Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A estrutura da notícia no jornalismo online

No description
by

Leonardo Aquino

on 17 August 2011

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A estrutura da notícia no jornalismo online

A estrutura da notícia
no jornalismo online Um exercício... 79% das pessoas que visitam sites
fazem uma "leitura scanner" Sun Microsystems (1997) 16 É a média de vezes que o olho humano pisca por minuto Consequências - fadiga visual
- ardência
- visão embaralhada
- dores de cabeça A internet como mídia - não linearidade
- interatividade
- receptor ativo
- dirigibilidade - fisiologia
- instantaneidade
- permanência
- custos de produção e veiculação Ciberjornalismo vs. jornalismo tradicional - modelo organizativo;
- rotinas produtivas;
- formatos de mensagens - sistema de trabalho próprio
- profissionais capacitados
- modelo de negócios Mudanças de paradigma - de audiência a usuário
- de suporte/formato a linguagem multimídia
- de periodicidade a tempo real
- de intermediação a desintermediação
- de distribuição a acesso
- de linear a hipertexto
- de informação a conhecimento Ciberjornalista Interatividade
Narrador como
facilitador do diálogo Personalização
Narrador como organizador
das opções do usuário Documentação
Narrador como organizador de contextos Hipertextualidade
Narrador como organizador da rede textual Design
Narrador como organizador do espaço Atualização
Narrador como
organizador do tempo Busca
Narrador e os buscadores Comunidade
Narrador como moderador Definições Hipertexto 1 “Escritas não-sequenciais, conexões possíveis de se seguir, oportunidades de leitura em diferentes direções” (Ted Nelson) “Uma linguagem que emula a organização associativa da memória humana” (Joan Alvarez Marcos) Hipertexto 2 Hipertexto 3 “Uma galáxia de significantes e uma estrutura de significados. Não tem um princípio, mas várias vias de acesso, sendo que nenhuma delas pode ser chamada de principal” (Roland Barthes) Hipermídia Estende a noção de hipertexto ao incluir informação, visual, sonora, animação e outras formas de informação. (George Landow) Elemento chave para a redação na internet. Graças aos links, é possível conectar e organizar em estruturas multiformes distintos conteúdos multimídia e traçar entre eles múltiplos itinerários de leitura. (Ramón Salaverría) Link Unidades básicas do hiperdocumento, elementos que se unem para formar uma rede de coisas interrelacionadas entre elas. Podem corresponder a partes componentes de um documento, como parágrafos ou capítulos. Lexias, nós ou seções Texto Mike Ward (2002) – “Journalism Online”
- Não use mais palavras do que você precisa
- Evite palavras longas se existirem outras palavras curtas
- Evite palavras de significado complexo se houver outras alternativas
- Sempre que possível, use palavras com significado concreto e não abstrato
- Seja específico em vez de usar generalidades
- Dê às palavras o seu significado correto Carole Rich (2002) – “Nonlinear form”
- corte palavras desnecessárias, especialmente conjunções e adjetivos
- cada tela do computador comporta, em média, 29 linhas. Use esse número como guia para colocar subtítulos.
- crie subtópicos e pontos de entrada secundários.
- finais e transições para outras telas devem ser estimulantes para continuar a navegação para outra página. Joe Landsberger (2002) – Writing effective web pages
- tópico, ideia principal e conclusão devem ser facilmente identificados.
- ideias principais no topo da tela. Secundárias e de apoio, abaixo.
- construções simples sempre. Uma ideia por parágrafo/oração/frase.
- evite termos técnicos.
- dados, detalhes e informações complexas em páginas subseqüentes.
- elimine o supérfluo. PÁGINA WEB / TELA WEB - Irene Hammerich e Claire Harrinson (2002) – “Developing Online Content”
- é preciso editar cada página da web como se fosse única, completamente separada do resto do site. (buscadores)
- levar em consideração as diferenças de resolução dos monitores. HIPERTEXTO - Luli Radfahrer (1999) – Design/web/design
- pequenos textos, independentes entre si, mas com elementos em comum.
- marcar todas as palavras que podem servir de conexão com outros textos.
- criar tabelas de conexão, marcando que textos levam a que textos.
- organizar as ligações, evitando afunilamentos: textos com muitos pontos de entrada e saída. Links ESTRUTURA DA NOTÍCIA
A pirâmide deitada de Canavilhas Jornalismo impresso vs. Jornalismo digital DIMENSÃO ESTRUTURA Importante
para quem? A pirâmide
de Canavilhas
Full transcript