Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Revolução Industrial

No description
by

Camila Guerra

on 27 April 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Revolução Industrial

Fontes de Energia
Revolução
INDUSTRIAL
Camila Guerra Fox Braga
8°B
Tipos de Máquinas
Transporte
Tipos de Indústrias
Vida dos Trabalhadores
Lenha: Era o recurso primário usado antes da Revolução Indutrial. Porém, com esse evento, a madeira foi ficando escassa e foi necessário achar novas fontes de energia.
Carvão: Com a escassez da madeira, o carvão mineral ganhou força, principalmente nos locais onde existia em abundância. Era uma fonte bastante conveniente, já que podia ser usado em sua forma natural.
Vapor: Inicialmente, o motor a vapor foi inventado para bombear a água para fora de minas inundadas. Porém, com o seu aperfeiçoamento, passou a ter muito mais utilidades fora essa, fazendo com que essa fosse a fonte de energia mais utilizada na Revolução Industrial
Lançadeira Volante: Máquina movida pela força mecânica que tecia peças mais largas e mais rápido do que teares manuais.
Spinning Jenny: Invento que podia ser instalado na casa dos artesãos, permitindo que um único indivíduo fiasse 8 fusos ao mesmo tempo.
Water Frame: Usava a força da água para produzir fios mais fortes e resistentes.
Impacto Ambiental
Trabalho Infantil
Organização dos trabalhadores
A Revolução Industrial acarretou uma grande mudança nos transportes da época. O motor a vapor permitiu o surgimento da locomotiva a vapor e do barco a vapor, sendo possível realizar viagens bem mais rápidas e com menor custo. O surgimento desse tipo de viagens facilitou a troca de mercadorias, consequentemente aumentando o lucro dos fabricantes.
Pioneirismo Inglês
Foi a partir da Revolução Industrial que a poluição passou a representar um grande problema para a humanidade.
No início da Revolução muitas florestas foram desmatadas para a extração de lenha com o objetivo de gerar energia.
As fábricas liberavam muitos gases poluentes no ar, poluindo-o.
A alta concentração de pessoas nas cidades devido ao processo de Industrialização levou a acúmulo de lixo e esgoto.
No início da Revolução Industrial o trabalho de crianças a partir de 6 anos nas fábricas era comum. Os patrões o incentivavam pois as crianças recebiam salários menores e eram mais obedientes. A jornada de trabalho chegava a ser tão longa quanto a dos adultos e muitas crianças chegavam a morar em instalações ligadas à fábrica.
No início da Industrialização não existiam direitos trabalhistas e abusos contra os trabalhadores eram constantes. Esses funcionários perceberam que tinham mais força agindo juntos, e começaram a formar os sindicatos para denunciar as péssimas condições de trabalho. Essas organizações foram proibidas pelo governo ao ser pressionado pela burguesia, dona das fábricas, mas continuaram a funcionar na clandestinidade.
Com a Industrialização, as cidades inglesas passaram a ter muito mais habitantes. Porém, assim como nas fábricas, os burgueses e operários não se misturavam. Existiam bairros burgueses (localizados no centro) e vilas operárias (localizadas nas áreas mais afastadas). As vilas operárias eram próximas das fábricas, pois não existia transporte público, e tinham péssimas condições. Não havia saneamento básico e as ruas eram sujas e estreitas. A alimentação básica dos trabalhadores consistia em peixes salgados, miúdos, batatas e pão. As casas tinham dois andares.
Foi a Inglaterra que saiu na frente no processo de Industrialização. Isso se deu devido diversos fatores, tais como:
Abundancia de carvão, importante fonte de energia.
Abundancia de reservas de minério de ferro, importante matéria prima.
Grande oferta de mão de obra, devido à modernização da agricultura inglesa.
Governo parlamentarista favorecia a industrialização.
Water frame Spinning Jenny
Têxtil: Produção de tecidos e peças de vestuário. Dividida em cinco etapas principais: Fiação (transformar o algodão, lã, etc. em fio), tecelagem (transformar o fio em tecido com fios transversais e longitudinais), malharia (transformar o fio em tecido com fios transversais ou longitudinais), beneficiamento de tecidos (melhorar estética e toque do tecido) e confecção (Transformar em roupas, lenços, etc).

Metalúrgica: Produção de artigos feitos de metal. A matéria prima principal era o minério de ferro. Este era abundante na Inglaterra, local onde havia grande quantidade de reservas desse material. Foi nessa época que se desenvolveram diversas tecnicas para usar esse minério.
Séc. XVIII x Dias Atuais

Apesar de já terem se passado vários anos desde a Revolução Industrial na Inglaterra, muitos aspectos daquela época permaneceram até os dias de hoje, embora muitos deles sejam ruins.
As desigualdades sociais ainda são muito evidentes nos dias de hoje.
Muitas pessoas vivem em condições extremamente precárias, tal como naquela época.
Muitas crianças não tem acesso à educação de qualidade.
Apesar de já ter sido proibido, diversas crianças ainda trebalham.
Apesar de já se saber consequencias de ações poluentes, muitas delas continuam sendo feitas.
Fontes
http://www.ehow.com.br
http://www.suapesquisa.com/
http://pt.wikipedia.org/
BRAICK,Patrícia. Estudar História: Das origens do homem à era digital. 2ª edição. São Paulo, 2007.
Full transcript