Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Semântica Cognitiva

No description
by

Thais Sampaio

on 27 April 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Semântica Cognitiva

Três formas diferentes de conceber a relação entre
linguagem
e
realidade
:
Estudar semântica é estudar o processo de interpretação. E isso não é possível se nos limitamos à análise do significante.
Isso porque
o significante não porta o significado, ele apenas o guia.

A escolha da forma implica a escolha de um potencial de sentido, que guiará o processo de construção de significado.
A insuficiência do significante
Estudar semântica é estudar o processo de interpretação. E o processo de interpretação resulta de semioses (organizações simbólicas) que operam concomitantemente:
A Construção do Significado
O significado emerge de dentro para fora, porque é construído, situadamente, a partir de nossos domínios de conhecimento. Tais domínios, por sua vez, são construídos a partir de nossas experiências físicas, sociais e culturais.
O significado não é resultado de um pareamento entre linguagem e mundo.
Linguagem verbal
Memórias pessoais
Determinação situacional
Modelos culturais
Pressão comunicativa

Semântica Cognitiva
O significante linguístico é apenas a ponta do iceberg.
Perspectiva Relativista
Perspectiva Objetivista (ou Realista)
Perspectiva Experiencialista
Existe uma realidade objetiva e é isso que dá conteúdo à linguagem.
Não há uma realidade objetiva que seja independente da linguagem e da história.
A linguagem cria a realidade.
Existe uma realidade objetiva, mas a concepção dessa realidade depende de nosso aparato biológico, social e cultural.
Linguística Cognitiva
A questão do significado é central na investigação sobre a linguagem.

O significante não porta o significado; ele apenas o guia.

Nossas concepções sobre as coisas do mundo são construídas a partir de nossa experiência no mundo.

O significado dos enunciados são construídos na interação.
Para a Semântica Cognitiva,
o significante é apenas a ponta do iceberg.


O Mapa não é o território, mas uma representação dele.
Eu adoro a praia
do Forte!
X
Y
Z
A nova empregada fez uma bela
limpeza na minha casa.
A relação Semântica-Pragmática:
Se estudar semântica é estudar o processo de interpretação,

não dá para separar conhecimento semântico de conhecimento pragmático.
Esta prova está muito
boa.
Conhecimento de dicionário X conhecimento enciclopédico:
Se estudar semântica é estudar o processo de interpretação,

não dá para separar conhecimento linguístico de conhecimento de mundo.

Toda interpretação de sentido envolve nosso conhecimento de mundo.
O caráter partilhado da construção do sentido:
“Firmado a partir da sustentação do caráter social da cognição humana, o princípio do partilhamento nos processos de significação põe em relevo a participação dos interactantes.
O sentido não seria, pois, uma propriedade intrínseca da linguagem, mas o resultado de uma ação conjunta que presume cooperação, consentimento.
Em outros termos, significa dizer que a linguagem é conhecimento para o outro, que o sentido é uma construção situada no jogo, no drama da interação. É assim, pois, que informações idênticas podem ser processadas de modo distinto em contextos diferentes.” (MIRANDA, 2002)
Full transcript