Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

COMUNIDADE: a contribuição da sociologia...

Este prezi apresenta os conceitos de comunidade e sociedade, bem como a transformação do conceito de comunidade a partir das transformações ocorridas no mundo contemporâneo.
by

Prof.º Paulo César

on 19 August 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of COMUNIDADE: a contribuição da sociologia...

1- Entre a Sociologia e a Antropologia
3- Comunidade como círculo aconchegante
4- Comunidade: uma abordagem interdisciplinar
A sociologia e a antropologia são ciências com diferentes objetivos e metodologias de pesquisa. Atribui-se a sociologia uma perspectiva mais universalista, enquanto considerava-se a antropologia destinada a estudos mais particulares e específicos.


A separação entre essas duas ciências nunca foi absoluta, pois podemos constatar trocas e influencias.

O novo contexto do século XIX-XX contribui ainda mais para a aproximação dessas duas ciências:
* Expansão do capitalismo;
* O socialismo e as críticas ao capitalismo;
* Desenvolvimento tecnológico e dos meios de comunicação;
* Globalização e a metropolização;
* As duas grandes guerras;
* A ascensão dos EUA.
2- Os estudos sobre comunidade

O conceito de sociedade como forma de organização social baseada na solidariedade, na homogeneidade do pensar e sentir, na proximidade e identificação dos membros foi importante para os estudos sobre a sociedade.

Mais recentemente, os objetivos da comunidade podem variar de natureza, podendo se referir a uma crença religiosa, um trabalho social, uma ideologia ou hábitos comuns...

Muitos anos depois dos conceitos de Tonnies e Durkheim, a partir do fim de estilos de vida mais naturais, simples e integrados, os grupos que conseguissem manter uma sociabilidade mais espontânea e genuína acabaram sendo tratados pelo conceito de comunidade em seu sentido mais humano e solidário.

Assim,esse tipo de comunitarismo contemporâneo, são interpretados como uma resistência frente a um mundo que promove desigualdade e exclusão, por um lado, e massificação, por outro.


Oliver Sackis, interessado nas questões de identidade, simbolismo e linguagem, se dedicou em estudar pessoas com surdez congênita e a maneira de como elas se relacionavam com a sociedade.

Em seu livro, Sackis descreve a dificuldade dessas pessoas em legitimar a língua de sinais como um todo estruturado, mais do que mera gesticulação.

O estudo de Sacks procurou demonstrar a formação dessa comunidade e a emancipação de um grupo minoritário a partir da identidade, do simbolismo e da linguagem muito específica.

5-Comunidade e minorias sociais.
Atualmente, minorias e excluídos de diversas origens tende a ser reunir e se organizar em grupos, se isolando da sociedade por não encontrar meio de reconhecimento, legitimidade e interação social. Assim, minorias étnicas e de gênero, passam a estabelecer modo de vida própria, independentes e, às vezes, contrastantes do todo social.

Zygmunt Bauman, alerta para o uso indevido do termo comunidade para os casos de populações que não se reúnem livre e independentmente em determinados espaços para desenvolver modos próprios de pensar e agir. Para ele, a comunidade exige, para existir, certo isolamento social voluntário e não forçado.

Diferentemente, os guetos são espaços nos quais uma população é coagida a viver, por imposição de um poder dominante.



COMUNIDADE e SOCIEDADE:
A contribuição da sociologia para o estudo da cultura.


Ferdinand Tönnies formulou dois conceitos: a comunidade e a sociedade.
* As comunidades seriam organizações onde os laços entre os indivíduos predominam, em que a família tem especial importância e as pessoas se relacionam de maneira pessoal.

* Nas sociedades, as pessoas se relacionam de maneira impessoal, o comportamento é mais individualista e menos cooperativo, procuram as vantagens particulares.

Émile Durkheim elaborou conceitos ao distinguir os diferentes tipos de relação entre as pessoas:
* SOLIDARIEDADE MECÂNICA, onde, nas sociedades pré-capitalistas, os membros expressam sentimentos comuns e pautavam-se pela semelhança de valores, apresentam maior homogeneidade social e psíquica;
* SOLIDARIEDADE ORGÂNICA, nas sociedades capitalistas e industriais, as relações pautam-se pelas necessidades produtivas e contratuais.

Para revisar o que estudamos...
Full transcript