Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

MACHADO DE ASSIS

No description
by

Alexia Candido

on 14 July 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of MACHADO DE ASSIS

O escritor desenvolve uma ironia feroz, retrata um humor velado e amargo em relação àquilo que retrata.
ESTRUTURA
OBRAS
HUMOR
FASES MACHADIANAS
Em 1882, quando Machado de Assis já era glorificado no panteão dos escritores de língua portuguesa, ele lança a coletânea de contos Papéis Avulsos, que abre com uma história longa, diferente dos demais escritos desse tipo do autor, que costumam ser curtos e econômicos. Este conto, chamado
O Alienista
, demonstra tal singularidade de
raciocínio lógico e retrata fielmente a estreiteza da sociedade politiqueira de forma tão mordaz que se poderia dizer que é um dos pontos altos das incursões humorísticas de Machado de Assis.
MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE
BRÁS CUBAS (1881)


Machado revela-se mais maduro a partir desta publicação

Rio de Janeiro, 21 de junho de 1839-
Rio de Janeiro, 29 de setembro de 1908
BIOGRAFIA
IRONIA
Machado de Assis nasceu na cidade do Rio de Janeiro, era mestiço e de origem humilde.
Cresceu sob os cuidados da madrasta
Maria Inês,pois assim como a mãe portuguesa Maria Leopoldina, seu pai, mulato Francisco José de Assis, morreu cedo.
Apesar de ter frequentado a escola pública e começado a trabalhar desde cedo, alcançou boa posição como funcionário público, cargo que lhe proporcionou tranquilidade financeira.
Casado com Carolina Xavier de Novais, Machado de Assis dedicou-se à literatura e produziu a melhor prosa do século XIX. Não deixou filhos.
"Não tive filhos, não transmiti a nenhuma criatura o legado de nossa miséria."

*
Ironia é algo que afirma o contrario daquilo que se quer dizer, aquilo que se pensa. A ironia é a arte de gozar de alguém, de denunciar de criticar ou de censurar algo ou alguma coisa
JOAQUIM MARIA MACHADO DE ASSIS
"Está morto: podemos elogiá-lo à vontade."
Machado de Assis, aos 25 anos.

Entre seus
romances realistas
estão:
Memórias Postumas de Brás Cubas (1881)
Quincas Borba (1891)
Dom Casmurro (1900)
Esaú e Jacó (1904)
Memorial de Aires (1908)
Entre seus inúmeros
contos realistas
, estão:
O Alienista
A Cartomante
Missa do Galo
Uns braços
O espelho
Cantiga de esponsais
Teoria do medalhão
A causa secreta
*
Machado compôs certa de 200 contos.
Os romances e contos
anteriores à decada de 1880
revelam
influências românticas
assim como a Ressurreição,
A mão e a luva, Helena, Contos
Fluminenses, e histórias da meia-
noite
uma
ironia feroz
,
O escritor desenvolve
retrata um humor velado
e amargo àquilo que retrata
Nessa fase incluem-se os romances
Quincas Borba,
Dom Casmurro
e Memorial de Aires,
Faz parte das estruturas de Machado, ter capítulos curtos. Dom Casmurro, por exemplo, é dividido em 148 capítulos de diversas dimensões, predominando os curtos.
Predomina também, o
elemento psicológico
.
A narrativa é

digressiva
, ou seja, interrompida todo o tempo por fugas da linearidade para acrescentar pensamentos ou lembranças fragmentadas do narrador.
Presença de

humor
e
ironia.
Em toda a sua obra, Machado de Assis nunca toma para si o papel de juiz de valores: o escritor desconfia sempre da razão e esse ponto de vista do mundo, aliada ao seu humor pessimista, fez com que ele se afastasse da visão simplista de seus contemporâneos e se tornasse o maior escritor brasileiro de que já se teve notícia.
HUMOR INGLESES
O Alienista, obra da fase realista de Machado de Assis, pode ser considerado um conto de ideia, na medida em que esse se define por uma narrativa em que as observações do autor acerca do homem e do mundo acabem por subjugar a história, que serve apenas como pano de fundo para o registro do atrito entre o ser humano e os problemas sociais. No conto de ideia, os personagens costumam converter- se em símbolos, e enredo e cenário caem para um segundo plano, em decorrência de as ideias se materializarem nas figuras dos protagonistas.
O crítico literário Harold Bloom diz que a
perda da ironia é a morte da literatura e daquilo que há de civilizado na natureza humana
. Para o estudioso irlandês, que caracteriza Machado de Assis como um escritor hilário, esse foi reduzido quando o classificaram com um restrito rótulo de irônico. O professor da Yale diz que a ironia de Machado está incrustada na atmosfera na qual seus personagens e o próprio autor se movem.
ANIMAÇÃO - O ALIENISTA
DOM CASMURRO
O romance inicia-se numa situação posterior a todos os seus acontecimentos. Bento Santiago, já um homem de idade, conta ao leitor como recebeu a alcunha de Dom Casmurro. A expressão fora inventada por um jovem poeta, que tentara ler para ele no trem alguns de seus versos. Como Bento cochilara durante a leitura, o rapaz ficou chateado e começou a chamá-lo daquela forma.
Publicado pela primeira vez em 1899, "Dom Casmurro" é uma das grandes obras de Machado de Assis e confirma o olhar certeiro e crítico que o autor estendia sobre toda a sociedade brasileira. Também a temática do ciúme, abordada com brilhantismo nesse livro, provoca polêmicas em torno do caráter de uma das principais personagens femininas da literatura brasileira: Capitu.
PERSONAGENS PRINCIPAIS
Bentinho (Bento Santiago): o narrador-personagem que conta suas memórias, membro da elite carioca do século XIX.
Capitu (Capitolina): grande amor de Bentinho, personagem de origem pobre, mas independente e avançada.
Escobar: o melhor amigo de Bentinho, a quem conheceu quando estudaram juntos no seminário.
Dona Glória: mãe de Bentinho, adora o filho e é também muito religiosa. Quer que o garoto se ordene padre como cumprimento de uma promessa que fez.
Ezequiel: filho de Capitu, sobre o qual o narrador sustenta forte dúvida quanto à paternidade, pois o garoto tinha grande semelhança física com Escobar.
José Dias- Protegia Bentinho de forma Paternal
CAPITU
Capitu representa no livro duas categorias sociais marginalizadas no Brasil: ser pobre e mulher. Junte-se a isso o fato de ela "pertubar" a família abastada, isto é, casar-se com um homem rico.
Problemas nas classes sociais
Ciúme doentio do narrador
Questões relativas à situação da mulher
Dom Casmurro coloca no centro de sua temática a menina que não se deixa comandar e, em virtude disso, perturba a ordem vigente naquele ambiente social estreito e conservador
Presença de religião
Tem como inovação a Análise Psicológica
Capitu é forte e consegue facilmente dissimular
Bentinho não sabia o que esperar da atitude da mulher, seguia seus próprios passos e principios. Gerava incerteza e fazia nascer suspeita.
Se Capitu quisesse, poderia ter traído Bentinho, se é que não o fez.
Sabendo dissimular,
Bentinho tinha dúvidas se fora ou não traído por Capitu.
MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS
Brás Cubas escreve suas memórias já morto. Ele inicia a narração nos seus últimos momentos de vida, quando recebia visitas, ele viveu uma alucinação que o permitiu conhecer do primeiro ao último século.
A narração é feita em primeira pessoa e postumamente, ou seja, o narrador se auto intitula um defunto-autor, um morto que resolveu escrever suas memórias, desse modo, pode contá-las da forma como melhor lhe convém.
A obra é apoiada em dois tempos. Um é o tempo psicológico, do defunto-autor, que não segue uma ordem temporal-linear. A morte, por exemplo, é contada antes do nascimento e dos fatos da vida.


Na infância, tinha como "brinquedo de estimação" o negrinho Prudêncio, seu escravo, que lhe servia de montaria e para maus-tratos em geral. Na escola, Brás era amigo de Quincas Borbas. O Romance não apresenta grandes feitos.
Brás Cubas era uma pessoa sem objetivos na vida
. Ele não se casa; Não consegue concluir o emplastro, medicamento que imaginara criar para conquistar a glória da sociedade; Acaba se tornando deputado, mas seu desempenho é medíocre; não tem filhos e
não consegue nada sozinho
. Brás se juntara a Quincas no praticar da filosofia Humanista, canditadou-se a político, cargo que logo perdeu, e criou um jornal que rapidamente morreu.
Nos seus últimos dias viu Quincas morrer e ter o início de uma loucura, por fim morreu. Ao fim, Brás Cubas se vangloria por não ter tido um pão compro com o suor de seu trabalho e não ter dado continuidade à humanidade.
Título Original: Memórias Póstumas de Brás Cubas
País de Origem: Brasil
Gênero: Comédia
Duração: 102 Minutos
Ano de Lançamento: 2001
Primeiro episódio: 2008
Episódio final: 13 de dezembro de 2008
Emissora original: Rede Globo
Elenco: Maria Fernanda Cândido
Gêneros: Minissérie, Drama
CAPITU
"Abençoados o que possuem amigos,
os que os tem sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!"
Machado de Assis.
RAÍSSA BRAGA, ALEXIA CANDIDO E RAUL PHELLIPE
Full transcript