Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Meio Ambiente - Sociologia da Saúde

No description
by

João Francisco

on 9 June 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Meio Ambiente - Sociologia da Saúde

AMBIENTE
Acadêmicos
Professor(a)
MEIO
Rosemari Duarte
Amanda Coelho Zilio
Cristine Zanotto Eberhardt
Deborah Postal Savian
João Manoel Lumertz Francisco
AQUECIMENTO GLOBAL
LIXO
Desmatamento é o processo de modificaçao de um bioma que resulta do crescimento das atividades produtivas e econômicas e, principalmente, pelo aumento da densidade demográfica em escala mundial.
DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
Luísa de Campos Loreto
Patrice Quartiero Gross
Materiais sólidos considerados sem utilidade, supérfluos ou perigosos, gerados pela atividade humana.
A maior parte do lixo urbano é produzida em domicílios. Rico em matéria orgânica e produtos recicláveis, esse lixo possui quatro alternativas: disposição em aterro sanitário, incineração, compostagem e reciclagem.
Considerando as diretrizes básicas para que o capitalismo moderno não seja soterrado pelo seu próprio lixo: primeiro, devemos reduzir a produção de resíduos; segundo, reciclar o lixo que for produzido e, por fim, tratar o que não puder ser reaproveitado. Necessariamente nessa ordem.
Quanto mais abastada, mais lixo a nação produz.
Associou o consumo crescente das nações ricas aos principais problemas ambientais do planeta.
O lixo é fonte de renda direta para mais de meio milhão de brasileiros que atuam como catadores.
O que é?
Efeito Estufa
Consequências ... Como a sociedade lidará com elas?
Nações desenvolvidas
=
principais culpadas?
Principais vítimas
Possíveis soluções:
Taxação de emissões de carbono;
Países desenvolvidos financiem adaptações que terão que ser feitas pelos países em desenvolvimento para se protegerem das mudanças no clima, construindo, por exemplo, barreiras contra inundações.
Rigorosa legislação antipoluição, que obrigue as fábricas a instalarem filtros nas suas chaminés, a tratar os seus resíduos e a usar processos menos poluentes;
Penalizações para as indústrias que não estiverem de acordo com as Leis; 
Melhoria nos transportes coletivos
Investimento em fontes alternativas de energia;
Maior controle e fiscalização sobre desmatamentos e incêndios nas matas e florestas; 
 Campanhas de conscientização da população para os riscos da poluição.
DESMATAMENTO
O desmatamento, também chamado de desflorestamento, nas florestas brasileiras, começou no instante da chegada dos portugueses ao nosso país, no ano de 1500 com a exploração do pau-brasil.
Principal fenômeno causado pelo desmatamento: desertificação.
Medidas: ONG's, greenpeace, cúpulas como a Rio+20.
Estão preservados apenas 12% da área original da Mata Atlântica. De 1,8 milhão km², sobraram 149,7 mil km². A área desmatada atinge 88% do original. Os dados se referem ao ano de 2010. Depois da Mata Atlântica, o Pampa gaúcho é o mais desmatado: perdeu 54% de sua área original, de 177,7 mil km² até 2009.
A devastação do Cerrado, segundo maior bioma, chegou a 49,1% em 2010.
A caatinga perdeu 45,6% de seus 826,4 mil km² originais.
O Pantanal é o menor e mais preservado bioma: perdeu 15% da área total de 150,4 mil km². As informações referem-se a 2009.
DESMATAMENTO EM NÚMEROS
Entrevistas
Quais medidas você pratica para preservar o meio ambiente?
Há quanto tempo você mora no bairro? Foi possível observar alguma mudança no meio ambiente aqui durante este tempo?
O que você acha mais importante e prioriza: preservação ou desenvolvimento?
Existe algum problema ambiental no bairro devido ao destino do lixo, ao sistema de esgoto, à atividade de mineraçao ou à atividade de qualquer industria?
Coleta de óleo e entrega deste fluido para pessoas especializadas no seu descarte;
Separação do lixo para posterior captação pela coleta seletiva da UNESC;
Separação de restos alimentícios para uso posterior como alimento para animais em sítios;
Economia de água;
Separação de produtos da linha pet;
Reaproveitamento de alimentos, quando possível;
Jogar o lixo no lixo.
Desenvolvimento com limites;
Preservação como prioridade (exemplo: necessidade de alimentos saudáveis para a sobrevivência humana);
Ambos sendo priorizados de forma semelhante.
Aumento da poluição;
Início da coleta seletiva do lixo;
Diminuição das áreas verdes (desmatamento);
Construção de uma rede de esgoto encanada. Devido ao mal planejamento, esta rede foi construída de forma errônea, não eliminando o cheiro desagradável e contribuindo para a formação de enchentes em períodos de chuva.
Diminuição das áreas verdes devido à urbanização;
Enchentes e odor desagradável devido ao mal planejamento da rede de esgoto geral;
O bairro em questão situa-se em cima de muitas minas antigas. Sendo assim, devido a instabilidade do solo, não é possível a construção de prédios com mais de 4 pavimentos.
Coleta de Dados
BAIRRO
Universitário
Desenvolvimento
Econômico
Preservação
Ambiental
Educação Ambiental
"[...] processos por meio dos quais o indivíduo e a coletividade constroem valores sociais, conhecimentos, habilidades, atitudes e competências voltadas para a conservação do meio ambiente, bem de uso comum do povo, essencial à sadia qualidade de vida e sua sustentabilidade.” (Ministério do Meio Ambiente – Lei Federal 9.795/1999)
"Os movimentos sociais trazem questões para as pautas dos governos. Poderiam ser muito mais significativas, se os governos, nos diferentes níveis e âmbitos, fossem capazes de desenvolver processos participativos com quem tem o que dizer, desde o início dos processos e não somente no final, depois que os peritos e especialistas dão suas palavras e fazem suas análises." (VIEZZER, Moema)
MOVIMENTOS SOCIAIS
ÁGUA E SOLOS
A Revolução Industrial trouxe consigo a urbanização e a industrialização. Com a consolidação do capitalismo, propiciado por este momento histórico,
o incentivo à produção e acúmulo de riquezas, aliada à necessidade aparente de se adquirir produtos novos a todo o momento, fez com que a ideia de progresso surgisse ligada à exploração e destruição de recursos naturais. Água e solos ao longo dos anos foram poluídos por dejetos industriais, urbanização desordenada, uso de agrotóxicos na agricultura
e também pelo despejo de lixo em aterros sanitários e rios.
A ciência e a filosofia (passado) -teses a respeito da vida e das condições de seu desenvolvimento.

Antiguidade: (Aristóteles) Mundo = fixo desde sempre, e toda mudança = degeneração. Idade Média: o Universo = perfeito, fixo e imutável desde sua criação por Deus, e a Terra como um organismo vivo.

Marxista inglês Keith Thomas: Deus teria criado a natureza para que ela servisse ao homem, que recebia sobre ela uma autoridade praticamente ilimitada.

Não foi a religião, mas as imposições da propriedade privada e da economia monetária que guiaram a nova forma de explorar o mundo natural.

Lançaram as bases de uma nova concepção sobre o mundo natural; foi aquilo que Marx chamou de ''a grande influência civilizadora do capital'' que pôs fim à ''deificação da natureza'‘.
Revolução Industrial e capitalismo (pouca consciência ambiental: degradação ambiental, ao desmatamento e aos problemas provocados pela grande concentração humana em algumas metrópoles)

No Brasil, a preocupação com o meio ambiente tem pelo menos dois séculos, e José Bonifácio

Final do séc XVII: debate em torno do uso da madeira das matas de Ilhéus, na Bahia.

Séc. XX: o tema do meio ambiente ocupou o centro do debate científico e social (DDT cancerígeno). ONU – Protocolo de Quioto
1972: ONU - Conferência sobre o Meio Ambiente Humano (Estocolmo, Suécia) acerca da contenção do desenvolvimento = Ideologia Ambientalista Contemporânea.

Mais tarde, a Assembléia Geral da ONU de 1983 determinou a criação de uma comissão especial sobre o tema -> Relatório Brundtland: tese do desenvolvimento sustentável; a exploração dos recursos naturais não poder comprometer a sobrevivência das gerações futuras.

Rio 92/Cúpula da Terra/Eco-92: consolidou conceito de desenvolvimento sustentável e o indicou prática a ser seguida pelos governos -> Plano de ação conhecido como Agenda 21.
Full transcript