Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

tecnologias na sala de aula: novos espaços e tempos de aprendizagem

No description
by

Glaucia Brito

on 15 December 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of tecnologias na sala de aula: novos espaços e tempos de aprendizagem

LEIS DA CIBERCULTURA
LEIS DA CIBERCULTURA
1. Lei da Reconfiguração
Devemos evitar a lógica da substituição ou do aniquilamento.
Em várias expressões da cibercultura trata-se de reconfigurar práticas, modalidades midiáticas, espaços, sem a substituição de seus respectivos antecedentes.

2. Lei daLiberação do pólo da emissão
As diversas manifestações socioculturais contemporâneas mostram que o que está em jogo como o excesso de informação nada mais é do que a emergência de vozes e discursos anteriormente reprimidos pela edição da informação pelos meios de comunicação de massa.

LEIS DA CIBERCULTURA
3. Lei da Conectividade
As diversas redes socio-técnica contemporâneas mostram que é possível estar só sem estar isolado.
A conectividade generalizada põe em contato direto seres humanos e seres humanos, seres humanos e máquinas mas também máquinas e máquinas que passam a trocar informação de forma autônoma e independente.

Quais tecnologias estão disponíveis na minha escola?

Here comes your footer  Page *
Permite a localização de um usuário no mapa, inserção de fotos e uma breve descrição
Link: http://www.frappr.com/
Frappr: mapa interativo
http://www.gazetadopovo.com.br/blog/educacao-midia/
TABLETS NO BRASIL EM 2012
TABLETS NA FRANÇA EM 1956

foto de Robert Doisneau, francês
TECNOLOGIA EDUCACIONAL É A PRÓPRIA EDUCAÇÃO, ENQUANTO INCORPORA, INTELIGENTE E POLITICAMENTE, OS ARTEFATOS HUMANOS CHAMADOS DE “PONTA” OU “FRONTEIRA”NO PROCESSO DE AVANÇAR NA APROPRIAÇÃO DOS CONHECIMENTOS, NA FORMALIZAÇÃO DA MENTE, NO PREPARO DO EDUCANDO PARA LUTAR POR UMA VIDA SOCIAL MAIS DIGNA E MAIS “JUSTA”.
Cipriano Luckesi
CONCEITO
“ A TECNOLOGIA EDUCACIONAL É FUNDAMENTALMENTE, A RELAÇÃO ENTRE A TECNOLOGIA E A EDUCAÇÃO QUE SE CONCRETIZA EM CONJUNTO DINÂMICO E ABERTO DE PRINCÍPIOS E PROCESSOS DE AÇÃO EDUCATIVA, RESULTANTES DA APLICAÇÃO DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO E ORGANIZADO À SOLUÇÃO OU ENCAMINHAMENTO DE SOLUÇÕES PARA PROBLEMAS”.
Francisco Silveira Lobo Neto
CONCEITO – da década de 70
Prof. Dra. Glaucia da Silva Brito
glaucia@ufpr.br
Novos Espaços e tempos de aprendizagem:
a incorporação das tecnologias no ensino superior
É um site de compartilhamento de imagens.
Link: http://flickr.com/
É um site de compartilhamento de vídeos.
Link: http://br.youtube.com/
É um site de compartilhamento de apresentações.
Link: http://www.slideshare.net/
É um site de "Post-Its" (lembretes) que pode ser utilizado como ferramenta colaborativa ou quadro de recados compartilhado.
Link: http://www.aypwip.org/webnote/
É um site de criação de estórias em quadrinhos (HQ).
Link: http://www.toondoo.com
É uma plataforma wiki, assim como a wikipedia que possibita a construção de textos colaborativos.
Link: http://www.wetpaint.com
Permite escrever textos colaborativos de maneira quase síncrona e ter acesso ao histórico de versões anteriores do texto produzido, podendo recuperá-las.
Link: http://docs.google.com
Google docs: editor de textos on-line
Ferramenta que permite criar um avatar animado, escolhendo imagem, roupas, plano de fundo e inserindo um áudio gravado pelo usuário
Link: www.voki.com
Voki: avatar animado
‘o professor, em qualquer curso presencial, hoje, precisa aprender a gerenciar vários espaços e a integrá-los de forma aberta, equilibrada e inovadora’ (MORAN, p. 94)
reestruturação da sala de aula
mudança nas atividades escolares
ampliação e integração dos espaços presenciais e virtuais
o acompanhamento do aluno pelo professor ultrapassa a sala de aula e continua no laboratório, internet e no acompanhamento entre teoria e prática
Novos espaços e tempos de aprendizagem
MORAN, José Manuel. A educação que desejamos: Novos desafios e como chegar lá. Campinas, SP: Papirus, 2007
O que os meus alunos têm que eu posso utilizar na sala de aula?
Quais tecnologias estão disponíveis na sua escola?
RECURSOS PEDAGÓGICOS: TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS
DEPENDENTES
(tecnologias educacionais)

Retroprojetor: transparência/ projetor de diapositivo: slides / Tv e vídeo: fita de vídeo / gravador: fita sonora / rádio / Episcópio/ Televisão comercial / Televisão educativa /Cinema /Computador
INDEPENDENTES
(recursos didáticos)

Álbum seriado / cartaz/ flanelógrafo/ gráfico/ história em quadrinhos/ ilustração/gravura/ jogo/ jornal/ livro didático/ livro infanto-juvenil/ mapa e globo/ mural/ quadro-de-giz/ quadro-de-pregas/ sucata/ texto
RECURSOS PEDAGÓGICOS:
TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS
A tecnologia educacional não se reduz à utilização de meios
“Ela precisa necessariamente ser um instrumento mediador entre o homem e o mundo, o homem e a educação, servindo de mecanismo pelo qual o educando se apropria de um saber, redescobrindo e reconstruindo o conhecimento”.
Niskier (1993)
CUIDADO!!!!!
A Tecnologia é a ferramenta para encontrar novas soluções para velhos e novos problemas, promovendo a qualidade do ensino e trabalho do professor.
(Casas, 2001)
Cada época corresponde a um domínio de tecnologia, alterando a forma do homem viver e conviver o presente, reaver o passado e idear o futuro. Kenski (2003)
A educação e a tecnologia como uma forma de proporcionar ao sujeito a construção de conhecimento.
Sociedade tecnologizada
LEIS DA CIBERCULTURA por André Lemos
2. Lei daLiberação do pólo da emissão
As diversas manifestações socioculturais contemporâneas mostram que o que está em jogo como o excesso de informação nada mais é do que a emergência de vozes e discursos anteriormente reprimidos pela edição da informação pelos mass media.
1. Lei da Reconfiguração
Devemos evitar a lógica da substituição ou do aniquilamento.
Em várias expressões da cibercultura trata-se de reconfigurar práticas, modalidades midiáticas, espaços, sem a substituição de seus respectivos antecedentes.
LEIS DA CIBERCULTURA por André Lemos
http://www.youtube.com/watch?v=oPuKRiA-4JI
Conforme Moran (2007, p. 118), o professor necessita ter sensibilidade atenção e domínio tecnológico. Atua mais por sugestões do que por imposições. Cabe também a ele, diante desse novo quadro promovido pela interseção das Tecnologias e a Educação, o incentivo, coordenação, acompanhamento flexível e constante da atuação de seus alunos no ambiente on-line.
O novo papel do professor diante da mudança da relação espaço e tempo
MORAN, José Manuel. A educação que desejamos: Novos desafios e como chegar lá. Campinas, SP: Papirus, 2007
É um site de criação de livrinhos virtuais.
Link: http://beta.tikatok.net
É uma plataforma wiki, assim como a wikipedia que possibita a construção de textos colaborativos.
Link: http://www.wikispaces.com
wikispaces
Videoaula sobre wiki: http://www.escolabr.com/virtual/videoaula/wiki/index.htm
Contração das expressões "wikiwiki“ (super-rápido) e "enciclopédia".
Uma enciclopédia colaborativa mundial em que o conteúdo pode ser editado, copiado e distribuído por qualquer pessoa. Pode ser utilizado tanto como recurso de pesquisa como também com alguma contribuição.
Link: http://wikipedia.org
wikipedia
Permite disponibilizar ou gravar áudio on-line e depois compartilhar a gravação em qualquer site ou blog que aceite códigos html
Link: http://www.evoca.com
Evoca: player e gravador de áudio
É um recurso que possibilita publicar textos, imagens e em alguns casos até mesmo áudio e vídeo. Cada publicação realizada é chamada de post.


http://getecmat.blogspot.com.br/
blog: diário on-line
Internet, por um lado, torna-se uma mídia fundamental para a pesquisa, mas por outro, traz inúmeros problemas:
- O que pesquisar?
- O que vale a pena acessar?
Pesquisa: um passo para entender, comparar, escolher, avaliar, contextualizar, aplicar de alguma forma.
Tecnologias para ajudar na pesquisa
MORAN, José Manuel. A educação que desejamos: Novos desafios e como chegar lá. Campinas, SP: Papirus, 2007
Quais tecnologias você tem utilizado na salas de aula?
É o conjunto de tecnologias microeletrônicas, informáticas, e de telecomunicações, que produzem, processam, armazenam e transmitem dados em forma de imagem, vídeo texto ou áudio.
Serão chamadas então de ”Novas Tecnologias da Informação e da Comunicação às tecnologias de redes informáticas, aos dispositivos que interagem com elas e a seus recursos”. TEDESCO (2004, p. 96)
Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC)
Tecnologias simbólicas:
Tecnologias organizadoras:
um conjunto de conhecimentos especializados, com princípios científicos que se aplicam a um determinado ramo de atividade, modificando, melhorando, aprimorando os “produtos” oriundos do processo de interação do ser humano com a natureza e com os demais seres humanos.
Tecnologia é...
LEIS DA CIBERCULTURA por André Lemos
Here comes your footer  Page *
3. Lei da Conectividade
Nessa era da conexão o tempo reduz-se ao tempo real e o espaço transforma-se em não espaço.
Espaço real e tempo cronológico, tem sua importância renovadas.
LEIS DA CIBERCULTURA por André Lemos
Here comes your footer  Page *
3. Lei da Conectividade
As diversas redes socio-técnica contemporâneas mostram que é possível estar só sem estar isolado.
A conectividade generalizada põe em contato direto seres humanos e seres humanos, seres humanos e máquinas mas também máquinas e máquinas que passam a trocar informação de forma autônoma e independente.
LEIS DA CIBERCULTURA por André Lemos
Here comes your footer  Page *
2. Lei daLiberação do pólo da emissão

Assim chats, weblogs, sites, listas, novas modalidade midiáticas, e-mails, comunidade virtuais, entre outras formas sociais, podem ser compreendidas por essa segunda lei.
MORAN, José Manuel. A educação que desejamos: Novos desafios e como chegar lá. Campinas, SP: Papirus, 2007
Questionar, criar tensões produtivas e provocar o nível de compreensão existente.
Tecnologias para organizar a informação.
´o educador precisa aprender a equilibrar processos de organização e de “provocação” na sala de aula´ (MORAN, 2007, p. 101)
Papel pedagógico das tecnologias
Requisitos e desafios
A nova sala de aula
o espaço sala de aula será cada vez menos frequentado
os encontros presenciais serão menos frequentes e mais intensos
foco na troca de experiências, apresentação de resultados e contextualização da aprendizagem
estrutura tecnológica adequada
foco no desenvolvimento do aluno parceiro-pesquisador
capacitação de alunos e professores no uso de ambientes virtuais de aprendizagem e recursos da Web 2.0
Reorganização dos ambientes presenciais
MORAN, José Manuel. A educação que desejamos: Novos desafios e como chegar lá. Campinas, SP: Papirus, 2007
Criação de novos espaços e atividades na escola, convivendo com os tradicionais
O espaço presencial continua sendo o mais importante
Necessidade de mudanças estruturais para a escola se adequar a essa nova realidade
Melhorar o que já existia
Ajudar o professor a `dar aula`
Auxiliar o aluno no processo de pesquisa e aprendizado
2. Tecnologias para mudanças parciais
1. Tecnologias para fazer melhor o mesmo
As etapas da aprendizagem tecnológica
MORAN, José Manuel. A educação que desejamos: Novos desafios e como chegar lá. Campinas, SP: Papirus, 2007
Sancho (1999)
Alteram nossos interesses - as coisas nas quais pensamos.
Muda caráter dos símbolos - as coisas com as quais pensamos.
Muda os processos psicológicos da memória
Alteram a natureza das comunidades
As tecnologias...
Tecnologias físicas:
http://www.webquestbrasil.org/criador2/webquest/soporte_tabbed_w.php?id_actividad=13274&id_pagina=1
Há dois tipos webquest: curta ou longa.
´É uma atividade investigativa em que alguma ou toda a informação com que os alunos interagem provém da internet´. (p. 106)
Conceito criado em 1995 por Bernie Dodge.
MORAN, José Manuel. A educação que desejamos: Novos desafios e como chegar lá. Campinas, SP: Papirus, 2007
Pressões estruturais (vestibular, governos)
Demora na adoção de novos modelos pedagógicos inovadores
Resistências culturais, enraizadas na sociedade
Grandes desafios
Completa reestruturação do ensino
Predomínio de atividades semipresenciais ou quase totalmente online
Flexibilização do currículo
3. Tecnologias para mudanças inovadoras
As etapas da aprendizagem tecnológica
MORAN, José Manuel. A educação que desejamos: Novos desafios e como chegar lá. Campinas, SP: Papirus, 2007
Projetor multimidia
Projetor multimídia
retroprojetor
computador
impressora
Quadro branco
notebooks
Quadro de giz
Sala de aula Telavera de La Reina – ES 2009
´É importante a utilização mais frequente, variada e adequada dos jogos´. (p. 112)
A (não) inserção dos jogos no processo educativo
´O jogo ensina a conviver com regras e a encontrar soluções para desafios (...). Aprendemos pelos jogos a conviver com regras e limites, explorando nossas possibilidades (...) a encontrar variáveis e inovações com base em nossos objetos ou em pessoas´. (p.111)
O papel dos jogos como ferramenta de ensino
O uso dos jogos como recurso didático
MORAN, José Manuel. A educação que desejamos: Novos desafios e como chegar lá. Campinas, SP: Papirus, 2007
MORAN, José Manuel. A educação que desejamos: Novos desafios e como chegar lá. Campinas, SP: Papirus, 2007
Papel do professor
´incentivar os alunos a aprender a perguntar; (…) a definir critérios de pesquisa; (…) a comparar textos com visões diferentes.
Papel da tecnologia
´ajuda a encontrar o que está consolidado e a organizar o que está confuso´ - mais informação não condiz diretamente com mais conhecimento.
Papel da escola
pesquisar a informação consolidada e a informação em transformação.
Matéria-prima da aprendizagem
informação pertinente transformada em conhecimento.
Frente e verso, ensino e tecnologia
T.E.
Independentes e dependentes
Recursos Didáticos
Recursos Audiovisuais
Tecnologias de comunicação (mídia: impressa/eletrônica)
Tecnologias de Informação
Tecnologias Educacionais
Tecnologias de Informação e comunicação (TIC)
TECNOLOGIA
Expressar, tornar as ideias visíveis, confere uma dimensão mais significativa aos trabalhos acadêmicos.
A internet oferece inúmeros recursos em que combinam publicação e interação.
Tecnologias para comunicação e publicação
MORAN, José Manuel. A educação que desejamos: Novos desafios e como chegar lá. Campinas, SP: Papirus, 2007
Tecnologias na sala de aula: Novos espaços e tempos de aprendizagem
profa. dra Glaucia da Silva Brito

Quais tecnologias tenho utilizado nas minhas aulas?

O que os meus alunos têm que eu posso utilizar na sala de aula?

Por onde eu começo?
O início
EXPOSIÇÃO
- Aprendizagem do essencial sobre alguns dos recursos.
- Uso das ferramentas tais como: processador de texto, apresentação de slides, etc.
- ter um e-mail.

Utilizar as tecnologias para fazer melhor o mesmo.

Melhorar o que já existia.
Ajudar o professor a `dar aula'.
Auxiliar o aluno no processo de pesquisa e aprendizado.

Tecnologias para mudanças parciais

Criação de novos espaços e atividades na escola, convivendo com os tradicionais
O espaço presencial continua sendo o mais importante
Necessidade de mudanças estruturais para a escola se adequar a essa nova realidade

Criação de novos espaços e atividades na escola, convivendo com os já existentes

Necessidade de mudanças estruturais para a escola se adequar a essa nova realidade

Tecnologias para mudanças inovadoras

Projetos interdisciplinares e colaborativos.
Novos padrões de uso em diferentes contextos.
http://eugenio.severin.cl
Profa. Dra. Glaucia da Silva Brito
e-mail: glaucia@ufpr.br
facebook.com/glaucia.brito
twitter.com/Glauciabrito10
instagram.com/glauciasbrito


NOVA SOCIEDADE?
#Sociedade da informação
(ASSMANN, 2000; MATTELART, 2006),
# Sociedade da aprendizagem
(ASSMANN, 2000
),
# Sociedade do conhecimento
(CARVALHO; KANISKI, 2000),
# Sociedade em rede
(CASTELLS, 2006).
O Que espera-se desta sociedade?
A educação e a tecnologia como uma forma de proporcionar ao sujeito a construção de conhecimento.
A educação necessária?
Matéria-prima da aprendizagem:
informação pertinente
transformada em conhecimento.
Papel da escola:
pesquisar a informação consolidada
e a informação em transformação.
O Papel do professor:
incentivar os alunos a aprender, a perguntar; (…) a definir critérios de pesquisa; (…) a comparar textos com visões diferentes.
E a tecnologia:
ajuda a encontrar o que está
consolidado,
a organizar o que está confuso
- mais informação não condiz
diretamente com mais conhecimento.
sociedade tecnologizada
O que é tecnologia?

um conjunto de conhecimentos especializados,
com princípios científicos que se aplicam a um determinado ramo de atividade, modificando, melhorando, aprimorando os “produtos”
oriundos do processo de interação
do ser humano com a natureza e com os demais seres humanos
Cada época corresponde a um domínio
de tecnologia, alterando a forma do homem viver e conviver o presente, reaver o passado e idear o futuro. Kenski (2003)
Alteram nossos interesses
- as coisas nas quais pensamos.
- Mudam o caráter dos símbolos
- Mudam os processos psicológicos
da memória
- Alteram a natureza das
comunidades
As tecnologias
tecnologias educacionais
conceito da década de 70
“ A TECNOLOGIA EDUCACIONAL É FUNDAMENTALMENTE,
A
RELAÇÃO
ENTRE A TECNOLOGIA E A EDUCAÇÃO QUE SE CONCRETIZA EM CONJUNTO DINÂMICO E
ABERTO DE PRINCÍPIOS E PROCESSOS
DE AÇÃO EDUCATIVA, RESULTANTES DA
APLICAÇÃO DO
CONHECIMENTO CIENTÍFICO
E
ORGANIZADO À SOLUÇÃO OU ENCAMINHAMENTO
DE SOLUÇÕES PARA PROBLEMAS”.
Francisco Silveira Lobo Neto
TECNOLOGIA EDUCACIONAL É A PRÓPRIA EDUCAÇÃO,
ENQUANTO INCORPORA,
INTELIGENTE E POLITICAMENTE, OS ARTEFATOS
HUMANOS CHAMADOS DE “PONTA” OU “FRONTEIRA”NO PROCESSO DE AVANÇAR NA APROPRIAÇÃO DOS CONHECIMENTOS,
NA FORMALIZAÇÃO DA MENTE, NO PREPARO DO EDUCANDO
PARA LUTAR POR UMA VIDA SOCIAL MAIS DIGNA E MAIS “JUSTA”.
Cipriano Luckesi
O que você acha?
A tecnologia é a ferramenta para encontrar novas soluçoes para velhos e novos problemas, promovendo a qualidade do ensino e o trabalho do professor.
Casas, 2001
Full transcript