Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

TDIC

No description
by

Jaime Júnior

on 19 July 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of TDIC

Trabalho TDIC – u-learning e m-learning
Introdução:
• “Diferentes tecnologias podem conviver em um mesmo espaço, de forma que um meio não substitui o outro, mas o complementa.”
Introdução:
Para alcançarmos um aprendizado amplo e integrado, é preciso utilizar toda a riqueza potencial dos recursos tecnológicos. O ideal seria combinar diferentes tecnologias que tornassem misto o espaço de aprendizagem:
- presencial digital virtual
- presencial físico (face a face).

Vantagens:
Conclusão:
•Essas tecnologias devem servir como complemento aos modelos atuais de aprendizagem, de forma a otimizá-los.
•Os indivíduos devem utilizar esses recursos de maneira integrada, compartilhando conhecimento, interagindo com os demais sujeitos, e não isoladamente
•“No futuro, talvez, não mais faça sentido uma instituição oferecer um laboratório de informática. A tecnologia estará em todo lugar, e isso afetará a própria concepção que hoje temos sobre o que é um espaço para ensino e para aprendizagem e como ele deve ser estruturado.”

Integrantes
Jaime Lopes

Jássia Lopes

Roberto Lazzarini
Conceitos:
u-learning (ubiquitous-learning):
ambiente de aprendizado que pode ser acessado em vários contextos e situações;
permite que o estudante esteja totalmente inserido em qualquer situação no processo de aprendizagem e educação
aprendizagem onipresente

qualquer tipo de aprendizado que ocorre quando o aprendiz não está fixo em determinado local
aprendizado que ocorre quando o aprendiz obtém vantagens a partir das oportunidades oferecidas pelas tecnologias móveis.
exemplos: notebooks, tablets, MP3, smartphones;

m-learning (mobile-learning):
u-learning:
inclui as tecnologias móveis e sem fio, mas não se limita a elas;
não é necessário “carregar” fisicamente dispositivos tecnológicos que apoiem a aprendizagem
o aprendiz tem à disposição diversos objetos com recursos computacionais que utilizará quando lhe for mais apropriado
esses dispositivos contam com sensores ou mecanismos de localização que identificam a posição geográfica do usuário --> oferta de recursos mais adequados às suas necessidades, conforme o ambiente que o cerca
realidade aumentada: potencializa o conhecimento a respeito de objetos lugares ou eventos;

m-learning:
maior controle e autonomia sobre a própria aprendizagem;
aprendizagem no local, horário e condições que o aprendiz julgar mais adequados
continuidade e conectividade entre contextos (enquanto o aprendiz se move em determinada área ou evento)
espontaneidade e oportunismo: aprender de forma espontânea, de acordo com suas necessidades e interesses
mobilidade tecnológica: dispositivos portáteis
mobilidade sociointeracional: aprender em interação com diferentes níveis e grupos sociais
mobilidade temporal: aproveitamento de eventuais “tempos mortos” (exemplos: sala de espera)

Limitações:
Apesar dos aprendizes não mais precisarem ficar limitados a um espaço físico ou formal de aprendizagem, tanto u-learning quanto m-learning apresentam aspectos negativos:
essas tecnologias não foram desenvolvidas originalmente com fim educacional, portanto o seu uso para essa finalidade deve ser bem planejado;
pode haver foco excessivo na tecnologia em detrimento dos objetos reais de aprendizagem;
uso de uma nova tecnologia nos processos de ensino e de aprendizagem não garante, por si só, inovação educacional;
é necessário que os profissionais passem por um processo de capacitação para utilização adequada desses recursos tecnológicos como fins educacionais;
o custo dessas tecnologias é elevado e o acesso à rede pode ser restrito;
inexistência de um padrão único de dispositivo e de sistema operacional para aparelhos móveis;
Full transcript