Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

TABAJARA RUAS: "O AMOR DE PEDRO POR JOÃO"

No description
by

Fernando Juarez de Cardoso

on 6 August 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of TABAJARA RUAS: "O AMOR DE PEDRO POR JOÃO"

CONTEXTO HISTÓRICO
Contudo, a chamada União Popular resiste somente até o ano de 1973, quando os militares dão um ultimato a Allende, que, não aceitando os termos daqueles, acaba por suicidar-se.
TABAJARA RUAS
O AMOR DE PEDRO POR JOÃO

MOSAÍCO NARRATIVO
Algumas características:

- fragmentação narrativa;
- grupos de personagens;
- ação x introspecção;
- divisão: 12 capítulos de 6 partes.
AS GERAÇÕES DE "AMOR DE PEDRO POR JOÃO"
Painel histórico e seus agentes
- fragmentação narrativa e quebra da linearidade temporal;

- destruição da continuidade espacial;

- mudança de foco narrativo;

- supressão dos nexos narrativos;
A ORDENAÇÃO DA HISTÓRIA
Epopeia x melancolia
BIOGRAFIA DO AUTOR
Além da obra estudada, cabe destacar os romances "Os varões assinalados" (1985) e "Netto perde sua alma" (1995).
LEITURAS OBRIGATÓRIAS
Nascido em Uruguaiana em 1942, muda-se para Porto Alegre aos 24 anos para estudar arquitetura.
No entanto, devido a perseguições, acaba se exilando no Chile em 1973, Argentina em 1974 e Dinamarca.
Neste último país é que escreve O amor de Pedro por João, romance publicado tardiamente.
Retorna ao Brasil em 1981 e passa a atuar em diversas áreas como a literatura, Jornalismo, televisão, cinema e publicidade.
Após um curto período democrático, surge em 1964 um movimento liderado pelas forças armadas que depõe o presidente João Gulart e assume o controle do país por cerca de 20 anos.
Apesar das tentativas de resistência, os militantes oposicionistas são presos e torturados.
Os que conseguem escapar, em geral, optam pelo exílio. Na América Latina, após os golpes na Argentina e Bolívia (1966), Peru (1968), Equador (1972) e Uruguai (1973), resta somente uma esperança, o Chile de Salvador Allende.
1ª Geração: Degrazzia

- mentor velho Paolo, sapateiro;
- Coluna Prestes (1920)
- exílio na Rep. Democrática da Alemanha.
2ª Geração: Josias e J. Guiné

- Legalidade (1961);
- preso por 3 anos;
- exilado no Chile, retorna à Santa Maria.
3ª Geração: Marcelo e Hermes x Dorival e Sepé

- Outros: Bia, Mara, Ana, Micuim, Alemão;
- nascidos na década de 40;
- fim do Estado Novo;
- democracia (1945 – 1964).
Recorte temporal da história recente da América Latina, que privilegia os anos de 1966-7 e 1973, sem deixar de fora, através dos flashbacks, os anos 20, 40 e 60.
1. Libertação de Josias
- deixa a cadeia (1973);

- encontra o filho Luís: conformação com o sistema;

- é encontrado por Escuro: Sepé traidor?

- episódio da libertação dos pássaros: manifesto;

- novamente na delegacia.
3. Retorno de João Guiné (Chile – Santa Maria)
- lembrança da legalidade;

- assalto ao banco e o motorista;

- travessia da fronteira de barco;

- chegada: alvejado e o caminhão tanque.
2. Deposição das armas
- casa em Arroio do Sal e a lembrança de Bia;

- separação: exílio no Uruguai;

- história de Micuim (faculdade) e de Bia e Hermes;

- a vingança de Hermes.
5. Fim da linha para Hermes e Mara
- novamente Sepé (Chile);

- apartamento de Hermes e Mara (foto);

- vida religiosa de Mara (18 aos 28 anos);

- jantar na casa de Glorieta (vizinha).
6. Anúncio do Golpe: Dorival e Ana
- histórias de Dorival: boxe, enfrenta a guarda;

- história de Ana, o marido José e o filho Pedro;

- Marcelo e Alemão no apartamento;
7. Guerrilha no Lo Hermida
- Marcelo e Alemão encontram Micuim;

- fracasso, cerco e fuga;

- Micuim revela ser o traidor;

- Marcelo consegue fugir;
4. Sepé atravessa o Brasil (Nordeste – Santa Maria)
- combinação com Escuro e a despedida de Lourdes;

- lembrança da mãe Francisquinha;

- parada em um bar, morte dos soldados e o tiro de raspão;
8. Segunda deposição das armas: Marcelo
- chega à Embaixada argentina no Chile;

- situação delicada dos grupos;

- fica ciente da morte de Dorival e de Ana;

- encontra Sepé: Hermes e Mara no estádio;

- tumulto: velho Degrazzia disfarçado, resgate de Sepé;

- lembrança do Cel. Aparício Grosso (libertação da cadeia);

- chegada ao ponto de encontro (seguido);

- cerco e explosão do caminhão tanque.
- resistência do vizinho com a 22;

- Ida de Marcelo e Alemão ao Lo Hermida;

- Ana e Dorival na Praça das Armas;
- história de Marcelo com Mara e chegada de Hermes;

- lembrança do Professor e o encontro disfarçado;

- lista de exilados: Marcelo (França), Sepé (Suécia);

- Hermes entrega a fotografia;

- no avião, o final melancólico.
- cruzamento de diálogos e alteração da voz narrativa;

- mudança do tempo verbal;

- monólogo interior e discurso indireto livre.
Full transcript