Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

CGA - Técnica criativa publicitária a Sinética

No description
by

Bibiana Alves

on 7 February 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of CGA - Técnica criativa publicitária a Sinética

Técnica criativa. Sinética A História Sinética é um método analógica desenvolvido por William Gordon em 1957, como um aperfeiçoamento do brainstorming.

a palavra sinética tem como origem a palavra grega que significa a criação de ligações entre elementos distintos de ligação aparentemente irrelevante. O que é? Sinética e as suas Analogias A analogia pessoal, a analogia directa, a analogia simbólica e a analogia fantasiosa. Numa sessão de Sinética, estas quatro diferentes analogias ocorrem simultaneamente, não sendo possível nem útil separá-las.
Mediante o pensamento analógico, a Sinética considera as duas vertentes do processo criativo: o pensamento emocional e irracional e o pensamento racional e lógico. Processo 1- Redefinir o problema: Procurar a sua essênia.
2- Produzir analogias para a essência prevenção.
3- Encontrar associações para as analogias seleccionadas.
4- Procurar pontos em comum entre o produto inicial e as associações mais interessantes.
5- Fazer uma lista com todas as ideias produzidas.
6- Avaliação e selecção. Principios Transformar o estranho em familiar: O ser humano é naturalmente conservador e teme o que lhe é diferente e estranho. Assim, quando confrontado com algo estranho, o cérebro procura enquadrar as estranhezas nos padrões conhecidos.

Transformar o familiar em estranho: significa olhar para um problema conhecido fazendo um esforço consciente que procura distorcer, inverter, aglutinar, desmontar e montar algo que conhecemos de forma diferente. Método de resolução de problemas que estimula processos de pensamentos que a pessoa nem sempre está consciente. Analogia Pessoal - Identificação do indivíduo com uma parte do problema, colocando-se mentalmente no lugar do processo, mecanismo ou objecto que pretende criar.
Analogia Direta - Comparação entre dois artefactos - fotos, conhecimentos ou tecnologias paralelas. Transposição de conhecimento específico (mesmo tipo de mecanismo ou função envolvida no problema) para outra área.
Simbólica - Comparações abstractas, poéticas e provocadoras. Com base em imagens poéticas ou de ficção. Os símbolos são poderosos incentivadores do pensamento criativo.
Fantástica - Comparações invulgares, surreais ou paradoxais, que se baseiam em sonhos e desejos. Também servem para encontrar novas analogias directas ou simbólicas. Analogia pessoal Analogia Direta Analogia Simbólica FIM
Full transcript