Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Liderança militar

No description
by

klaus küster

on 27 February 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Liderança militar

1º Nível 1. A CHAVE DA LIDERANÇA É A CREDIBILIDADE DO LÍDER.

2. A CREDIBILIDADE SURJE À MEDIDA QUE O LÍDER COMUNICA-SE COM OS LIDERADOS, POR INTERMÉDIO DE PALAVRAS E BONS EXEMPLOS, OBTENDO O RESPEITO E A CONFIANÇA DOS MESMOS.

3. A PARTIR DAÍ, OS LAÇOS DE LIDERANÇA ESTABELECIDOS IRÃO SE FORTALECENDO, À MEDIDA QUE OS LIDERADOS FOREM IDENTIFICANDO NO LÍDER TRAÇOS DE CARÁTER E ATRIBUTOS FAVORÁVEIS À CONDUÇÃO DO GRUPO, DENTRO DA SITUAÇÃO QUE SE APRESENTA .

4. NESTAS CONDIÇÕES, O LÍDER TERÁ CAPACIDADE PARA ORIENTAR DIRIGIR E MODIFICAR AS ATITUDES E AS IDÉIAS DOS INTEGRANTES DO GRUPO. 1. AUTOCRÁTICA OU AUTORITÁRIA
O líder define as regras e normas a serem obedecidas, estabelece os objetivos que deverão ser atingidos e avalia o trabalho realizado.
O líder autoritário é centralizador, mas não é um déspota. O LÍDER DEVE PROCURAR DESENVOLVER:

- A EMPATIA: bases na compreensão e na tolerância.

- O TATO: elogie em público e corrija em particular.
CONSELHOS ÚTEIS:

- AO CORRIGIR ALGUÉM, ATUE COM “SERENO RIGOR”.

- AJA, SEMPRE, COM SERIEDADE, SERENIDADE E CORTESIA .

- NÃO HUMILHE O SUBORDINADO OU DELE DEBOCHE. COMPETÊNCIA É CAPACIDADE E APTIDÃO E ENVOLVE OS
SEGUINTES ASPECTOS:

1. PREPARO INTELECTUAL.
2. CUIDADOS COM A SAÚDE E BUSCA DO PREPARO FÍSICO.
3. DOMÍNIO DA LINGUAGEM E CAPACIDADE PARA DAR BONS
EXEMPLOS ( CAPACIDADE DE COMUNICAÇÃO ).
4. CONHECER AS PESSOAS E SABER LIDAR COM ELAS. É uma estrutura de organização hierárquica de objetivos educacionais
possibilidades de aprendizagem em três grandes domínios:

a)O COGNITIVO, abrangendo a aprendizagem intelectual;

b) O AFETIVO, abrangendo os aspectos de sensibilização e gradação de valores;
Os objetivos de aprendizagem considerados na Área Afetiva estão ligados a idéias como comportamento, atitude, responsabilidade, respeito, emoção, valores.

c) O PSICOMOTOR, abrangendo as habilidades de execução de tarefas que envolvem o organismo muscular.

A fenomelogia da liderança está inserida na área afetiva. 1 . INTRODUÇÃO
2 . LIDERANÇA MILITAR
3 .FATORES
4 .PRINCÍPIOS
5 .TEORIAS
6 .OS ESTILOS OU TIPOS DE LIDERANÇA
7 .OS NÍVEIS DE LIDERANÇA
8 . A COMPETÊNCIA DO LÍDER
9 . PERFIL DO LÍDER
10 . OS PECADOS MORTAIS DA LIDERANÇA
11 . CONCLUSÃO 1. COMPETÊNCIA INTERPESSOAL
- Relacionamento entre “os outros” e “eu”.
- As pessoas têm dúvidas, receios, ambições, fraquezas, virtudes e defeitos.

2. NECESSIDADE DE CONHECER OS SUBORDINADOS
- As pessoas não são iguais umas às outras.
- É preciso conhecer os subordinados para botar a pessoa certa no lugar certo.
- Cada indivíduo tem suas limitações .

3. A CADERNETA DO COMANDANTE DA PEQUENA FRAÇÃO.
- Nome, Idt, endereço, dados familiares, escolaridade, profissão, habilitações,
atributos observados, punições e recompensas, saúde, faltas à IM e outras. Liderança indireta Liderança direta 1. A INCOMPETÊNCIA.
2. A IRRESPONSABILIDADE.
3. A DESLEALDADE.
4. A COVARDIA .
5. A DESONESTIDADE .
6. A INDISCIPLINA .
7. A INDECISÃO.
8. A INJUSTIÇA .
9. A INCOERÊNCIA .
10. A FALTA DE AUTORIDADE .
11. A FALTA DE INICIATIVA .
12. A FALTA DE ENTUSIASMO.
13. A INCAPACIDADE PARA COMUNICAR-SE . 1. A BOA ORATÓRIA.
Conhecimento do assunto tratado, capacidade de argumentação e uso de termos que não fujam ao entendimento do grupo.
2. MODULAÇÃO DA VOZ.
3. LINGUAGEM CORPORAL.

LEMBRAR QUE: COMUNICAÇÃO = PALAVRAS + EXEMPLOS [ BONS ] O LÍDER NÃO IRÁ OBTER ADESÕES ÀS SUAS IDÉIAS E PONTOS DE VISTA PELA FORÇA BRUTA, MAS POR INTERMÉDIO DO EMPREGO INTELIGENTE DE SUA CAPACIDADE DE PERSUASÃO E CREDIBILIDADE. “A PALAVRA CONVENCE.
O EXEMPLO ARRASTA!” Liderança psicomotora afetiva cognitiva Ten Klaus SUMÁRIO Enteder como e porque se estabelecem laços de liderança entre o líder e os liderados OBJETIVO INTRODUÇÃO Taxonomia de Bloom DESENVOLVIMENTO OS NÍVEIS DE LIDERANÇA TIPOS DE LIDERANÇA Líder Liderados Líder Líder Líder Líder Liderados Liderados Liderados 2º Nível Na estrutura dinâmica da liderança existem quatro fatores:
- o líder;
- os liderados;
- a comunicação; e
- a situação. ASPECTOS CONJUNTURAIS - FATORES A LIDERANÇA NÃO ENCONTRA FIM EM SI MESMA. ELA É UM MEIO E UM CATALISADOR PARA OBTER-SE O ESPÍRITO DE CORPO, A DISCIPLINA E A COESÃO DO GRUPO, PERMITINDO QUE SEUS INTEGRANTES TENHAM EFICIÊNCIA NO CUMPRIMENTO DE SUAS TAREFAS, PROJETOS OU MISSÕES. CONSIDERAÇÕES FINAIS A doutrina de liderança é um aspecto primordial da instituição militar, tendo por objetivo assegurar aos chefes militares a aquisição de habilidades, conhecimentos, atribuições e comportamentos que os capacitem a tomar decisões rápidas, acertadas e coerentes com os objetivos da instituição. DOUTRINA DE LIDERANÇA ENTRELAÇAMENTO DAS ÁREAS TEORIAS a) Teoria Inatista
Defende a tese do líder inato, na qual fatores relacionados com a hereditariedade determinam a existência do líder. As influências do meio são minimizadas e até desprezadas pelos inatistas. b) Teoria Sociológica
Afirma que o líder é função do meio social, só alcançando prestígio e aceitação por representar os ideais da coletividade naquela determinada situação, caracterizando, deste modo, o líder emergente. c) Teoria do Campo Social
Estabelece que a liderança é uma relação funcional entre membros de um grupo, na qual o líder adquire prestígio através de uma participação ativa e pela demonstração de suas capacidades. Assim, a liderança só poderá ser exercida por quem participe dos ideais da comunidade e neles esteja altamente integrado. Fica evidente que suas qualidades devem coincidir com as exigidas para o momento, pelo campo social. 2. DEMOCRÁTICA OU PARTICIPATIVA
O líder procura atuar sintonizado com o grupo, ouvindo e aproveitando as idéias dos liderados, para depois decidir.
A liderança democrática não exclui a autoridade do líder, que deve ser exercida em sua plenitude. 3. DELEGATIVA
É a mais adequada para ser exercida em grupos de alto nível, onde a competências do líder e dos liderados estão no mesmo patamar. MAS QUE TIPO DE LIDERANÇA SERIA O MELHOR ?
A liderança é situacional e para cada ocasião deverá ser usado o estilo mais adequado. LIDERANÇA MILITAR Liderança militar é a capacidade de influenciar o comportamento humano e conduzir pessoas ao cumprimento do dever. Está fundamentada no conhecimento da natureza humana, compreendendo a análise, a previsão e o controle de suas reações. PRINCÍPIOS DE LIDERANÇA Os atributos do chefe militar devem ser ampliados e aprofundados à medida que progride na carreira, mediante um processo de educação, treinamento e aquisição de experiências. 1. Conhecer sua profissão.
2. Conhecer-se e procurar o auto-aperfeiçoamento.
3. Assumir a responsabilidade por seus atos.
4. Decidir com acerto e oportunidade.
5. Desenvolver o senso de responsabilidade em seus subordinados.
6. Servir de exemplo a seus homens.
7. Conhecer e cuidar do bem-estar de seus subordinados.
8. Manter seus homens bem informados.
9. Assegurar-se de que as ordens são compreendidas, fiscalizadas e executadas.
10. Treinar seus subordinados como uma equipe.
11. Atribuir missões a seus homens de acordo com as possibilidades destes. A liderança participativa (democrática) é adotada pelo Exército Brasileiro. É a que mais se coaduna com o próprio conceito de liderança militar, isto é, a capacidade de influenciar o comportamento humano e conduzir pessoas ao cumprimento do dever. COMPETÊNCIA DO LÍDER COMPETÊNCIA DO LÍDER DOMÍNIO DA LINGUAGEM E CAPACIDADE PARA DAR BONS EXEMPLOS COMPETÊNCIA DO LÍDER PARA CONHECER AS PESSOAS COMPETÊNCIA DO LÍDER PARA LIDAR COM PESSOAS OS TRÊS ASPECTOS DO PERFIL DO LÍDER MILITAR 1) Caráter (o ser)

2) Competência profissional (o saber)

3) A maneira como ambos se manifestam pelo comportamento (o fazer) SER Os principais traços do líder militar: 1) Competência (conhecimento de si mesmo, da natureza humana, do trabalho e da Unidade)
2) Responsabilidade
3) Decisão
4) Iniciativa
5) Equilíbrio emocional
6) Autoconfiança
7) Direção
8) Disciplina
9) Coragem (física e moral) 10) Objetividade
11) Dedicação
12) Coerência
13) Camaradagem
14) Organização
15) Imparcialidade
16) Persistência
17) Persuasão SABER Aspectos dos conhecimentos aplicados ao estudo e solução de problemas: 1) Conhecimento dos subordinados

2) Copreensão da natureza humana

3) Competência profissional técnica e tática FAZER 1) Comunicação

2) Motivação

3) Disciplina e coesão OS PECADOS MORTAIS DA LIDERANÇA CONCLUSÃO LAÇOS DE LIDERANÇA
Full transcript