou a ter 24 pinos. O conector auxiliar foi eliminado. Foi ainda incluído um novo conector de alimentação para discos Serial ATA. Entretanto a esmagadora maioria das placas mãe ainda opera com a fonte ATX 12V (ou ATX 2.1). Quando uma placa mãe possuir conector de alimentação de 24 pinos, você pode usar uma fonte ATX12V com conector de 20 pinos. Apesar do número de pinos ser diferente, o encaixe é compatível.
FONTE ATX
Os dispositivos que compõem um computador são tão variados que requerem níveis diferentes de tensão para o seu funcionamento. Por isso, as fontes de alimentação fornecem, essencialmente, as seguintes tensões: +3,3 V, +5 V, +12 V, -5 V e -12 V (as antigas fontes AT não oferecem a tensão de +3,3 V). As saídas de +3,3 V e +5 V são mais direcionadas a dispositivos menores, como chips de memória. A tensão de +12 V é utilizada por dispositivos que consomem mais energia, tais como aqueles que contam com "motores", como HDs (cujo motor é responsável por girar os discos) e drives de DVD ou Blu-ray (que possuem motores para abrir a gaveta e para girar o disco). As tensões de -5 V e -12 V são pouco utilizadas - serviam ao antigo barramento ISA, por exemplo.
O conector de 12 volts também só encaixa em uma posição, devido ao formato dos seus pinos. Tanto o conector da placa mãe como o da fonte de alimentação possui travas. Para fazer o desencaixe, aperte na trava antes de puxar o conector.
OBS: O conector do meio mostrado na figura 80, entre o de 12 volts e o principal, é chamado “conector auxiliar”. Este tipo de conector caiu em desuso, e as fontes ATX mais novas já não o possuem.
FONTE DE ALIMENTAÇÃO
Placas mãe modernas, padrão ATX, possuem um conector de 20 vias para ligação na fonte de alimentação. Nele ligamos o conector ATX principal da fonte de alimentação. Observe que os pinos desses conectores têm formatos diferenciados. Alguns são retangulares e outros são hexagonais. Essa diferenciação impede que um usuário distraído faça a conexão de forma invertida. Se fosse possível ligá-lo de forma invertida, a placa mãe queimaria imediatamente
Alimentação das unidades de disco
Detalhes dos dois tipos de conectores para alimentar drives de disquetes (o conector menor), discos rígidos, drives de CD-ROM, DVD e gravadores.
Alimentação das unidades de disco
As fontes de alimentação possuem conectores para alimentar unidades de disco. O conector menor, mostrado na figura, serve para alimentar o drive de disquetes. Os conectores maiores, que são todos iguais, servem para alimentar discos rígidos, drives de CD-ROM, gravadores de CDs, drives de DVD, gravadores de DVDs, etc.
Uma fonte AT tem conectores diferentes para ligação na placa mãe. Ao invés de usar um conector de 20 pinos como o já mostrado, usa dois conectores de 6 pinos, como vemos na figura
Alimentação de discos SATA
Muitas fontes de alimentação já possuem conectores especiais para alimentação de discos rígidos Serial ATA (SATA). Esta nova geração de discos está aos poucos substituindo os discos IDE. Ainda assim, mesmo que uma fonte de alimentação não possua este conector, discos SATA podem ser ligados através de um adaptador de alimentação, mostrado abaixo.
Fonte de Alimentação
Fonte AT
Fonte de alimentação
O dispositivo responsável por prover eletricidade ao computador é a de fonte de alimentação. De forma bastante sucinta poderíamos dizer que a principal função da fonte de alimentação é converter a tensão alternada fornecida pela rede elétrica presente na tomada de sua casa ou escritório (também chamada CA ou AC) em tensão contínua (também chamada CC ou DC).
Em outras palavras, a fonte de alimentação converte os
110 V ou 220 V
alternados da rede elétrica convencional para as tensões contínuas utilizadas pelos componentes eletrônicos do computador, que são:
+3,3 V, +5 V, +12 V e -12 V
(tensões alternadas variam pelo mundo e mesmo no Brasil variam de cidade a cidade; durante este tutorial nós usaremos o termo “110 V” para nos referenciarmos às tensões de 110 V, 115 V e 127 V, já quando usarmos o termo “220 V” estamos nos referenciando às tensões de 220 V, 230 V e 240 V. O Japão é o único país cuja tensão alternada está fora deste intervalo, operando a 100 V.
Fonte de alimentação
Um problema comum na fonte de alimentação geralmente é percebido através do cheiro de queimado ao desligar o computador. Outro problema é se o ventilador, que é vital, falhar, o que causará o superaquecimento dos componentes da fonte de alimentação.
Um problema comum que os usuários não percebem, é quando o gabinete, no local onde a fonte está localizada, fica muito quente, isso pode ser indicio que a fonte já não está funcionando perfeitamente ou ainda a potência do seu computador está no limite que a fonte suporta.
Problemas Fonte Alimentação
Alguns valores de potência para itens do computador:
Potência da Fonte Alimentação
Potência da Fonte Alimentação
Uma fonte de 400 watts não irá necessariamente utilizar mais energia do que uma de 250 watts.
Uma fonte maior será necessária se você utilizar todos os slots ( conectores de interface ) da placa mãe ou cada compartilhamento disponível no gabinete do computador.
Não é uma boa ideia ter uma fonte de 250 watts se você tiver um total de 250 watts em dispositivos, uma vez que a fonte não deve ter sua capacidade carregada em 100%.
Tensão da Fonte de alimentação
Testar Fonte de Alimentação
Disciplina: Hardware
Prof. Altemar Galvão
Full transcript