Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

ASSESSORIA DE IMPRENSA

No description
by

Juliana Gutmann

on 1 March 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of ASSESSORIA DE IMPRENSA

Sucinta, mas precisa ter
todas as informações possíveis
Urgente, mas precisa ser
redigida com cautela
Relevância:
interesse público ou interesse do público?
nota oficial
EXERCÍCIO
press-release
4 de julho de 2011: a estudante de enfermagem Luana Neves Ribeiro, 21 anos, morre após procedimento para extrair medula óssea que seria transplantada a uma criança
portadora de leucemia.

em assessoria de imprensa
não há fórmula pronta
SUGESTÃO DE PAUTA
E SE VOCÊS FOSSEM ASSESSORES DA
FACOM-UFBA
POR ALGUNS MINUTOS?

PENSEM E ESCREVAM UMA SUGESTÃO DE PAUTA:
O FATO TEM DE SER REAL
, MAS AS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES
&
DETALHES PODEM SER FICTÍCIOS

UM
TÍTULO
PARA O E-MAIL?

PARA
QUE JORNALISTAS / QUAIS VEÍCULOS
DE SALVADOR VÃO ENVIAR ESTA SUGESTÃO?

O QUE MAIS UMA BOA SUGESTÃO DE PAUTA DEVE TER?
(em grupos)
PASSO-A-PASSO
1. CONVOCAR
2. FOLLOW UP
3. REFORÇAR A CONVOCAÇÃO (VÉSPERA)

E SE (QUASE) NINGUÉM APARECER?
REVEJA A ESTRATÉGIA.
Proxima aula:
Mensuração da comunicação e monitoramento da imprensa

Prof. Eduardo Pellanda, da PUCRS
Minicurso
Telas, coisas, wearables e a procura pelo conceito de ubiquidade midiática
Faculdade de Comunicação da UFBA
15 e 16 de maio
14:30 às 17:30
Gratuito (aberto à comunidade acadêmica e a demais interessados no assunto)
GITS + Lab404

(individual)
Intermídia (10 anos e experiência em instituições de saúde)

DIA 5: PRIMEIRA NOTA OFICIAL - “A diretoria do HB e a Unidade de Transplante de Medula Óssea lamentam a morte da paciente L. N. R. e informa (sic) que o fato está sendo apurado.”

EM 1 ANO...

Temmais.com: HB em 140 notícias
110 neutras
07 positivas
23 negativas (18 CASO LUANA)


Diarioweb: HB em 463 notícias
311 neutras
73 positivas
76 negativas (40 CASO LUANA)

DIA 6: nota indicando suspensão temporária do serviço de coleta de medula óssea de “não aparentados” seria suspenso temporariamente + HB abriria sindicância para a apuração dos fatos + laudo do Serviço de Verificação de Óbitos seria divulgado no dia 12 de julho. ---> “um Raio-X mostrou que o cateter estava bem instalado e não havia sinais de hemorragia”
coletiva de imprensa com chefe da Unidade de Transplante de Medula Óssea do Hospital, Otávio Ricci, em que afirma que aguardava laudo do Serviço de Verificação de Óbito, antes de declarar a ocorrência de erro médico
2 dias cruciais
DIA 7: Diarioweb divulga prontuário médico da paciente
“Jovem agonizou por uma hora até ser atendida”
NEGLIGÊNCIA?

"volta ao hospital em busca de socorro, às 20h, atendida
apenas por enfermeiras, enquanto aguardava a médica plantonista"

“a médica só chegou ao quarto às 21h15. Administrou omeprazol,
hidróxido de alumínio e soro glicoado (sic) à paciente. Após receber a medicação, Luana
vomitou. O prontuário não registra, mas dá indícios de que após a prescrição da
medicação, Érika (médica plantonista) foi embora”.
DIAS 8, 9 e 10 no Diarioweb: caso repercute na voz da família, acesso ao laudo do Serviço de Verificação de Óbito: “Sucessão de falhas matou universitária”.
“choque hipovolêmico, hemotórax à esquerda e acidente de punção”
DIA 13: laudo entregue à direção do HB e
encaminhado ao delegado responsável pelo inquérito

DIA 14: COLETIVA - admitiu falha durante o
procedimento e informou a imprensa a respeito da criação de protocolos para impedir novos casos. Mas, mesmo reconhecendo a relação entre o procedimento e a morte da
doadora, o diretor-administrativo do HB, Jorge Fares, “se recusou a reconhecer falha médica”.
NOTA OFICIAL: “HB trabalhou da melhor maneira possível para apurar os fatos com ética e responsabilidade, não ocultando informações e agindo com cautela e no cumprimento dos prazos legais.” , “Uma história como esta é construída com empenho e profissionalismo de toda a sua equipe e não pode ser julgada apenas por este fato.”, “As futuras manifestações serão feitas após a conclusão do inquérito policial, Sindicância Interna, Sindicância do Conselho Regional de Medicina, Sindicância do Coren e Anvisa”
Por que um comunicado "interno" pode ser "capa de jornal"?
O exemplo interno da UFRJ ganhou a imprensa
O GLOBO
:
Comunicado da UFRJ com erros como ‘sugeitos’ vira piada na web
No Facebook, alunos da federal debocharam das falhas do texto, que tem ainda desvios graves de concordância

EXAME
:
Comunicado da UFRJ tem 4 erros de português em três linhas
Universidade disparou um curto aviso no sistema interno com vários erros gramaticais, tais como “sugeito” e “indígno”, além de problemas de concordância

R7:
Erros de português em texto da UFRJ viram alvo de crítica na internet
IMPRENSA: interesse no caso
Jovem teve “a veia subclávia perfurada, o que causou hemorragia e um choque hipovolêmico - queda de pressão causada por grande
vazamento de sangue”. Segundo Estadão, "as perfurações teriam ocorrido durante a tentativa frustrada de se implantar
um cateter para fazer a coleta da medula"
coletiva de imprensa
ORGANIZAÇÃO: crise de imagem
As notas oficiais do hospital de base de Rio Preto
O CASO LUANA
Referência: CAMPOS, Fernando de Faria e Souza; CORDENONSSI, Ana Maria. Gestão de Crise: análise do Caso Luana. In: XVIII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sudeste – Bauru - SP – 03 a 05/07/2013
Análise das notas oficiais encaminhadas pela AI e das notícias publicadas pela imprensa local
Quando deve-se usar?
Qual a diferença entre nota oficial e release?
NOTA À IMPRENSA
Encerramento da greve dos pretroleiros
A Petrobras informa que a maioria das entidades sindicais aprovou o encerramento da greve e a produção da companhia está se normalizando. No período da greve, deixaram de ser produzidos 2,29 milhões de barris de petróleo e 48,4 milhões de metros cúbicos de gás natural foram indisponibilizados. Apesar do impacto nos volumes, a Petrobras confirma a manutenção da sua meta de produção de 2,125 milhões de barris de petróleo por dia no Brasil para o ano de 2015. O fornecimento de derivados não sofreu qualquer interrupção.
NOTA À IMPRENSA
Segunda feira, 29 de fevereiro de 2016

A presidenta da República, Dilma Rousseff, informa que o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, deixará a pasta e assumirá a chefia da Advocacia-Geral da União, em substituição ao ministro Luiz Inácio Adams, que solicitou o seu desligamento por motivos pessoais.

Assumirá o Ministério da Justiça o ex-procurador-geral da Justiça do estado da Bahia, Dr. Wellington César Lima e Silva.

Assumirá o cargo de ministro-chefe da Controladoria-Geral da União o Sr. Luiz Navarro de Brito.

A presidenta da República agradece os valiosos serviços prestados ao longo de todos estes anos, com inestimável competência e brilho, pelo Dr. Luís Inácio Adams e deseja pleno êxito à sua atividade profissional futura.

Agradece ainda ao ministro-interino da CGU, Sr. Carlos Higino, pela sua dedicação.

Secretaria de Imprensa
Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República
Full transcript