Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A natureza humana e o contrato social

Apresentação sobre a Obra de Rousseau
by

Nátaly Santiago

on 28 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A natureza humana e o contrato social

A fantástica aventura de Jean Jacques Rousseau
design by Dóri Sirály for Prezi
Sedentário, Base fixa (cavernas e acampamentos fixos);
Semelhança no padrão de vida, alimentação e clima;
Costumes e caracteristicas;
Tribos e de depois.... Nações;
Solidariedade, Harmonia e Felicidade;
Mérito e Beleza - comparações;
Comércio Passageiro...
Estado de Dispersão...
Horda;
Isolamento;
Sem normas;
Sem moral;
Nômade;
Sobrevier;
Existir...
Contrato Social
Diferente de Hobbes e Locke;
Caracteristicas inatas;
Abstrato e Atemporal;
Homem Essencial e Meio Social;
Homem Integral, motor da história;
Livre Arbítrio, busca perfeição;
Diferencia dos animais...
A Natureza Humana
Estado de Natureza
Sou
muito inteligente
para bancar o selvagem primitivo
#partiucivilização
Idade
do Ouro

#Chateado
Tanto avanço na
arte, tecnologia e
cultura gerou tanta
cobiça e ambição
"É assim que a desigualdade natural se desenvolve insensivelmente com a de circunstância, e que as diferenças existentes entre os homens, se tornam mais profundas, mais permanentes e começam a influir na mesma proporção sobre o destino dos particulares"
Discurso sobre a Origem da Desigualdade, 1978 p. 186
"A ambição devoradora, o ardor de construir sua fortuna relativa, menos por uma verdadeira necessidade do que para se colocar acima dos outros, inspira a todos os homens uma sinistra inclinação a se prejudicarem mutuamente; uma inveja secreta tão mais perigosa que, para dar seu golpe com mais segurança, freqüentemente usa a máscara da benevolência”
Estado Ilegítimo
Desordem Brutal;
Pobres e ricos roubando - Insegurança;
Sem democracia
Solução Ilusória:
Contrato Social Ilegítimo
"Tal projeto consistiu em empregar em seu favor as próprias forças daqueles que o atacavam, fazer de seus adversários seus defensores, inspirar–lhes outras máximas e dar–lhes outras instituições que lhe fossem tão favoráveis quanto lhe era contrário o direito natural"
"Tal foi ou deveu ser a origem da sociedade e das leis, que deram novos entraves ao fraco e novas forças ao rico, destruíram irremediavelmente a liberdade natural, fixaram para sempre a lei de propriedade e da desigualdade, fizeram de uma usurpação sagaz um direito irrevogável e, para lucro de alguns ambiciosos, daí por diante sujeitaram todo o gênero humano ao trabalho, à servidão e à miséria"
Fato psciológico e não histórico
Princípios norteadores;
Acordo com efeito juridico;
Ordem social e Ordem jurídico-política;
Comunidade x Individualismo;
Submissão de todos à vontade coletiva;
Soberano - ser coletivo
Interesses comum;
Vontade geral;
Participação
Liberdade
Aff...
Cansei! Será que
podemos pensar uma sociedade e um Estado diferente? Justo e com
igualdade!!
"A primeira e a mais importante consequência decorrente dos princípios até aqui estabelecidos é que só a
vontade geral
pode dirigir as forças do Estado, de acordo com a finalidade de sua instituição, que é o
bem comum
, porque, se a oposição dos interesses particulares tornou necessário o estabelecimento das sociedades, foi o acordo desses mesmos interesses que o possibilitou. O que existe de comum nesses vários interesses forma o liame social e, se não houvesse um ponto em que todos os interesses concordassem, nenhuma sociedade poderia existir. Ora, somente com base nesse interesse comum a sociedade deve ser governada.
Afirmo, pois, que a soberania, não sendo senão o exercício da vontade geral, jamais pode alienar-se, e que nada mais é senão um ser coletivo, só pode ser representado por si mesmo.
O poder pode transmitir-se, não, porém, a vontade"..
"É nula toda a lei que o povo não ratifica"
Estado e Indivíduo
Liberdade individual x Liberdade Coletiva
Constituição
Estado regulador, executa
Prática do Bem
Estado e Sociedade Civil surgem pelo Contrato Social
Sócio-Econômico
"Não suporteis nem opulentos nem indigentes. (...) Estas duas condições são igualmente funestas ao bem comum. Que nenhum cidadão seja assaz opulento para
comprar outro e que nenhum seja
bastante pobre para se achar
constrangido a vender-se"

Medidas
Taxação de artigos de luxo;
Imposto de Renda progressivo;
Leis sobre herança;
Leis agrárias;
Domínio público;

Propriedade do Estado - grande e forte
Propriedade dos cidadãos - o menor possível
"O direito de cada particular sobre sua parte está sempre subordinado ao direito da comunidade sobre o todo, sem o que não haveria solidez no laço social nem força real no exercício da soberania"
Igualdade e Democracia
"O pacto fundamental, ao invés de destruir a igualdade natural, substitui, ao contrário, por uma igualdade moral e legítima a desigualdade física que a Natureza pode pôr entre os homens, fazendo com que estes, conquanto possam ser desiguais em força ou em talento, se tornem iguais
por convenção e por
direito"
"Sendo os cidadãos todos iguais em virtude do contrato social, todos podem prescrever o que todos devem fazer, ao passo que ninguém tem o direito de exigir que outro faça aquilo que ele mesmo não faz. Ora, é esse direito propriamente, indispensável para fazer viver e mover o corpo político"
Filosofia x História;
Dever ter sido e deverá ser;
Projeto Político;
Educação;
Vontade Humana

Queria
viver em
sociedade, mas
com liberdade!!
E ai?
Será que esse
caminho é possível?
O que você
acha?
Obrigada por tudo turma!!
Full transcript