Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Defesa de Dissertação - PPGAd/FURB

Tatiana Marceda Bach
by

Eduardo Villar

on 25 July 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Defesa de Dissertação - PPGAd/FURB

Delineamento Metodológico
Atuação de professores e de pesquisadores no processo de institucionalização da abordagem de estratégia como prática
Defesa de Dissertação
Como professores e pesquisadores do campo científico de estratégia atuam no processo de institucionalização da abordagem de estratégia como prática?

Descrever os elementos (atividades, rotinas e comportamentos) que compõem o papel que os professores de estratégia assumem em diferentes níveis de ensino: na graduação, na pós-graduação lato sensu e na pós-graduação stricto sensu;
Averiguar a atuação dos professores no ensino de estratégia como prática;
Identificar as condutas que os pesquisadores assumem no desenvolvimento de estudos no campo científico em estratégia;
Base Teórico - Empírica
Instituições: conjunto compartilhado e socialmente constituído de normas, ideias, sentimentos e valores;

Grande número de temáticas (UYGUN; ALTIN, 2011);
Novas abordagens são incorporadas (HOSKISSON et al., 1999);
Predomínio de métodos quantitativos (UYGUN; ALTIN, 2011);
Diferenças entre a ciência e a práxis (SPLITTER; SEIDL, 2011).

Disciplina de Política de Negócios (CRUIKSHANK, 1987);

Exploratório-explicativa;

Qualitativa

Estudo de caso coletivo.

Categorias de Análise
9 IES: PUCPR, UFPR, UP, FURB, UNIVALI, UFSC, UDESC, UNISUL e FGV;

Resultados
Estratégia como prática é “abstrata” e demanda um conhecimento sociológico não dominado pelos alunos;

Há pouco espaço para SAP na graduação e na especialização;
Disciplinas que incluem SAP entre as vertentes estudadas e uma disciplina voltada especificamente para SAP;
Papel dos Pesquisasores
SAP
Publicar suas pesquisas;
Participar de bancas e orientar teses e dissertações;
Atingir certo número de pontos em publicações.

Institucionalização de SAP
Considerações Finais
As diferentes condutas adotadas pelos docentes e pelos pesquisadores de estratégia se relacionam com sua atuação na pesquisa e no ensino de SAP, contribuindo para sua institucionalização;

No ensino, identificaram-se diferentes condutas de acordo com os níveis;

O papel assumido pelos pesquisadores de estratégia apresenta maior contribuição para a institucionalização de SAP;


Narrativa dos entrevistados pode contemplar confusões, enganos e equívocos;
.
Papéis dos professores e dos pesquisadores de estratégia
DC: Papéis são formas de ação (tipos) em um determinado contexto;
Por desempenharem papéis sociais, os atores são introduzidos em áreas específicas do conhecimento socialmente objetivado.

Mestranda: Tatiana Marceda Bach
Orientadora: Prof. Silvana Anita Walter, Dra.


Área de Concentração: Gestão de Organizações
Linha de Pesquisa: Estratégia
Grupo de Pesquisa: Estratégia e Competitividade em Organizações

Universidade Regional de Blumenau - FURB
Programa de Pós-Graduação em Administração
Mestrado em Administração

Introdução
A estratégia como prática (SAP) é uma das perspectivas teóricas da área de estratégia;
O número de publicação vinha crescendo no Brasil e no exterior;
Diminuição das publicações a partir de 2008;
Momento de ressignificação ou indício de desuso?
Pesquisadores possuem uma relevância fundamental na definição dos temas, da teoria e dos métodos a partir dos quais desenvolverão suas pesquisas.
Papéis professores é fundamental na construção do processo de ensino-aprendizagem;
Verificar a relação entre o processo de possível institucionalização de SAP e os papéis assumidos por professores e por pesquisadores;
Institucionalização a partir da sociologia do conhecimento;
Problema de Pesquisa
Objetivo Geral
Compreender a atuação de docentes e de pesquisadores no momento atual do processo de institucionalização da perspectiva de estratégia como prática.

Objetivos Específicos
Objetivos Específicos
Evidenciar a atuação dos pesquisadores na pesquisa embasada na abordagem de estratégia como prática;
Relacionar a tipificação de papéis de docentes e de pesquisadores com os fatores que favorecem ou desfavorecem, atualmente, o processo de institucionalização da perspectiva de estratégia como prática.
Justificativa
Apesar de recente, essa abordagem vinha ganhando espaço na área;
Avaliar como essa abordagem tem se desenvolvido;
Compreender a atuação de professores e de pesquisadores a esse respeito;
Avaliar o processo de institucionalização de SAP pode ajudar a compreender como abordagens teóricas sobrevivem ou não;
Estudos sobre institucionalização de SAP não utilizam sociologia do conhecimento.
Justificativa
A institucionalização está vinculada à tipificação de ações habituais;
Tipificações norteiam o comportamento;
Tipificações são compartilhadas;
Conhecimento compartilhado a respeito das condutas adequadas definem os papéis.
Sociologia do conhecimento


(BERGER; LUCKMANN, 2009):
O aprendizado de um papel abrange rotinas necessárias ao seu desempenho e o que é adequado a esse papel.
Papéis se relacionam a “tipos” de atores (ex: professores de estratégia);
Pesquisa em estratégia
Ensino de estratégia
Predomínio de estudos de caso (GREINER; BHAMBRI; CUMMINGS, 2003);
Uso de textos, de consultorias, de vídeos, convidados externos e palestrantes (TEACH; GOVAHI, 1993).
Pode haver diferença na atuação do professor conforme o nível de ensino (GREINER; BHAMBRI; CUMMINGS, 2003).
DO: Identificaram-se condutas e padrões de ação comuns a professores e a pesquisadores que caracterize o estabelecimento de um papel social;
Analisados com base na descrição das atividades, das condutas e das rotinas dos professores, além de normas, valores e emoções.

Institucionalização da abordagem de estratégia como prática
DC: Processo por meio do qual atores, ações, condutas e atividades humanas cotidianas, depois de tornados habituais, são tipificados de forma recíproca;


A tipificação em questão passa a ser compartilhada e acessível a todos os membros do grupo social.
DO: Estabelecimento, pelos professores e pesquisadores, de condutas e papéis relacionados a SAP;

Ensino: inserção de SAP no conteúdo e/ou nos procedimentos metodológicos de disciplinas da graduação e da pós-graduação;
Pesquisa: docentes que pesquisam, orientam e/ou participam de bancas orientadas por SAP, bem como participam de eventos que abrangem essa perspectiva.
Participantes da Pesquisa
20 professores titulares das disciplinas relacionadas à área de estratégia nos pós-graduação stricto-sensu.
Triangulação;

Dados
Entrevistas a partir de um roteiro semiestruturado;
Análise de 17 planos de ensino e dos currículos lattes dos participantes da pesquisa;
Observação a partir do contato e de conversas informais com os docentes;
Análise de conteúdo temática.
Graduação e Especialização
Graduação e Especialização
Papéis dos Professores
Papéis dos Professores
Seguir a ementa;

Lecionar conteúdos voltados à atuação dos profissionais nas organizações;
Expectativas dos alunos e das IES;

Adotar uma perspectiva teórica mais economicista;
Especialização mais pragmatista;
Apresentar diferentes perspectivas teóricas
Promover reflexões;
Aprofundar os conteúdos;


Mestrado e Doutorado
Estão em interação com as expectativas de outros atores do contexto social.
Alteram-se conforme o nível de ensino;


Papéis dos Professores (SAP)
Desvinculação entre SAP e o foco na aplicabilidade profissional direta do ensino;
Na pós-graduação stricto sensu, há maior abertura para a inserção da perspectiva de estratégia como prática;
É mais fácil propor disciplinas complementares do que em outros níveis de ensino.
Definir alguns temas específicos e abordagens teóricas;
Realizar leituras da área;
Participar de congressos;

Alguns entrevistados realizam pesquisas, orientam e participam de bancas de trabalhos embasados em SAP;




Outros pesquisadores encontram dificuldades em desenvolver estudos em SAP.
Outros não têm interesse em fazê-lo;
SAP
Dificuldades
Não ter com quem discutir a respeito;
Acreditar que essas pesquisas demandam mais tempo e complexidade;
Possível dificuldade em publicar artigos nessa perspectiva

A maioria dos entrevistados teve, pelo menos, uma atuação vinculada a SAP (favorecem a institucionalização):

leituras;
orientação de teses e dissertações;
pesquisas;
participação em bancas;
participação em congressos e eventos;
conteúdo para o ensino.
Fatores que desfavorecem a institucionalização:

atender às expectativas dos alunos;
falta de discussão de grupos de pesquisas interinstitucionais;
ausência de articulação política;
pessoas influentes não pesquisarem nem ensinarem;
tempo de realização das pesquisas em SAP.
sabem que existe, não a conhecem amplamente;
estão procurando conhecer a abordagem;
participam de bancas, orientam alunos a esse respeito, empregam alguns autores em suas pesquisas e inseriram alguns textos em sua disciplina;
pesquisam e orientam, preferencialmente, em SAP, bem como criam disciplinas voltadas a essa vertente.


Os pesquisadores e os docentes se encontram em diferentes momentos de contato e utilização de SAP:

Conclusão
O ensino de SAP se dá com maior frequência na pós-graduação stricto sensu;
Espera-se que este estudo possa contribuir para o desenvolvimento do ensino e da pesquisa em estratégia no Brasil.
Verificar quais os papéis assumidos por outros atores ou em outros contextos;

Estudos futuros

Muitos entrevistados sabiam que essa dissertação foi orientada por uma docente que desenvolve pesquisas à luz de SAP.
Limitações

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2010.
BERGER, Peter; LUCKMANN, Thomas. A construção social da realidade: tratado de sociologia do conhecimento. 30. Ed. Petrópolis: Editora Vozes, 2009.
CRUIKSHANK, Jeffrey L. A delicate experiment: The Harvard Business School, 1908-1945. Boston: Harvard Business School Press, 1987.
DOOLEY, Arch; SKINNER, Wickham. Casing casemethod methods. The Academy of Management Review, v. 2, n. 2, p. 277-289, abr., 1977.
GREINER, Larry E.; BHAMBRI, Arvind; CUMMINGS, Thomas G. Searching for a strategy to teach strategy. Academy of Management Learning & Education, v. 2, n. 4, p. 402-420, dez., 2003.
HODGKINSON, Gerard P.; WRIGHT, George. Neither completing the practice turn, nor enriching the process tradition: secondary misinterpretations of a case analysis reconsidered. Organization Studies, v. 27, n.12, p. 1.895-1.901, 2006.
HOSKISSON, Robert E.; HITT, Michael A.; WAN, William P.; YIU, Daphne. Theory and research in strategic management: swings of a pendulum. Journal of Management, v. 25, n. 3, p. 417-456, 1999.
MAHONEY, Joseph T.; MCGAHAN, Anita M. The field of strategic management within the evolving science of strategic organization. Strategic Organization, v. 5, n. 1, p. 79-99, 2007.
WALTER, Silvana A.; AUGUSTO, Paulo O. M. A institucionalização da estratégia como prática nos estudos organizacionais. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO, 33, 2009, São Paulo. Anais...Rio de Janeiro: ANPAD, 2009.
WALTER, Silvana A.; BACH, Tatiana M.; BARBOSA, Flaviane. Estratégia como prática: análise longitudinal por meio de bibliometria e sociometria. Revista Brasileira de Estratégia, Curitiba, v. 5, n. 3, p. 307-323, set./dez. 2012
WOOD JR., Thomaz; PAULA, Ana P. P. de. O fenômeno dos mpas brasileiros: hibridismo, diversidade e tensões. Revista de Administração de Empresas, v. 44, n. 1, p. 116-129, 2004.

Referências
Agradecimentos
A minha família: meus pais Breno Paulo Bach e Marlene Schons Bach; e meus irmão Andréia Jaqueline Bach e Jones Ismael Bach;
À minha orientadora, professora doutora Silvana Anita Walter;
A Marcilda Regina Cunha da Rosa;
Ao meu amigo Eduardo Guedes Villar ;
Ao meu amigo e colega do mestrado André Buzzi Júnior;
A minha amiga especial e colega do mestrado Terezinha Fuck Jorge Leite;
Aos professores doutores do Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGAd);
Aos professores doutores membros da banca de qualificação, Maurício Capobianco Lopes e Carlos Eduardo Facin Lavarda;
Aos professores doutores membros desta banca de defesa final, Cristiano de Oliveira Maciel, Maurício Capobianco Lopes e Gérson Tontini.

Muito obrigada!!!
Full transcript