Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

WALDEMAR CORDEIRO

Leonardo da Vinci - 2ª série - Ensino Médio
by

Wagner Bôa Morte

on 23 September 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of WALDEMAR CORDEIRO

WALDEMAR CORDEIRO
(1925-1973)
1948 - Brasil - jornalista, crítico e caricaturista do Diário Latino, em SP.
Pioneiro na pesquisa da
Computer Art
e um dos precursores da arte e tecnologia no Brasil.
1952 - criou o Grupo Ruptura, inspirado pelas ideias de Max Bill (dá base para o Movimento Concreto Brasileiro) e da Bauhaus.
Derivadas de uma imagem, de Waldemar Cordeiro e Giorgio Moscati, foi o primeiro trabalho feito com computador no Brasil, em 1969.
(a) Grau zero, 47 x 34.5 cm.
(b) Grau um, 47 x 34.5 cm.
(c) Grau dois, 47 x 34.5 cm.
NOVOS DESAFIOS
A dispersão do Ruptura faz com que Cordeiro adote o conceito de
Ready-mades
, somado a elementos da
Pop Art
e da
arte cinética
.
NOVOS RUMOS
Trabalho direcionado à cultura de massa.
Abordagem de problemas sociais.
Crítica à alienação do indivíduo e ao consumismo imposto pelos meios de comunicação de massa.
Apresentar as coisas do mundo da arte ao invés de representá-las.
1963 -
Ambiguidade
e
Opera aperta
, obras apresentadas na Bienal de São Paulo e que traziam conceitos de
obra aberta
(o autor demonstra sua função face às atitudes participativas do observador).
A escolha da fotografia
Aconteceu a partir dos anos 60, quando a
Pop Art
e os meios de comunicação de massa começaram a explorá-la comercialmente, principalmente na mídia.
OBRAS:
Popcreto para popcrítico, Massa sem indivíduo e Jornal
, todas de 1964.
Obras compostas de RECORTES FOTOGRÁFICOS, DETALHES DE ANÔNIMOS NA MULTIDÃO E PALAVRAS RETIRADAS DOS TÍTUDOS DAS MATÉRIAS COMO OBJETOS CAPAZES DE PRODUZIR SENTIDO, tudo para estimular as percepções do observador.
Texto aberto, 1966
OBJETIVO DAS PROPOSTAS DE CORDEIRO
Atingir o público, não pelo lado da percepção, como comportamento dos fenômenos óticos, mas por estímulos que incitassem as massas a refletir de algum modo, uma vez que as obras estavam carregadas de intencionalidade e significação dentro dos contextos histórico-sociais.
O BEIJO (1967)

Escultura cinético-eletromecânica; uma fotografia supostamente dos lábios de Brigite Bardot em um cenário abstrato de fragmentos móveis.
AUTORRETRATO PROBABILÍSTICO (1967) - PAS

É uma das mais significativas obras do Popcreto. Usou palavras e a sua fotografia numa alusão a certos fenômenos da comunicação, como num jogo entre o verbal e o visual, conduzindo nossa experiência para o campo da linguagem binária e do cálculo das probabilidades, como numa conexão entre sua pesquisa semântica e a cibernética.

A obra pretende mostrar um 'retrato autocrítico do artista, na alternância entre integração e desintegração, estabelecendo igualmente um jogo entre identidade e desidentificação, transparência e opacidade, ordem e desordem.'

A obra é um discurso estético-visual fragmentado, cujos deslocamentos faciais propõem uma nova forma de investigação - OBRA ABERTA.
Autorretrato probabilístico
DISCUSSÃO EM GRUPO

Waldemar Cordeiro entendia que intelectuais e artistas tinham um papel sociopolítico importante e que a cultura e a política eram indissociáveis.
(Cada grupo/aluno deverá apresentar seu argumento/resposta, por escrito e oral, no início do próxima aula, na ordem sorteada das questões).

GRUPO 1) Ao utilizar uma fotografia ampliada, supostamente dos lábios da atriz Brigitte Bardot, numa engenhoca cinética eletromecânica, quais aspectos das artes plásticas, do papel do artista e da sociedade de 1967 o artista põe em discussão?
 
GRUPO 2) A fotografia impressa pode ser considerada de acordo com os princípios de um objeto produzido industrialmente?
 
GRUPO 3) Por que o artista apropria-se das imagens veiculadas pelos meios de comunicação de massa?
 
GRUPO 4) Os objetos de Waldemar Cordeiro são construídos a partir dos postulados do Movimento Concretista. Como as preocupações concretistas são apresentadas em “O Beijo”?
 
GRUPO 5) A obra “O Beijo” prevê a participação do público. Seu mecanismo elétrico pode ser acionado, gerando o movimento de abrir e fechar os lábios no objeto. O que vocês pensam dessa possibilidade de participação no beijo de Cordeiro?
 
GRUPO 6) Pesquise a trajetória do artista com enfoque na crescente participação do observador nas suas obras. Como esse aspecto pode ampliar o significado da obra?
 

GRUPO 7) Uma obra representando um beijo, de forma mecanizada e com a utilização da fotografia de uma boca decomposta em partes, altera ou amplia o entendimento do que é um beijo?
 
GRUPO 8) Reflita sobre o que pode ser um beijo realizado de forma mecânica.
 
GRUPO 9) Qual o significado do beijo em nossa cultura? Em que situações beijamos? Você acha que em todas as culturas o beijo tem o mesmo significado? Justifique.
 
GRUPO 10) Será que os significados associados ao beijo mudam em função do contexto histórico em que se vive? Justifique.
 
GRUPO 11) Será que o significado associado ao beijo muda dependendo de nossas idades? Apresente exemplos.
(12:10)
(08:26)
Museu virtual (06:24)
Atividade
Para os concretistas a arte é autônoma e a sua forma remete às da realidade, logo, as poesias, por exemplo, estão cada vez mais próximas das formas arquitetônicas ou esculturais. As artes visuais não figurativas começam a ser mais evidentes, a fim de mostrar que no mundo há uma realidade palpável, a qual pode ser observada de diferentes ângulos.
Por volta de 1950, a concepção plástica da arte chega ao Brasil através do suíço Max Bill: artista, arquiteto,
designer
gráfico e de interiores. Bill é o responsável por popularizar as concepções da linguagem plástica no Brasil com a Exposição Nacional de Arte Concreta, em 1956.
CONCRETISMO
Full transcript