Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Considerado o fundador do realismo russo

No description
by

Marselli Gonçalves

on 9 November 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Considerado o fundador do realismo russo

Enredo
Contexto histórico
Primeira metade do século XIX

CRIME E CASTIGO
Considerado o fundador do realismo russo
Vida marcada pela morte da mãe (1837) e assassinato do pai (1839), que lhe acarretaram ataques epiléticos
Estudou engenharia militar em São Petersburgo
Tem seu primeiro livro publicado em 1846, intitulado “ Pobre Gente”
Em 1849 é preso por participar de reuniões subversivas na casa de um revolucionário, é condenado a passar nove anos em uma prisão na Sibéria realizando trabalho forçado
Dostoiévski passa 4 anos preso e cumpre o resto da pena servindo como soldado
Em 1867 publica “Crime e Castigo”

Biografia
Fiódor Mikháilovich Dostoiévski ( 1821-1881)


Desilusão com o fracasso dos ideais liberalistas, miséria das cidades e crises de produção no campo

As péssimas condições de vida da maioria da população contraposta aos privilégios da burguesia levam à substituição do idealismo romântico por uma visão mais desiludida, crítica e objetiva da realidade

Rússia enfrentava uma das piores crises econômicas de toda a sua história, o que serviu de inspiração para os escritores realistas russos que encontram na literatura um instrumento de denúncia social


O homem extraordinário
Teoria de Raskólnikov que justificaria a realização do crime

“Raskol” significa em russo “cisão” ou “fragmentação

Os supostos “homens extraordinários” são pessoas que conseguem abandonar princípios morais quando estes se opõe aos seus interesses

“Crime teórico”

Napoleão Bonaparte

Pensamento Niilista

Nietzsche e Dostoiévski
Super-homem:
Seria o estágio final da humanidade, um homem que teria superado antigos valores ligados a qualquer tipo de moral

X

Homem extraordinário: Teria o direito de infringir a moral quando esta entrasse em conflito com seus interesses, mas não nega sua importância ou existência

Foucault
Caso o sujeito pratique determinado delito, o mesmo saberá que será punido de acordo com a lei vigente. Essa ideia faz com que o homem pense antes de agir, pois uma ação pode causar reações indesejáveis, como um castigo psicológico.

O Estado teria o direito de punir e tirar a liberdade dos cidadãos que cometerem delito. O que leva a Raskólnikov cometer o crime é se entender acima do Estado, como um homem extraordinário.

Em sua obra Dostoiévski discute o direito, a moral e a própria punição, não apenas a física, mas a psicológica que o personagem enfrenta durante toda a história.


Freud
Sumario
http://acervo.revistabula.com/posts/ensaios/crime-e-castigo

http://www.esdc.com.br/CSF/artigo_2008_09_dostoievski.htm

http://literatortura.com/2012/07/dostoievski-e-nietzsche-entre-o-super-homem-e-o-homem-extraordinario/

http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/13820/000651752.pdf?...1

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/COR/article/viewFile/1620/1628

http://www.conteudojuridico.com.br/artigo,crime-e-castigo-o-ato-de-punir,35784.html

http://www.faap-tec.edu.br/revista_faap/juris/juris_vol_4_2010.pdf#page=111

http://causasperdidas.literatortura.com/2013/09/27/o-bode-expiatorio-e-crime-e-castigo-um-olhar-sobre-a-arte-de-culpar-e-a-teoria-de-raskolnikov/

Ego seria uma organização coerente dos processos mentais, nele se encontra o princípio da realidade

Id é a instância dos impulsos, nele se encontram as inclinações mais elementares do sujeito. É determinado por pulsões biologicamente determinadas e determinantes dos desejos, ignora qualquer norma socialmente estabelecida

Superego se coloca como representante do mundo interno, ou seja, do id, enquanto que o ego é essencialmente representante do mundo externo
Full transcript