Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O teste de barragem de Toulouse-Piéron em Avaliação Psicológ

No description
by

Catarina Silva

on 11 April 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O teste de barragem de Toulouse-Piéron em Avaliação Psicológ

Avaliação Psicológica
Atenção Focalizada e Atenção Dividida
O teste de barragem de Toulouse-Piéron
Atenção Dividida


Baseia-se na capacidade de, perante a apresentação simultânea de dois ou mais estímulos, conseguir responder a ambos e executar duas tarefas
.

Atenção Focalizada

Fundamenta-se na apresentação de dois ou mais estímulos, mas apenas solicitando a resposta a um deles, sendo os restantes ignorados.

A atenção focalizada divide-se em: atenção visual focalizada e atenção auditiva focalizada

(Eysenck & Keane, 2007).
Autores
: E. Toulouse e H. Piéron

População
: Crianças e Adultos

Idade
: a partir dos 9 anos

Aplicação
: Individual ou em grupo

Duração
: 10 minutos controlados de minuto a minuto e 5 minutos de correção e avaliação

Material necessário
: Folha de teste, lápis afiado dos dois lados ou dois lápis, borracha e cronómetro.
Lisboa, Abril, 2014
EPCV - ULHT

Podemos definir atenção como sendo um
mecanismo interno
que permite a um indivíduo elaborar e interpretar determinada informação através de um processo de focagem de um estímulo em detrimento de outro (Agostinho Silva, 1971).


A atenção é determinada por:

Fatores externos
(ou da situação, como por exemplo o contraste ou o movimento dos estímulos);

Fatores internos
(como por exemplo a nossa motivação ou consciência).

(Agostinho Silva, 1971; Chaplin, 1981; Pestana & Páscoa, 1998; Oliveira et al, 2013).


A Atenção
Anamnese
O teste de barragem de Toulouse-Piéron
Sou o
João
.

Tenho 25 anos e sou advogado estagiário.

Vivo com os meus pais e com a minha irmã mais nova.

Considero as minhas relações socio-afetivas saudáveis.

Todo o meu desenvolvimento foi apropriado e adaptativo.

Fui operado aos 19 anos aos olhos.

Tenho um tique de piscar os olhos em picos de ansiedade.
O teste de barragem de Toulouse-Piéron em Avaliação Psicológica Forense
Atenção Involuntária e Atenção Voluntária

Atenção Involuntária

Produz-se e mantém-se independentemente da vontade do sujeito;


Atenção voluntária

O sujeito escolhe conscientemente orientar a sua atenção para determinado objeto.


(Rubinstein, 1973; Chaplin, 1981; Vieira Costa, 2007).

Atenção Seletiva
A atenção seletiva assenta na capacidade de, ao recebermos inúmeros estímulos, conseguirmos escolher quais ou qual o mais importante a reter.



Estima-se que o primeiro investigador a estudar esta temática tenha sido Herman von Helmholtz




(Rossini, 2006; Vieira Costa, 2007).

Atenção e Perceção
Atenção e Concentração

A concentração consiste na sustentação da atenção seletiva, inibindo distrações por um período de tempo prolongado,

A focalização e a concentração são a essência da atenção


(William James (1999, citado por Weinberg & Gould, 1999).

A atenção manifesta-se no quadro da perceção e no quadro do pensamento.

A atenção tem ainda uma certa bilateralidade: se por um lado dirige-se para o objeto, por outro é esse mesmo objeto que a chama a atenção.

A perceção caracteriza-se como sendo o processo de conhecimento de objetos e factos através dos sentidos.


(Rubinstein, 1973; Chaplin, 1981).


Patologias associadas à Atenção
Perturbação de Hiperatividade com Défice de Atenção;

Perturbação da Aprendizagem;

Perturbação do Comportamento;

A atenção é fortemente afetada pelo consumo de substâncias, de álcool e/ou de medicamentos

(DSM-IV-TR, 2002).


Avaliação Psicológica
Provas utilizadas devem ser:
Diferentes de caso para caso;
A escolha deve ser feita de acordo com a situação específica.

Essencial avaliar:
Situações de simulação e de dissimulação;
Processos cognitivos;
Aspectos psicológicos do indivíduo;
Como funciona a nível cognitivo e comportamental.
Descrição da prova:
O teste consta de quarenta linhas com quarenta figuras cada linha. Estas figuras distinguem-se umas das outras pela orientação do traço exterior.

Pontuação
: Acertos - (Erros + Omissões)

Correção
: Feita com o auxílio da grelha de correção ou não

Finalidade
: Avaliar a aptidão percetiva e a capacidade de atenção dos sujeitos, através de uma tarefa rotineira que exige concentração e resistência à monotonia.
É uma prova auxiliar do diagnóstico indicativo da capacidade de eficiência de um individuo numa atividade específica.

Tem como objetivo avaliar a atenção concentrada em dois aspetos:

A velocidade atencional;

A exatidão atencional.

Este teste permite ainda avaliar a resistência à fadiga atencional e averiguar o ato e o estado da atenção, ou seja, a atenção voluntária permanente.
O teste de barragem de Toulouse-Piéron
Desvantagens ou limitações

Apresenta estímulos debéis o que faz dela uma tarefa monótona;

Não é, por si só, um instrumento suficientemente válido para estudar a atenção;

Não demonstra a atenção na realidade;

O
setting
é muito importante na medida em que, ao avaliarmos a atenção concentrada, não deve haver nenhum tipo de estímulo distractor.

As perturbações da visão podem dificultar a realização da prova;

Doenças, estados emocionais fortes, fadiga ou patologias também podem influenciar a realização da prova.

Vantagens

Pode ser realizada independentemente dos níveis etários e culturais do sujeito;

Não exige conhecimentos especiais nem um grau de inteligência;

Pode ser aplicado a analfabetos visto o conteudo nao ser verbal;

Realização e aplicação rápida;

Auxilio no diagnóstico de certas perturbações, tal como na procura da terapia.
O teste de barragem de Toulouse-Piéron
Procedimento

Resultados
O teste de barragem de Toulouse-Piéron
Para fazer a correção da prova, inicialmente contam-se os quadrados bem marcados (
acertos
), as
omissõ
es e os
erros
.
Resultados
O teste de barragem de Toulouse-Piéron
De seguida calculámos o
Rendimento de Trabalho:


RT = A – (E + O) x 100

228 – (0 + 30) x 100 =
=
19,8%

Resultados
O teste de barragem de Toulouse-Piéron
Posteriormente, calculámos o
Índice de Dispersão
(ID) através da fórmula:

O ID do João foi: = 13,2%
Resultados
O teste de barragem de Toulouse-Piéron
Por fim, fizemos o gráfico com a
Curva do Rendimento de Trabalho
, a
Curva dos Acertos
, a
Curva dos Erros
e a
Curva das Omissões .
A avaliação psicológica remete para um processo complexo de tomada de decisão, envolvendo tarefas de escolha, de inferência e de formulação de juízos clínicos, bem como de integração dos resultados.


Fundamental trabalhar a objetividade, a precisão e a validade dos resultados obtidos.


Acompanha a Psicologia nas diversas áreas de aplicação.

(Diniz,2004; Krishnamurthy et al, 2004; Simões,1993; Dana, 2005; Hambleton et al, 2005)
Resultados
O teste de barragem de Toulouse-Piéron
Avaliação Psicológica em Contexto Forense
Direito Penal

Cumprimento da execução de penas de prisão e de penas não privativas da liberdade;
Psicologia do Testemunho;
Perigosidade e risco de violência;
Vitimologia e compreensão do agressor;
Delinquência juvenil;
Avaliação do consumo de estupefacientes e substâncias psicotrópicas;
...
Direito Cível

Tribunais de família e menores
;
Internamento compulsivo dos portadores de anomalia psíquica;
Inimputabilidade;
Inabilidades;
Determinação da capacidade testamentária.

Mais ainda:
Acidentes de trabalho;
Doenças profissionias.

O teste de barragem de Toulouse-Piéron em Avaliação Psicológica Forense
Na área do Testemunho;

Em todos os crimes por negligência;

Em casos de regulação do poder paternal ou adoção;

Em sinistralidade rodoviária;

Entre outras.
Full transcript