Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Emoções

No description
by

Camila Bento

on 6 March 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Emoções

Carácter específico dos processos emocionais
Tudo começa quando somos bem pequeninos....

E as emoções continuam a manisfestar-se ao longo de toda a vida

o tempo;
a intensidade;
as alterações corporais;
as causas;
os objetos a que se dirigem,
a versatilidade,
a polaridade (se são positivas ou negativas) ;
a interpretação dos factos.
Tipos de emoções
Componente cognitiva;
Componente avaliativa;
Componente fisiológica;
Componente expressiva;
Componente comportamental
Componente subjetiva
Componentes das emoções
Tentativas de explicação das emoções
As emoções e os sentimentos não devem ser vistos com um obstáculo ao pensamento
Emoções
Camila Bento para a disciplina de Psicologia B
Nos bebés, existem determinados sinais emocionais (o grito, o choro,...) que permitem a comunicação com os adultos.
Diz-se que as emoções têm um
valor adaptativo
, porque, neste caso em especial, levam os adultos agir e proporcionar às criança um maior bem-estar.



Independentemente da nossa idade, condição ou cultura
Para compreendermos melhor as emoções, temos que pensar em determinados fatores, como:
As emoções fazem-se, muitas vezes, acompanhar por reações orgânicas, como por exemplo a fuga, no caso de medo, que faz alterar o ritmo cardíaco
Emoções primárias
, que são aquelas que aparecem desde muito cedo, como a alegria, a tristeza, o medo;
Emoções secundárias
que implicam uma avaliação cognitiva das situações e o recurso a aprendizagens feitas, como é o caso da vergonha, do ciúme, da orgulho e mesmo da culpa;
Emoções de fundo
, que são o bem-estar, o mal-estar, a calma e a tensão.
Os afetos constroem-se através das emoções!
Os sentimentos são algo privado, visto que são estados voltados para o nosso interior, enquanto que as emoções são dirigidas para o exterior. Podemos observar e interpretar emoções, mas não podemos fazê-lo com os sentimentos.
Distingue as seis emoções básicas
Considera que as emoções desempenham um papel adaptativo fundamental ao longo da história.

Mais tarde, Paul Ekman continuou esta teoria, inicialmente tentando provar que indivíduos de culturas diferentes sentiriam diferentes emoções. Após alguns testes feitos ao longo do mundo, Ekman acabou por inverter o que queria provar e aceitando que existem realmente emoções universais.
Perspetiva Evolutiva
William James surgiu com esta perspetiva.
Defende que as emoções resultam das perceções do estado do corpo. Assim, à luz desta teoria, eu tenho medo porque fujo e não o contrário. São os estímulos do meio que produzem alterações fisiológicas no organismo, cuja interpretação é responsável por gerar emoções.
Esta teoria estabelece uma grande ligação entre o corpo e a mente e considera a emoção como estado subjetivo.
Perspetiva Fisiológica
Perspetiva Cognitivista
As emoções são comportamentos apreendidos no processo de socialização. O que esta teoria quer dizer é que as emoções, a par com a linguagem, são uma construção social, que pressupõe aprendizagem e que, por isso, dependem da cultura em que o individuo está inserido, variando no espaço e no tempo. Assim, em cada cultura e para cada cultura existe uma linguagem da emoção específica, reconhecida por todos aqueles que nela estão inseridos.
Perspetiva Culturalista
São os fatores cognitivos, como a perceções, as recordações, aprendizagens e experiências que explicam os estados emocionais. Assim, a forma como o indivíduo encara, interpreta e avalia a situação e as suas consequências causa a emoção.
Para corroborar esta teoria, podemos pensar que uma pessoa se estiver mentalizada para sentir uma determinada emoção, esta manifestar-se-á com menor intensidade.
Full transcript