Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Fisiologia - Mapa mental

No description
by

Sarah Fázzeri

on 26 April 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Fisiologia - Mapa mental

FISIOLOGIA
FISIOLOGIA
Ciência que estuda o funcionamento do organismo humano
O homem é considerado AUTOMATO
Existe uma parte do seu sistema nervoso que está relacionado ao controle da vida vegetativa - HOMEOSTASIA(Equilibrio do meio interno, através das células)
Líquido INTRA e EXTRA CELULAR
Íons e nutrientes necessários para manutenção da vida
SISTEMA CARDIOVASCULAR
Transporta O2 e nutrientes para os tecidos
SISTEMA RESPIRATÓRIO
Mantem a homeostase dos gases O2 e CO2 no meio interno
SISTEMA DIGESTÓRIO
Mantém a constituição do meio interno através da ingestão, digestão e absorção de alimentos
SISTEMA NERVOSO
Interação com o meio ambiente
SISTEMA EXCRETOR
Elimina as substâncias que estão em excesso, a fim de manter o equilíbrio essencial para o bom funcionamento da célula com o meio.
SISTEMA URINÁRIO
Controle e nível interno de grande número de componentes, incluindo pH, osmolaridade, etc.
SISTEMA ESQUELÉTICO
- Sustentação do organismo (apoio para o corpo)
-Proteção de estruturas vitais (coração, pulmões, cérebro)
-Base mecânica para o movimento
-Armazenamento de sais (cálcio, por exemplo)
Hematopoiética (suprimento contínuo de células sangüíneas novas)
Regula o funcionamento celular
SISTEMA ENDÓCRINO
FISIOLOGIA
Homeostasia
Equilibrio do meio interno, através das células
SISTEMA muscular
- Movimento;
-Produção de calor;
-Postura e sustentação de peso.
SISTEMA IMUNOLÓGICO
Proteção do corpo contra microorganismos, e corpos estranhos
SISTEMA LINFÁTICO
-Defesa;
-Transporte de gordura;
-Devolver ao sangue grande parte do plasma.
Esses ajustes ocorrem pelo feedback
Vai a favor do evento que está acontecendo para estabelecer a homeostasia
Feedback positivo
Feedback negativo
Vai contra o evento que está acontecendo para estabelecer a homeostasia
Todo feedback vai gerar uma resposta na célula onde ela vai fazer o transporte através da membrana, para garantir a homeostase
Tipos de transporte através da membrana
Transporte
A membrana plasmática é responsável pelo controle de saída e entrada de substâncias da célula. O transporte pela membrana pode ser feito de duas formas:


transporte ativo (Com gasto de atp).
transporte passivo (sem gasto de ATP)

• Movimento cinético de moléculas ou de íons através de um orifício na membrana ou por meio de espaços intermoleculares.
• Processo na qual as moléculas se deslocam da região de maior concentração para a região de menor concentração
• Se movimenta a favor do gradiente de concentração
• É um processo natural, físico e não gasta energia

Difusão Simples
Difusão Facilitada
• Passagem de substâncias do meio de maior concentração para o local de menor concentração com auxilio de proteínas carregadoras .
• Também pode ser explicado como um tipo de transporte ativo secundário, por não utilizar ATP diretamente.

Osmose
É um processo físico em que a água se movimenta entre dois meios com concentrações diferentes de soluto, separados por uma membrana semipermeável (permite somente a passagem das moléculas de água). Neste processo, a água passa de um meio hipotônico (menor concentração de soluto) para um hipertônico (maior concentração de soluto).
Transporte Ativo Primário
Bomba de Sódio e Potássio

Processo que bombeia os íons sódio (Na+) para fora, através da membrana celular, enquanto que, ao mesmo tempo, bombeia os íons potássio (K+) de fora para dentro da célula.
Transporte Ativo Secundario
CO-TRANSPORTE
CONTRATRANSPORTE
Co-transporte
Contratransporte
•Um íon e uma molécula.

•Íon a favor de seu gradiente de concentração.

•Substância contra seu gradiente de concentração
•Apenas íons
•Um íon a favor de seu gradiente de concentração.
•Um íon contra seu gradiente de concentração.
Para acontecer o transporte ativo, é necessário energia de células excitáveis
bioeletrogênese
É a capacidade de certas células excitáveis de gerar e alterar a diferença de proteínas através da membrana
Células excitáveis
Quando excitadas, despolarizam-se e cada vez que isso ocorre,
propaga-se
, ao longo de um prolongamento da célula(axônio). Na extremidade do axônio existem numerosas ramificações. Cada ramificação com a chegada do

potencial de ação
, libera mediadores químicos em sua extremidade, através de sua membrana
PROPAGAÇÃO DO POTENCIAL DE AÇÃO
Unidirecional (não retorna ao ponto de origem)
Corpo celular para botão sináptico
Ocorre trocas de cargas positivas e negativas nas regiões adjacentes
Período Retrátil e período de repouso
Células mielinizadas(saltatória)
Células de Schwann
(não ocorre PA)
- a cada 2 celulas de Schwann temos os nódulos de Ranvier
(ocorre o PA)
ACELERA RESPOSTA
POTENCIAL DE MEMBRANA
Potencial de ação
Platô do Potencial de ação
Contração musculo esquelética
Pode ser lenta ou rápida
Contração LENTA
Resistencia, força por minutos ou horas
AERÓBICA:
Energia para o músculo
CONTRAÇÃO RÁPIDA
Potência por segundos ou minutos
ANAERÓBICO:
Exercicio de alta intensidade e curta duração
Além da locomoção, a termoregulamentação e neoglicogênese (quando em jejum prolongado).
Musculo antagonista um a outro (movimento de alavanca permite só puxar, NÃO empurrar
MORFOLOGIA DOS MUSCULOS ESQUELÉTICOS
Sarcômero: Unidade contrátil da fibra muscular. Na contração ela diminui.
A contração é resultado do encurtamento das fibras musculares actina e miosina, que se deslizam e se encaixam uma sobre a outra.
Retículo sarcoplasmático: Reserva de íons CA. No relaxamento, o CA no citoplasma retorna ao retículo.
JUNÇÕES NEUROMUSCULARES
A contração é comandada por nervos motores do sistema nervoso central.
IMPULSO NERVOSO
Acetilcolina na fenda sináptica
Neuroreceptores aumentam a permeabilidade ao Na.
Despolarização
Abertura dos canais de CA no RS
Contração muscular
Re: captura CA para o RS
RELAXAMENTO
UNIDADE MOTORA
É quando um neurônio motor pode inervar uma única fibra ou um conjunto de fibras musculares formando uma unidade motora
FORÇA DE CONTRAÇÃO
Numero de unidades motoras mobilizadas para aquele movimento.
-Quantidade de atividade
-Diamêtro muscular
ATIVO:
É a parte do músculo que contrai e se encurta, e produz o movimento.

INATIVO:
É quando o músculo está em repouso.
Ana Carolina Horta
Beatriz Pachedo Silva
Larissa Cânfora de Lima
Lucas Azevedo Oliveira
Patrícia Regina da Silva
Paula Prudente
Paulo Averaldo
Roberto Ubiraci Diniz Junior
Sarah Caroline Fazzeri
 Ocorre em células cardíacas específicas (fibras de Purkinje).
 O fator mais influente para a ocorrencia de Platô são os canais de Sódio e Potássio.

Principais íons atuantes: Na e K
Existem vias seletivas para íons Na e K na membrana celular, os canais íonicos
Podem ser alterados pela presença de canais iônicos
específicos
.
Causado pela diferença de concentrações iônicas nas duas faces (interna e externa) de uma membrana
Bomba de Na, K.


Eletronegatividade interna, diferente da externa.
POTENCIAL DE DIFUSÃO
Causada pela diferença de concentração iônica especifica entre as faces membranares
Exemplo do K+, Causando eletropositividade externa e eletronegatividade interna
Ritmicidade de Alguns tecidos excitáveis, ocorre em fibras musculares (quanto mais sensível, mais excitável).



Excitação =
processo de indução do potencial de ação que pode ocorrer através de estímulos mecânicos (receptores sensitivos táteis da pele), químicos(neurotransmissores) e elétricos (impulsos elétricos na sinapse).


Inibidores=
os fatores que dificultam a ocorrência do potencial de ação é a alta concentração de cálcio extracelular e os anestésicos locais.

Excitação X Inibição
Rápidas alterações no Potencial de membrana que se propagam por toda célula.
Ocorre em 3 estágios:
Estágio de repouso
-Antes do PA;
-Membrana polarizada;
-Interior negativo, exterior positivo.
Estágio de despolarização
-Célula inverte momentaneamente a polaridade da MP;
-Entrada de Na+ para promover a despolarização;
-Aumento do P de Membrana;
-Interior mais positivo que exterior.

Estágio de repolarização
-Ocorre saída de Na+;
-Abertos canais de K+, contribuindo junto a bomba de Na+, K+, ATPase;
-Canais de Na+ são fechados;
-Interior mais negativo que exterior.
sequência da contração
Um PA dirige-se a um nervo motor até a fibra muscular.
Em cada terminação nervosa, uma pequena quantidade de acetilcolina
Acetilcolina atua sobre a área da membrana da fibra muscular abrindo os canais de sódio
A entrada de sódio no interior da célula desencadeia um PA na fibra muscular
O PA se propaga ao longo da fibra muscular, da mesma forma que se propagam os PA no neurônio
O PA despolariza a Memb. músc. e a parte da eletricidade propaga pra dentro da célula, onde RS libera o cálcio.
Os íons de cálcio geram força entre actina e miosina, constituindo ou efetivando a contração múscular.
Após uma fração de segundos, o cálcio vai para o RS(bomba de cálcio), permanecendo ali até a chegada de um novo PA, cessando a contração muscular.
Full transcript