Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Teoria Geral da Administração

No description
by

on 30 October 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Teoria Geral da Administração

TGA - O sistema e a Contingência

INTRODUÇÃO
Motta e Vasconcelos descrevem diversos estudos sobre tecnologia e as organizações.
ORGANIZAÇÃO MECÂNICA
Características:
- formalidade.
- rigidez na estrutura organizacional.
- pouca comunicação horizontal entre setores diferentes.
- alta comunicação vertical e hierárquico.
- forte centralização de comando.
- encontram-se em setores de pouca inovação tecnológica e demandas regulares e previsíveis.

ORGANIZAÇÃO ORGÂNICA
Características:
- estrutura organizacional não explícita.
- sem acentuação dos níveis hierárquicos.
- comunicação horizontal e vertical.
- comando da organização descentralizado e difuso.
- encontram-se em contexto altamente inovador e com marcada concorrência entre as empresas.
INTEGRAÇÃO E DIFERENCIAÇÃO
Lawrence e Lorsch estudam a influência do meio ambiente sobre as organizações.
- As empresas buscam equilibrar os níveis internos de diferenciação e integração.
- Conflitos e tensões atuam sobre o equilíbrio.

ESTUDO DOS MODELOS PRODUTIVOS
- Joan Woodward (1916-1971), professora de sociologia industrial em Londres.
- Líder de um estudo que contribuiu para uma visão sistêmica das organizações evoluindo para o estágio de teoria da contingência.

SISTEMAS MECÂNICOS E ORGÂNICOS
Burns e Stalker consideram que:
BUROCRACIA MULTIDIMENSIONAL
- Estudo realizado pelo grupo de Aston.
- Unidade de Pesquisa em Administração Industrial da Universidade de Aston (Birmingham, Grã-Bretanha).

CONSIDERAÇÕES FINAIS
Tecnologia e organização são mutuamente interligadas e de forma clara;

- A tecnologia acaba influenciando a formação da identidade social e de personalidade do indivíduo;

Burns e Stalker
Pesquisaram e teorizaram sobre modelos de estruturas de organizações: mecânica e orgânica.
Lawrence e Lorsch
Estudaram os níveis internos de diferenciação e integração, através da influência do meio ambiente e da gestão dos conflitos.
Joan Woodward
Estudou a fundo a relação estrutural produtiva e tecnologias utilizadas nas organizações (South Essex).
Sistemas de produção unitária e de pequenos lotes;
Indivíduos executando trabalho do princípio ao fim, em baixo nível de complexidade.

Ex: produção de navios, geradores e motores de grande porte, aviões comerciais, locomotivas e confecções sob medida.

Sistemas de produção em grandes lotes e em massa;
Visão geral do processo de produção, alto nível de complexidade.

Ex: modelo fordista de produção, nível médio de complexidade.
Sistemas de produção por processo
Transforma matéria-prima em produtos finais.


Ex: indústria química.
Grupo de Aston
- Conceito pluridimensional da burocracia.
- Equifinalidade (mais de uma maneira de atingir os resultados almejados).
- Comprovação empírica de teorias.
- Estudos sobre estruturas organizacionais.

Grupo de Aston
No escopo de seu estudo, definiram variáveis para pesquisar nas empresas:

- Variáveis estruturais;
- Variáveis de contexto e de desempenho;
- Variáveis de desempenho;

Os estudos reforçam a teoria da contingência, indicando que não há 'the best way' para se chegar aos mesmos objetivos.
Dependendo do meio e dos objeitvos da organização, diversos tipos de estruturas e sistemas burocráticos são possíveis, como mostram os estudos do grupo de Aston.
Basedo na obra de Motta e Vasconcelos.
Teoria das Organizações e Tecnologia
Reafirmam a Teoria da Contingência.
Lawrence e Lorsch
Joan Woodward
Burns e Stalker
MEIO
AMBIENTE
ESTRUTURA DAS
ORGANIZAÇÕES
Para se adequar ao mercado:
TECNOLOGIA
Problemas
Internos
PAPEL DA ADMINISTRAÇÃO
Problemas
Internos
Gerenciar a capacidade
de diferenciação dos
setores internos da organização
Equilíbrio sobre a integração dos mesmos setores
Competitividade
Sobreviver à
turbulência
do mercado
Formalização
VARIÁVEIS ESTRUTURAIS
Centralização
Especialização
Padronização
Configuração
- Origem e história.
- Propriedade e controle (centralização de autoridade).
- Tamanho da organização (empregados, ativos líquidos e concorrentes).
- Plano (charter) (propósito e valores da organização).
- Tecnologia (automação).
- Localização.
- Recursos (ideias e pessoas, materiais e financeiro).
- Interdependência (relação com outras organizações).

Os padrões sociais também influenciam as organizações e sua configuração técnica.
VARIÁVEIS DE
CONTEXTO E DESEMPENHO
BUROCRACIA MULTIDIMENSIONAL: CONCLUSÃO
4 dimensões burocráticas, comprovadas empiricamente:

- Estruturação das atividades.
- Concentração de autoridade.
- Controle de linha do fluxo de trabalho.
- Tamanho do staff ligado à manutenção.
- Burocracia é multidimensional, rejeita a ideia de uma burocracia ideal de Weber.

CRÍTICAS AO TRABALHO DO GRUPO DE ASTON
Natureza conceitual da pesquisa
Metodológica
e operacional
Definição das variáveis
3 modelos de processos produtivos de Woodward:
- produção por projeto ou produtos unitários.
- produção em massa.
- produção de fluxo contínuo ou processo.
- apontam que pequenas organizações são mais impactadas pela tecnologia que as grandes organizações.

TECNOLOGIA E TEORIA ORGANIZACIONAL
- Cusomano, Sloan Management Review Distinguished Professor do MIT.

- Estudou as diversas estruturas produtivas e as organizações, com base nos estudos de Woodward.



INDÚSTRIA DA
TECNOLOGIA
Surgiram outros estudos sobre estrutura de produção nas empresas de software:
James Thompson (1967)
- tecnologias longas e lineares
- tecnologias de mediação
- tecnologias intesivas
Charles Perrow (1967)
Full transcript