Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Desconstrução da marca - Nina x Carminha

Ana Sofia e Isabella Saldanha. Processo de Criação em Publicidade 2012.1
by

Ana Sofia Bolina

on 24 October 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Desconstrução da marca - Nina x Carminha

benchmarking Para além do produto midiático, a telenovela ganha força pelo telespectador, que gera conteúdos a partir do que assiste na televisão. É a chamada convergência midiática: o assunto está presente na internet, redes sociais, memes e nos assuntos entre amigos. "No mundo da convergência das mídias, toda história importante é contada, toda marca é vendida e todo consumidor é cortejado por múltiplos suportes de mídia.
(...) A circulação de conteúdos – por meio de diferentes sistemas midiáticos, sistemas administrativos de mídias concorrentes e fronteiras nacionais – depende fortemente da participação ativa dos consumidores."

HENRY JENKINS
Cultura da Convergência (pg. 27), 2009. AVENIDA BRASIL
um produto transmidiático AVENIDA BRASIL
um produto transmidiático Atriz: Deborah Falabella
Para a criação de sua imagem, nos primeiros episódios foi apresentada ao público a história da personagem, de forma a criar uma identificação com o público. A marca registrada da personagem durante a trama era a vontade de fazer justiça e livrar a família de Tufão do golpe de Carminha NINA
forma Sim. Como concorrentes de mercado, ambas buscam a mesma fatia de público. Marcas buscariam consumidores, Carminha e Nina almejam a família Tufão. concorrentes? Atriz: Adriana Esteves
A criação de sua imagem difere-se expressivamente do expectador para quem faz parte da trama. é uma personagem ambígua, que desenvolve-se de forma duvidosa durante a trama, ficando cada vez mais dificil separar o bem do mal. CARMINHA
forma cabelo preto e curto colar com pingentes de utensílios de cozinha uniforme vermelho de cozinheira cabelos loiros e compridos colares:
camafeu e a letra "t" de Tufão relógios, anéis e pulseiras roupas brancas cinto grande No começo da trama, a personagem recebe o nome Rita que, segundo o autor, foi escolhido por ter seu significado ligado a palavras como generosidade, influência e companheirismo. Após a troca de nome, a escolha de Nina justifica-se também através da significancia deste nome: alerta, agilidade, personalidade múltipla. O nome Carmen Lúcia foi escolhido pois transmite a idéia de otimismo, comunicação e despreocupação, que são, sem dúvida, características da personagem. É a personagem com mais repertório cultural da trama, com habilidades culinárias indiscutíveis e refinadas, além de vocabulário bem desenvolvido. Inclusive ajuda no desenvolvimento intelectual de outros personagens que fazem parte de seu círculo, como Tufão por exemplo. ME SERVE, VADIA! ME SERVE! Embora esteja sempre bem vestida e tenha melhorado de vida, o modo de falar não foi enriquecido. O vocabulário é limitado e utiliza, até mesmo, palavras de baixo calão. É TUDO CULPA DA RITA! NINA
ícone e cor CARMINHA
ícone e cor NINA
nome São nomes curtos
e de fácil memorização. CARMINHA
nome É um nome composto, mas o apelido torna a personagem próxima do público. NINA
estilos de imagem CARMINHA
estilos de imagem NINA
linguagem CARMINHA
linguagem NINA
som CARMINHA
som Agrega ao nome Rita delicadeza e sofisticação. Agrega ao nome Carminha
um tom mais popular e, às vezes, rude. JENKINS, Henry. Cultura da convergência. Editora Aleph, 2009.

LINDSTROM, M. BrandSense: A Marca Multisensorial. Bookman, 2007.

Imagens: Revista Contigo, Hipster da Depressão, Globo e Google/ Vídeos retirados do Youtube: Bajofondo e Bob Dylan. Referências
Full transcript