Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Polímeros Industriais (FINAL)

No description
by

Luis Filipe Pinheiro Santos

on 11 April 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Polímeros Industriais (FINAL)

Os polímeros em geral Processos de fabricação Extrusão O que são polímeros ? Polímeros são materiais compostos por macromoléculas, que por sua vez são compostas pela repetição de unidades menores chamadas de meros.
Posuem elevada massa molar, resultante da polimerização. Principais polímeros industriais O polietileno de alta densidade, é um termoplástico gerado através da poliadição, possuí cristalinidade média à alta apresenta cor branca (s/ aditivos).
Baixo custo
Boa resistência química e ao impacto
Bom isolamento elétrico
Baixa absorção à umidade.
Baixa resistência ao calor, ao corte e à tração. Tipos de Polímeros Plásticos Tipos de Polímeros São poiímeros de baixo custo, baixo nível de exigência mecânica, aita produção, facilidade de processamento, etc. A produção destes termoplásticos somados corresponde a aproximadamente 90% da produção total de poiímeros no mundo. (Ex: LDPE, HDPE, PP, PS, PVC) Equipe 1 - NR05 Polímeros Industriais Polímeros Industriais São todos os polímeros que passaram por um processo de fabricação, ou seja, não-naturais. Injeção O politereftalato de etileno, apresenta cor transparente à branca, e média cristalinidade, processado por meio de injeção ou sopro.
Alta resistência: mecânica, quimica, termica e elétrica.
Boa transparaênia Polietileno de Alta Densidade (HDPE) Poli(terefilato de etileno) Vantagens e Desvantagens Policloreto de Vinila (PVC) Polietileno de baixa densidade (LDPE) Polipropileno (PP) Poliestireno (PS) O polietileno de baixa densidade é gerado por poliadição, possui cristalinidade mediana, e sua coloração se apresenta branca translúcida. Suas propriedades são semelhantes ao HDPE, exceto pela:
Baixa rigidez O policoreto de vinila, é um polímero gerado por meio da poliadição, apresenta cristilinidade insignificante, é branco e e pode se apresentar translúcido.
Alta rigidez
Alta resistência a substâncias apolares
Auto extinguível
Baixa resistência térmica (0 à 60ºC)
Bom isolamento elétrico
Resistente a intempéries Assim como os demais, o polipropileno apresenta cor natural branca translúcida, possui cristalinidade mediana, e é formado por meio da poliadição. Polipropileno Copolímero (PPC): Maior transparência
Maior flexibilidade
Menor tempratura de amolecimento Polipropileno Homopolímero (PPH): Antiaderente
Baixa densidade/baixo custo
Boa resistência quimica (a maior dos plásticos)
Boa Resistência ao impacto e ao atrito
Resistência térmica razoável O poliestireno apresenta cor transparente, formado por poiliadição, possui cristalinidade insignificante. Poliestireno Cristal (PSC) Poliestireno Alto Impacto (PSAI) Poliestireno Expandido (EPS) Acrilonitrila - Butadieno - Estireno (ABS) Estireno - Acrilonitrila (SAN) Alta rigidez
Baixa densidade/custo
Baixa resistência térmica
Baixa resistência química
Baixa resistência ao impacto.
Permeabilidade a gases Porta ovos
Cabos de escovas
Box para banheiros
Eletrodomésticos É produzido pela mistura física de SBR ao estireno.
Possuí as mesmas propriedades do PSC, exceto por uma melhor a impacto e perda das própriedades oticas, dresistênciaevido à adição de SBR. Interruptores
Copos e talheres descartáveis
Gabinete de refrigerador Mais conhecido como Isopor, é obtido pela adição de um material de expansão.
Flutuabilidade
Amortecimento de Impactos
Ótimo Isolamento Térmico Acrilonitrila = 15 a 30% Butadieno = 5 a 30% Estireno = O restante. Acrilonitrila = 15 a 35% Estireno = 65 a 85% O aumento percentual de Acrilonitrila: gera resistência termica, química e mecânica.
O aumento percentual de Butadiento gera maior resistência ao impacto.
O aumento percentual de estireno gera melhor facilidade de processamento e rígidez. Parachoques
Paineis
Carcaças de monitores e teclados Acessórios de banheiro
Compartimentos de filtros de água
Eletrodomésticos
Gavetas de refrigerador
Máquina de lavar louça
Pratos de salada
Produção de ABS
Tampas de aparelhos de som Poli(Metacrilato de Metila) (PMMA) Transparente, amorfo, mais conhecido com ACRILÍCO. Alta resistência térmica, química e à intempéries.
Resistência à tração (maior entre termoplásticos)
Baixa resistência ao impacto
Alta Rigidez Politetrafluoretileno (PTFE) Poliamida (PA) É uma fibra polímerica, branca e translucída, mais conhecido como Nylon. Alta resistência a tração e abrasão
Autolubrificante Baixo coeficiente de atrito
Resistência á temperaturas extremas (-80 à 240ºC)
Autolubrificante
Ótimo isolante eletrico
Não toxico. Mais conhecido como TEFLON. Outros polímeros conhecidos São materiais estáveis em condições normais, e em sua fabricação apresentam-se em estado liquído para serem moldados.
Ex: PVC, PE, PS Elastômeros Materiais polímericos capazes de se restaurar de uma deformação após cessada uma determinada força.
Ex: Polibutadieno, borracha nítrica. Fibras São polímeros em que a razão entre o comprimento e as dimensões laterais é muito grande
Ex: Poliésteres, poliamidas e poliacrilonitrila. Termoplásticos convencionais: Termoplásticos especiais Custo superior aos convencionais, porém com melhores propriedades. (Ex: PMMA, SAN, PTFE) Termoplásticos de engenharia Confecção de peças de bom desempenho para aplicação em dispositivos mecânicos. (Ex: PET, PBT, ABS, PC, PPO) Termoplásticos de engenharia especiais Usados em aplicações onde a temperatura alta é a maior exigência. (Ex: polímeros sulfurados, poliimidas, etc.) Outros processos: Para plásticos: Sopro, fundição.
Para elastômeros: Vulcanização
Para fibras: Fiação. Referências Bibliográficas Canevarolo Jr., Sebastião, Ciência dos polimeros. 2ª Edição, 2006. Poliadição Policondensação Polímerização Conformação É o processo de união de monomêros, em que não há perda de massa, o peso do produto é igual ao dos reagentes. (PE, PP, PVC, PMMA É o processo de formação e polímeros no qual dois grupos funcionais reagem entre si, gerando como produto, o polímero e água (ou ainda outras moléculas de baixo peso molar. O mercado de políeros Atualmente o mercado de polímeros vem sendo impulsionado por diversos fatores, dentre eles podemos citar:
Aumento da produção automobilística.
Crescimento populacional (residências)
Consumismo (eletrodoméstico, embalagens de produtos em geral)
Saúde (artigos esportivos)
Avanço tecnológico (Polímeros de engenharia/especiais)
Entre outros fatores. Termoplásticos São plásticos que podem ser aquecidos e moldados diversas vezes sem perder suas propriedades. Sendo a reciclagem deste material mais viável. Termorrígidos Uma vez prontos, estes materiais nãose fundem mais, e ao aquecidos sofrem degradação.
Full transcript