Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Criaturas mitológicas de As Crônicas de Nárnia.

Esta é uma lista de criaturas mitológicas citadas em As Crônicas de Nárnia, acompanhadas de uma breve descrição.
by

Luciane Almeida

on 12 March 2011

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Criaturas mitológicas de As Crônicas de Nárnia.

Cruéis: Criaturas demoníacas que fazem parte do exército da Feiticeira Branca.

Dragões: Animais de grandes dimensões, normalmente de aspecto reptiliano (semelhantes a imensos lagartos ou serpentes), muitas vezes com asas, plumas, poderes mágicos ou hálito de fogo.
Dríade: Ninfa dos bosques e das árvores.

Duendes: Entidade fantástica ou espírito sobrenatural que aparece como um anão brincalhão.

Espectro: Fantasma, aparição ilusória. Fauno: Deus romano dos rebanhos e dos pastores, de natureza selvagem e inquietante. Identificava-se com Pã.

Fúrias: Divindades romanas infernais, assimiladas às erínias gregas.
Gigantes: Seres fabulosos da mitologia grega, filhos de Gaia, a Terra, fecundada pelo sangue de Urano, o Céu. De acordo com o mito, eles tentaram escalar o monte Olimpo, local de morada dos deuses, mas Zeus os impediu com raios.

Gnomos: Personagens sobrenaturais que habitam o interior da Terra e têm sob sua guarda minas e tesouros.
Lobisomem: Homem que, segundo certos mitos, tem o poder de transformar-se em lobo nas noites de lua cheia e voltar à forma humana de dia. Minotauro: Ser monstruoso da mitologia grega, meio homem e meio touro. O minotauro alimentava-se de carne humana, e a cidade de Atenas foi condenada a pagar um tributo anual de sete virgens e sete rapazes, que eram dados ao monstro. O minotauro foi finalmente morto por Teseu, um dos jovens enviados para o sacrifício. Náiade: Ninfa de água doce, de uma fonte, de um riacho ou de um rio.

Ninfa: Na mitologia grega, é a divindade dos rios, das fontes, dos bosques, das montanhas, representada geralmente por uma jovem nua. Entre os gregos, as ninfas chamavam-se segundo os locais que freqüentavam: nereidas (mares), náiades (águas doces), oreades (montanhas), dríades (bosques de carvalhos).
Ogro: Bicho-papão dos contos de fada europeus, monstro que se alimenta da carne humana.

Pã ou Pan: Deus grego dos pastores e rebanhos. Tornou-se, entre os poetas e filósofos, uma das grandes divindades da natureza. Ele protegia os rebanhos e se divertia com as ninfas. Pégaso: Na mitologia greco-romano, cavalo alado, filho de Netuno e de Medusa. Nasceu do sangue dela quando Perseu cortou-lhe a cabeça.

Sátiro: Semi-deus rústico representado como um ser de corpo humano, pernas de bode, orelhas alongadas e pontudas, chifres e cauda. Irmão das ninfas, é sinônimo para Sileno.
Sereia: Ser mitológico, metade mulher e metade peixe que, com seu canto melodioso, atraia os navegadores para o naufrágio.

Unicórnio: Animal mitológico representado com um corpo de cavalo, um chifre na testa, barba de bode e unhas fendidas, unicorne.
Vampiro: Morto que, segundo as lendas e o folclore de certos países, sai da sepultura, durante a noite, para sugar o sangue dos vivos, levando consigo a vitalidade das vitimas.

Full transcript