Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Diário de Sofia e Cª aos 15 anos

No description
by

Carolina Franco

on 20 February 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Diário de Sofia e Cª aos 15 anos

Diário de Sofia & Cª
aos 15 anos Apresentação do Livro Este livro é da autoria de Lúcia Ducla Soares.
Luísa Ducla Soares (Maria Luísa Bliebernicht Ducla Soares Sottomayor Cardia) nasceu em Lisboa a 20 de Julho de 1939.
É licenciada em Filologia Germânica. Iniciou a sua actividade profissional como tradutora, consultora literária e jornalista, tendo sido directora da revista de divulgação cultural Vida (1971-2).

Dedicada especialmente à literatura para crianças e jovens , publicou mais de meia centena de obras neste domínio. Iniciou a sua actividade profissional como tradutora, consultora literária jornalista, tendo sido directora da revista de divulgação cultural. Foi colaboradora de diversos jornais e revistas. Foi adjunta do Gabinete do Ministro da Educação. Trabalha desde 1976 na Biblioteca Nacional onde iniciou a sua actividade, realizando uma bibliografia de literatura para crianças e jovens em Portugal. Publicou mais de 80 obras de literatura. Luísa Ducla Soares nasceu em Lisboa a 20 de Julho de 1939 e licenciou-se em Filologia Germânica. É uma escritora portuguesa que se tem dedicado especialmente à literatura infantil.
Iniciou a sua actividade profissional como tradutora, consultora literária e jornalista, tendo sido diretora de revistas de divulgação cultural. Publicou mais de 80 obras de literatura.
Recebeu o premio de Calouste Gulbenkian para o melhor livro do biénio e foi premiada pelo conjunto da sua obra em 1996. Em 2004 foi selecionada como candidata portuguesa ao premio Hans Christian Andersen. Biografia de Luísa Ducla Soares

Luísa Ducla Soares nasceu em Lisboa a 20 de Julho de 1939 e licenciou-se em Filologia Germânica. É uma escritora portuguesa que se tem dedicado especialmente à literatura infantil.
Em 1986,recebeu o Prémio Calouste Gulbenkian de Livros para Crianças pelo livro Seis Histórias de Encantar e, em 1996, pela mesma instituição e pelo conjunto da sua obra, o Grande Prémio de Literatura para Crianças.

Iniciou a sua actividade profissional como tradutora, consultora literária e jornalista, tendo sido diretora de revistas de divulgação cultural. Publicou mais de 80 obras de literatura. Obras da autora

Contrato (Poesia), 1970
A História da Papoila, prosa (Infanto-juvenil), 1972;1977
Maria Papoila, prosa (Infanto-juvenil), 1973 ; 1977
O Dr. Lauro e o Dinossauro, prosa (Infanto-juvenil), 1973 ;1988
Urso e a Formiga, prosa (Infanto-juvenil), 1973 ; 2002
O Soldado João, prosa (Infanto-juvenil), 1973 ; 2002
O Ratinho Marinheiro (Poesia para a infância), 1973 ; 2001
O Gato e o Rato, prosa (Infanto-juvenil), 1973 ; 1977
Oito Histórias Infantis, prosa (Infanto-juvenil), 1975 Ficha Técnica

Título: Diário de Sofia e Cª ( aos 15 anos)
Autor(a) : Luísa Ducla Soares
Editora: Civilização Editora
Data de Edição : Dezembro de 2004
Edição: 10ª Este livro relata o diário de uma rapariga de 15 anos que está a entrar no mundo da adolescência e conta através dele o seu quotidiano.

Recebe o diário no seu aniversário , no entanto, este ainda estava em branco. Como Sofia não gostava de escrever e a palavra "diário" fazia-lhe lembrar de imediato "Caderno Diário", a praga de todos os dias na escola, teve tanta desilução que o guardou no fundo da gaveta. Com o passar do tempo, Sofia apercebeu-se que ainda podia ser famosa com os seus pensamentos, então decide começar a escrevê-lo.

Como não queria ser reconhecida e expor ninguém, inventou um nome falso para cada pessoa que referia aos longos dos dias. Durante os mês de Outubro, Novembro e Dezembro:

Sofia fez uma descoberta sobre o café em frente á esplanada "Princesa das Arábias";
Fez um pacto de eterna amizade e confiança com os melhores amigos, o Miguel e a Cátia;
Descobriu quais os beneficios que tinha em ter 16 anos, como casar, tirar a carta de mota , etc ;
Começa a entender como é o mundo da droga, com a ajuda do"careca". Fala de uma rapariga da escola que era ignorada por todos ,pois era uma "baleia silenciosa", que por vezes apresentava nódoas negras no corpo. Sofia descobriu que o pai lhe batia e tentou ajudá-la entregando-lhe o número do SOS-Crianças;
Descobriu a maneira de almoçar de graça;
Fala sobre a Mafalda, sua colega de turma, que sofria de anorexia nervosa, pois como andava a querer emagrecer e quando queria alimentar-se já não conseguia;
Soube dos produtos de beleza à base de coisas naturais que a avó lhe ensinou;
Ajudou um cego em aflição;
Aborda o tema do Natal;
Mostra quais as características que um homem deve ter para ela ;
Fala como passou a passagem de ano; Durante o mês de Janeiro, Fevereiro e Março:
Fala da carta de amor que recebeu no primeiro dia do ano;
Fala do dia em que o "bebé" foi internado numa clínica de desintoxitacação;
Relaciona o amor que o cão recebe dos seus pais com ela; Escreve quais as partidas feitas no Carnaval ;
Ajuda a sua amiga Vanessa a ultrapassar o divórcio dos pais;
Fala dos dos beneficios de ter os pais divorciados; Durante Abril, Maio e Junho:
Fala do dia 1 de abril, dia das mentiras, referindo a mais engraçada, sendo esta a pregada á professora de matemática;
Lembra o dia de Páscoa;
Fala acerca dos abortos e das doenças sexualmente transmissíveis ;
Fala sobre o futuro que cada colega gostava de seguir;
Aborda o dia 25 de Abril, referindo que realizou um questinário a cerca desse dia; Fala da festa de anos do Joaquim, um amigo de infância e de raça diferente;
Do racismo e dos preconceitos;
Relata o desfile ecológico que houve na escola;
Dos apelidos dos colegas de turma ;
Da excursão ao Palácio da pena ;
Escreve o que acontece ao "bebé" depois de ser apanhado na casa do Fernando, referindo que este se suicidou. Fala da festa de angariação de dinheiro para a viagem de final de curso;
Escreve acerca do assalto no autocarro;
Sofia reencontra Anacleto, o papão da sua infância;
Fala dos planos com os amigos para as férias; No final desta aventura sabe-se que o "bebé" morre, o "Careca" consegue libertar-se do mundo das drogas e Sofia parte para Norte. Este diário acaba com o último pensamento de Sofia dizendo que apesar de ter chegado á última linha, a vida não tinha acabado, pois continuava. Relação Título-Obra

Este título está muito relacionado com a obra, pois ao longo dela não são relatados apenas os problemas de Sofia e como refere no final "sou uma mistura de mim com a minha família,os amigos,o cão,a história da droga e tudo mais".
Por isso,o título não é apenas Diário de Sofia , mas sim, Diário de Sofia e Cª . Carolia Franco 10º B ESSMM 2012/2013 Português Citações favoritas:

"Só vende quem mais trabalha";

" Hoje a felicidade é difícil de agarar" Opinão sobre a obra :

Gostei bastante de ler este livro, pois estão presentes temas da atualidade que me fazem refletir sobre a maneira como encaro a vida. Pude estar na pele de Sofia e imaginar todas as aventuras que passou. Outono

Tarde pintada
Por não sei que pintor.
Nunca vi tanta cor
Tão colorida!
Se é de morte ou de vida,
Não é comigo.
Eu, simplesmente, digo
Que há fantasia
Neste dia,
Que o mundo me parece
Vestido por ciganas adivinhas,
E que gosto de o ver, e me apetece
Ter folhas, como as vinhas.

Miguel Torga Diário X(1966)
Full transcript