Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Apresentação - Intercom 2016

Telejornal: funções, métodos e formas de produção de notícias - Telejornalismo I (UFRR, 2016.1)
by

Edileuson Almeida

on 7 October 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Apresentação - Intercom 2016

O cotidiano
Cartografia do roteiro:
conteúdo e método

Telejornalismo: objeto de ensino e aprendizagem
Objetivo e Questões
Ementas e referências:
rota e roteiro

cartografia do conteúdo e do roteiro de ensino em telejornalismo
Um paradoxo na sala de aula
Objetivo
refletir sobre a “sala de aula” da disciplina de telejornalismo
conteúdo, referências, métodos e atividades avaliativas

Como atuar numa sala de aula com alunos experientes e leigos?

O idealismo da ementa da disciplina (pesquisa e experimentalismo) e o realismo das exigências do mercado profissional (formatos e linguagens padronizados), que conteúdos e padrões devem subsidiar o dia a dia na sala de aula?

Como promover a participação discente nas fases de produção da notícia televisiva (pautar, produzir, entrevistar, reportar, editar, apresentar...)?

E quanto as ferramentas e ao suporte técnico na produção?
Todo indivíduo possui uma história, um conhecimento que a vida e a prática lhe ensinaram (Freire, 1967)
Sala de aula, laboratórios, visitas técnicas e atividades
UFRR
Edileuson Almeida
A notícia pra TV
UFSM
São Paulo, 2016
jul2016
A pesquisa e o experimentalismo, na proposta acadêmica, são ingredientes norteadores das práxis
A proposta do artigo
Freire (1967) e Rogers (1973)
A liberdade é um conceito-chave
Uma pessoa só aprende significativamente aquelas coisas que percebe implicarem na manutenção ou na elevação de si mesmo. (ROGERS, 1973)
As questões
Educação como prática da liberdade
Liberdade de aprender
O ementário é o documento norteado das disciplinas
Acepção marxista:
"atividade humana que transforma a sociedade e a natureza, transformando, ao mesmo tempo, o sujeito que a exerce” (Dicionário Marxista)
O destino profissional dos egressos exige uma prática que impõe à formação um caráter utilitário-pragmático, vinculada à necessidade imediata, ou seja, centrada numa lógica de mercado.
Apresentar o desenvolvimento da disciplina, transitando nesse paradoxo:

Como construe-se e se desenvolve com a dupla proposta de transitar entre o ensino/experimentalismo proposto pela academia e a prática com foco nas necessidades do mundo do trabalho.
o que é proposto na ementa
O quê a realidade propõe, o quê temos e com o quê trabalhamos
É acompanhado de bibliografias: recomendada (básica) e complementar
Full transcript