Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

A África antiga

No description
by

Gilvan Leite de Oliveira

on 18 August 2017

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A África antiga

A África antiga
diversidade de povos e reinos
Localização: Núbia, região ao sul do Egito, entre a segunda e a sexta catarata do Rio Nilo. Acompanhava o curso do Nilo e seus oásis.
Capital: cidade de Napata, substituída, no século V a. C., por Meroé.

O reino de Kush ou Cuxe
Os núbios sempre tiveram relações com os egípcios.
Primeiro em 1952 a. C., depois, em 1500 a. C., os egípcios dominaram os núbios.
Em 750 a.C. a situação se inverteu: os cuxitas dominaram o Egito, iniciando um período de quase um século de governo, quando foi inaugurada a XXV Dinastia, dos faraós negros.
Ligações com o Egito
Os kushitas dominaram o Egito até a sua conquista pelos assírios, em 663 a. C. Ao retiraram-se para o sul, estabeleceram-se na cidade de Meroé. Napata continuou sendo a capital reigiosa do Reino de Kush.
Pecuária: inicialmente era a principal atividade econômica com a criação de búfalos, cavalos, burros e cabras.
Agricultura: desenvolvida após a transferência da capital para Napata, com o cultivo de trigo, centeio, lentilha, algodão e linho.
Caça e coleta: marfim, peles e plumas.
Mineração: metais e pedras preciosas, principalmente o ouro.
Comércio: foi de grande importância, pois o reino se situava num ponto de convergência de diversas rotas comerciais.
Atividades econômicas
Por volta do século III d. C., o Reino de Kush iniciou um longo período de decadência relacionado a problemas ambientais e a conflitos com o reino de Axum
Declínio
Política
Eram politeístas: adoravam vários deuses, na sua maioria egípcios.
Napata era o importante centro religioso do Reino mesmo após a transferência da capital para Meroé (séc. VI a. C.). Em Napata os reis eram coroados.
Religião
Distinguiu-se dos outros reinos da África.
Governado por um rei que não transferia o seu poder de forma hereditária.
O rei era eleito pela comunidade e pela consulta dos deuses.
As candaces (rainhas que eram mães ou esposas) cuidavam da educação dos filhos, dos ritos religiosos e das relações com outros povos. Entre os séculos II de a. C. e I d. C. algumas rainhas chegaram a assumir o poder.
A sociedade encontrava-se dividida em camadas:
Rei e sua família;
Nobres e sacerdotes;
Comerciantes, militares e agricultores;
Escravos (prisioneiros de guerra).
Inicialmente
Organização social
Full transcript