Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Genera!

No description
by

Palestras GBU

on 3 May 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Genera!

Genera!
Generosidade
Da raíz GEN que significa 'gerar', fazer nascer
II Coríntios 8:1-15
II Coríntios 8:1
1 Queremos que saibam, irmãos , como Deus foi bondoso para com as igrejas da Macedónia
II Coríntios 8:2,3
2 que têm sido postas à prova com muitos sofrimentos e vivem muito pobremente. Mas a sua alegria e generosidade fizeram com que encontrassem ainda muito que dar.
Bíblia
substantivo grego ha·pló·tes (“generosidade” [2Co 8:2; 9:11]; “liberalidade” [Ro 12:8]; “sinceridade” [Ef 6:5]); tem o sentido básico de “simplicidade”)
Generoso
GENEROSUS, “de nobre nascimento”, de GENUS, “raça, linhagem”. O sentido de “magnânimo, liberal” se instalou posteriormente.
1 Queremos que saibam, irmãos , como Deus foi bondoso para com as igrejas da Macedónia , 2 que têm sido postas à prova com muitos sofrimentos e vivem muito pobremente. Mas a sua alegria e generosidade fizeram com que encontrassem ainda muito que dar. 3 Posso garantir que eles deram o que podiam e ainda mais do que podiam. Eles próprios 4 vieram pedir-nos com muita insistência o favor de poderem partilhar e colocar o que era seu ao serviço da comunidade dos crentes de Jerusalém . 5 Fizeram mais do que esperávamos. Não só se entregaram nas mãos de Deus, mas também nas nossas, conforme Deus os inspirou. 6 Por isso, pedimos a Tito que fosse agora ter convosco para vos ajudar a completar a obra de generosidade do modo como a tinha começado. 7 Assim como têm de tudo com abundância: fé, dom da palavra, sabedoria, boa vontade e amor para connosco que abundem também nesta graça . 8 Isto não é uma ordem que vos dou. Mas é para verificar se o vosso amor é verdadeiro, comparando-o com o entusiasmo dos outros. 9 Conhecem bem o amor de nosso Senhor Jesus Cristo que, sendo rico, se fez pobre por vossa causa , para que vocês pudessem tornar-se ricos pela sua pobreza. 10 Nisto dou-vos a minha opinião. A generosidade fica-vos bem, uma vez que já o ano passado fizeram o mesmo peditório e foram os primeiros a sugerir a ideia. 11 Procurem agora fazer o melhor possível, cada um conforme as suas posses. E que a boa vontade em o realizar corresponda à prontidão que mostram em fazer os planos. 12 Pois é por aquilo que cada um tem e não por aquilo que não tem que Deus mede a boa vontade de quem oferece. 13 Também não digo que vão fazer bem a outros, a ponto de passarem dificuldades. O que tem de haver é equilíbrio. 14 Aquilo que neste momento vos sobra que sirva para compensar o que lhes falta a eles, para que o que eles têm em abundância compense o que vos faz falta. É assim que se faz o equilíbrio, como diz a Sagrada Escritura : Ao que tinha muito, não não lhe sobrou; e ao que tinha pouco, nada lhe faltou .
Princípio 0
Deus é bom
Pobreza/sofrimento
VS?
Alegria/generosidade
?
Princípio 1
É a generosidade que faz encontrar muito para dar
II Coríntios 8:4
4 vieram pedir-nos com muita insistência o favor de poderem partilhar e colocar o que era seu ao serviço da comunidade dos crentes de Jerusalém.
Princípio 0
Deus é bom
Princípio 2
A verdadeira generosidade é activa e não passiva
II Coríntios 8:5,6
5 Fizeram mais do que esperávamos. Não só se entregaram nas mãos de Deus, mas também nas nossas, conforme Deus os inspirou. 6 Por isso, pedimos a Tito que fosse agora ter convosco para vos ajudar a completar a obra de generosidade do modo como a tinha começado.
Princípio 0
Deus é bom
Princípio 2
A verdadeira generosidade é activa e não passiva
ENTREGA
Princípio 3
A generosidade tem uma dimensão natural e outra espiritual
II Coríntios 8:7
7 Assim como têm de tudo com abundância: fé, dom da palavra, sabedoria, boa vontade e amor para connosco que abundem também nesta graça.
Princípio 0
Deus é bom
Princípio 2
A verdadeira generosidade é activa e não passiva
Princípio 4
Um cristão não é completo se não abundar na Graça de dar.
II Coríntios 8:7
8 Isto não é uma ordem que vos dou. Mas é para verificar se o vosso amor é verdadeiro, comparando-o com o entusiasmo dos outros.
Princípio 0
Deus é bom
Princípio 2
A verdadeira generosidade é activa e não passiva
Princípio 4
Um cristão não é completo se não abundar na Graça de dar.
Amar=Dar
Princípio 5
Quem ama dá; quem não ama retém para si.
II Coríntios 8:9
9 Conhecem bem o amor de nosso Senhor Jesus Cristo que, sendo rico, se fez pobre por vossa causa , para que vocês pudessem tornar-se ricos pela sua pobreza.
Pobreza/sofrimento
VS?
Alegria/generosidade
?
Princípio 1
É a generosidade que faz encontrar muito para dar
Princípio 3
A generosidade tem uma dimensão natural e outra espiritual
Princípio 6
Ser generoso é imitar Cristo; e ser Cristo é fazer-se pobre para que outros enriqueçam.
II Coríntios 8:10,11
10 Nisto dou-vos a minha opinião. A generosidade fica-vos bem, uma vez que já o ano passado fizeram o mesmo peditório e foram os primeiros a sugerir a ideia. 11 Procurem agora fazer o melhor possível, cada um conforme as suas posses. E que a boa vontade em o realizar corresponda à prontidão que mostram em fazer os planos.
Princípio 3
A generosidade tem uma dimensão natural e outra espiritual
Princípio 7
Generosidade é algo que tem de ter expressão prática; não chega ter entusiasmo a sugestões
II Coríntios 8:12-14
12 Pois é por aquilo que cada um tem e não por aquilo que não tem que Deus mede a boa vontade de quem oferece. 13 Também não digo que vão fazer bem a outros, a ponto de passarem dificuldades. O que tem de haver é equilíbrio. 14 Aquilo que neste momento vos sobra que sirva para compensar o que lhes falta a eles, para que o que eles têm em abundância compense o que vos faz falta. É assim que se faz o equilíbrio, como diz a Sagrada Escritura : Ao que tinha muito, não não lhe sobrou; e ao que tinha pouco, nada lhe faltou .
Pobreza/sofrimento
VS?
Alegria/generosidade
?
Princípio 1
É a generosidade que faz encontrar muito para dar
Princípio 3
A generosidade tem uma dimensão natural e outra espiritual
Princípio 6
Ser generoso é imitar Cristo; e ser Cristo é fazer-se pobre para que outros enriqueçam.
Princípio 8
A generosidade não é um exercício tresloucado, mas um processo calculado e racional que visa a igualdade
Full transcript